Trabalho híbrido

“Por que meu colega pode fazer home office e eu não?” O que fazer quando há tensão no trabalho híbrido?

Redação BeerOrCoffee
Escrito por Redação BeerOrCoffee em maio 6, 2022
7 min de leitura
“Por que meu colega pode fazer home office e eu não?” O que fazer quando há tensão no trabalho híbrido?
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

A tensão no trabalho híbrido surge quando há falta de políticas claras para a aplicação desse formato nas organizações. Dessa forma, quando alguns colaboradores podem fazer home office e outros não, os problemas de relacionamento e insatisfação aparecem. Leia o nosso artigo e aprenda a lidar com esse tipo de situação!

A tensão no trabalho híbrido é um novo problema que vem sendo enfrentado pelos gestores de RH e Facilities. Isso porque, quando um colaborador pode fazer home office e outro não, por exemplo, podem surgir rusgas que afetam a relação do funcionário com a empresa e seus colegas. 

Para apoiar o bem-estar dos trabalhadores e evitar que esse tipo de problema aconteça, é interessante que a empresa defina políticas claras para o trabalho híbrido. Falaremos sobre isso neste conteúdo, trazendo uma história real para ilustrar a situação. Continue a leitura e confira!

tensão no trabalho híbrido

A história de Mark: veja um case de tensão no trabalho híbrido

Uma publicação da BBC News contou a história de Mark, um engenheiro de software que trabalha em uma empresa com sede em Ohio, nos Estados Unidos.

Por conta da pandemia de covid-19, Mark, assim como grande parte dos trabalhadores de todo o mundo, começou a trabalhar em home office.

Durante esse período, os gestores do engenheiro de software, inclusive, elogiaram a sua produtividade no trabalho a distância. Ele nunca perdeu prazos e sempre conseguiu concluir suas tarefas de forma satisfatória.

No entanto, quando a empresa migrou do home office para o trabalho híbrido, com alguns trabalhadores realizando as atividades em casa e outros na empresa, Mark foi convocado para voltar a trabalhar presencialmente. 

O departamento em que Mark trabalha foi o primeiro a receber instruções para retornar ao escritório três dias por semana.

“Nossa equipe é pequena e todos nós temos boa sintonia. Não precisamos estar lá! Ficar no escritório não traz benefícios para minhas responsabilidades diárias — posso realizar todas as minhas tarefas em casa”, desabafou o engenheiro para a BBC News.

Um dos motivos do desapontamento de Mark é o fato de apenas a sua equipe, formada por cinco pessoas, e alguns outros colaboradores estarem de volta ao local de trabalho.

“Posso contar nos dedos o número de empregados presentes na maior parte dos dias. Estamos na base da pirâmide e fomos simplesmente informados que precisamos estar no escritório”, lamentou Mark.

Apesar disso, alguns colegas de nível sênior ainda conseguem trabalhar de forma remota. Inclusive, eles viajam pelos Estados Unidos, podendo frequentar coworkings e outros espaços, indo eventualmente para o escritório da empresa.

A queixa de Mark e de seus colegas está justamente nessa disparidade. Eles questionam quais são os motivos que justificam eles serem obrigados a trabalhar presencialmente, sendo que podem realizar as atividades remotamente.

Essa situação traz uma grande tensão no trabalho híbrido! Por isso, é importante que as empresas criem regras válidas para todos e que sejam aplicadas de forma transparente. 

tensão no trabalho híbrido

Dicas práticas para desenvolver uma cultura que evite as tensões no trabalho híbrido

Ao ler a história de Mark, você identificou tensões no trabalho híbrido na sua empresa? Em caso positivo, é imprescindível buscar meios para reverter essa situação, até mesmo para aumentar a retenção de talentos e evitar a rotatividade de funcionários.

Veja, a seguir, algumas dicas para desenvolver uma cultura do trabalho híbrido que evite as tensões entre colaboradores e gestores na sua empresa.

Defina quais funções e tarefas podem ser realizadas remotamente

É importante que a empresa defina quais são as funções e tarefas que podem ser realizadas remotamente.

Embora existam atividades que ainda precisam ser feitas na empresa, atualmente, graças aos recursos de computação em nuvem e de comunicação digital, a maioria das tarefas pode ser feita a distância. 

Assim, as organizações podem listar o que deve ser feito no escritório e o que pode ser feito em casa ou em outros lugares.

Em seguida, juntamente com seus gestores, os colaboradores poderão definir os dias em que podem trabalhar remotamente e quando realmente é necessário ir até a empresa.

Ofereça flexibilidade de horários

Uma pesquisa do International Workplace Group concluiu que 85% dos funcionários que já experimentaram o trabalho híbrido se sentem mais produtivos quando trabalham em horários flexíveis.

Por isso, sempre que possível, é indicado oferecer flexibilidade de horários, para que os trabalhadores não tenham mais que cumprir uma carga horária, mas sejam cobrados por tarefas cumpridas dentro dos prazos.

Inclusive, recentemente, o Governo Federal regularizou essa situação por meio de uma Medida Provisória. Agora, as empresas já podem contratar os funcionários por jornada, sem que eles tenham que ter um horário determinado para iniciar ou terminar os trabalhos. 

Reembolse despesas dos colaboradores

Para evitar tensões no trabalho híbrido, é indicado que as empresas reembolsem algumas despesas tidas pelos colaboradores que podem escolher o local em que trabalham.

A organização pode definir um auxílio mensal para que sejam pagas despesas como energia elétrica e internet. 

Além disso, uma alternativa é assinar um serviço de plataforma de coworkings. Dessa forma, nos dias em que não estão na sede da empresa, os colaboradores podem frequentar escritórios compartilhados em cidades de todo país.

Esse tipo de ação contribui, inclusive, para ter mais diversidade nas empresas, tendo em vista que pessoas de diferentes localidades poderão fazer parte de seu time.

Faça a gestão de desempenho remota

No trabalho híbrido nem sempre as pessoas estão no mesmo espaço. Assim, é interessante fazer a gestão de desempenho dos colaboradores de forma remota.

Entre outras coisas, você precisa definir indicadores para fazer as avaliações de desempenho e identificar a produtividade dos colaboradores no trabalho híbrido.

Deixe sempre claro como as tarefas são avaliadas e dê feedbacks. Assim, todos poderão melhorar continuamente, sempre conquistando bons resultados para a empresa.

Com essas dicas, você poderá definir uma cultura mais sólida e transparente, evitando o surgimento de tensão no trabalho híbrido.

Para aperfeiçoar ainda mais a sua estratégia, baixe agora o nosso “Guia do Anywhere Office no BeerOrCoffee”, que mostra como criar culturas remotas nas empresas. 

 

Texto de Lucas FloresRelações Públicas e Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade. Revisado por Marcelo Madeira, tradutor, revisor e editor freelancer. 

Faça sua primeira reserva em um coworking!

X