Futuro do Trabalho

O que é trabalho assíncrono e como aplicar no home office?

Redação BeerOrCoffee
Escrito por Redação BeerOrCoffee em julho 22, 2022
7 min de leitura
O que é trabalho assíncrono e como aplicar no home office?
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

O trabalho assíncrono é aquele em que as atividades não acontecem em tempo real. Entenda melhor esse conceito e saiba por que é válido para o futuro do trabalho.

trabalho assíncrono
Austin Distel / Unsplash

A pandemia veio para mudar várias características da sociedade. E o modelo de trabalho foi uma delas.

O isolamento social impôs o home office, que acabou sendo adotado por várias empresas e permanece até hoje. Mas, além do trabalho remoto, outras tendências foram aplicadas ao mercado.

O trabalho assíncrono é uma delas. Mas, afinal, o que é isso? Neste artigo te contamos tudo sobre o trabalho assíncrono, como fazer esse tipo de comunicação, e as vantagens e desvantagens desse método. Confira!

O que é modo assíncrono?

Nós já estamos acostumados a termos como trabalho presencial, remoto, home office e híbrido. Essas formas se diferenciam pelo modo como o local de trabalho é administrado pelos funcionários.

Ou seja, você pode trabalhar diretamente na empresa, no caso do trabalho presencial; ou de casa, da lanchonete, do hotel, em caso do trabalho remoto e home office. A junção dos dois métodos é o trabalho híbrido.

Mas e com relação à administração do tempo de trabalho? Aí entram termos como trabalho síncrono e assíncrono.

Ao pé da letra, síncrono é o que acontece simultaneamente e assíncrono é o que não tem sincronia. Mas, no mercado de trabalho, esses métodos ganharam um novo significado pela maneira de gerenciar as atividades.

O trabalho síncrono é o modelo mais tradicional. Na prática, ele requer que todas as atividades aconteçam em tempo real, com interações imediatas – seja de forma presencial, remota, home office, ou híbrida.

Já o trabalho assíncrono permite que as atividades não aconteçam, necessariamente, em tempo real, de forma que as ações sejam feitas de forma intermitente. Dessa forma, você decide a hora e o local em que realiza as tarefas, podendo trabalhar de casa, em uma viagem ou em coworkings.

Guia Completo do AnywhereOffice (2)

Síncrono x assíncrono

O método de trabalho síncrono pode ser interpretado como uma maneira de realizar as funções em escala igualitária. Ou seja, todos os funcionários têm o horário de trabalho estipulado e devem cumprir as atividades dentro dele.

Já o trabalho assíncrono é mais flexível quanto a isso. Se você for mais produtivo à noite, ou precisar de mais tempo para realizar determinada tarefa, pode escolher trabalhar no horário que se encaixe melhor na sua rotina individual.

Ambos os métodos têm pontos positivos e negativos. Por isso, separamos alguns detalhes para que você leve em conta caso esteja ingressando em uma empresa que utiliza trabalho assíncrono, ou queira implantar esse método na sua instituição.

Autogestão

Uma das primeiras características que você precisa ter para se adequar bem ao trabalho assíncrono é saber gerenciar as suas tarefas individualmente.

Isso porque você é quem vai determinar o seu horário de trabalho, baseado nas metas e resultados combinados com a empresa, o que pode requerer mais responsabilidade e foco da sua parte.

Além disso, como as atividades são feitas de forma intermitente, pode ser que você não tenha como tirar dúvidas imediatas, ou receber o retorno de algum colega de equipe no momento em que precisar.

Dessa forma, você deve levar em conta que o modelo assíncrono exige menos atenção e tem menos interação, o que pode diminuir o foco no trabalho.

Objetividade

Outra característica que deve ser observada com a implantação do modelo assíncrono é a forma de comunicação objetiva.

Isso porque há empresas que contratam profissionais de várias partes do mundo, que trabalham em horários distintos. Nesse sentido, quanto mais direta e objetiva for a mensagem entre a equipe, menos chances de haver dúvidas ou atrasos.

Autonomia

A possibilidade de adaptar o horário de trabalho às outras atividades do dia a dia é outra característica relevante do trabalho assíncrono.

Se você já trabalha de casa, tem mais autonomia para realizar tarefas domésticas, ir a consultas médicas, na academia, ou fazer outras atividades. Mas, de toda forma, você tem um período de trabalho que precisa cumprir, em determinado horário.

Com o trabalho assíncrono essa liberdade é ainda maior. Você pode adaptar seu horário de trabalho a diversas outras atividades, sem que nenhuma delas seja comprometida. Mas, mais uma vez, é preciso foco e disciplina para isso.

trabalho assíncrono
Annie Spratt / Unsplash

Como fazer comunicação assíncrona?

O trabalho assíncrono pressupõe um tipo de comunicação eficiente, em que tanto o emissor quanto o receptor possam trocar informações sem que, necessariamente, estejam trabalhando ao mesmo tempo.

Em um modelo ideal, a comunicação assíncrona transmite a mensagem sem que as partes envolvidas estejam se comunicando em tempo real. As informações são passadas de forma clara e objetiva, e entendidas como devem ser.

Porém, na prática, podem haver ruídos, mensagens mal escritas e interpretadas erroneamente e vários outros desafios.

Como dissemos anteriormente, algumas características do trabalho assíncrono incluem a autogestão do trabalho, a objetividade na troca de informações e a autonomia para realizar as tarefas.

Por isso, para fazer comunicação assíncrona, é preciso organizar o fluxo, criar metas, treinar a conversa objetiva, escolher o período de trabalho mais eficaz, adaptar o local de trabalho e realizar outras ações que fazem toda a diferença.

Se o seu foco é o trabalho assíncrono, avalie as oportunidades e leia nossos artigos para ficar sabendo ainda mais sobre o mercado de trabalho e como a tecnologia pode ser uma grande aliada para o seu desenvolvimento profissional!

OfficePass

Este conteúdo foi produzido em parceria o time da Husky.

Faça sua primeira reserva em um coworking!

X