Carreira

5 tendências de RH para o ano de 2022

Redação BeerOrCoffee
Escrito por Redação BeerOrCoffee em fevereiro 24, 2022
5 tendências de RH para o ano de 2022
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

Conhecer as tendências de RH para 2022 é importante para que os gestores da área possam se preparar e conquistar melhores resultados nas empresas. Reunimos as principais delas em nosso artigo. Veja!

Para Idalberto Chiavenato, um dos principais estudiosos de RH do nosso país, as pessoas são o ponto central das organizações e, portanto, o investimento no capital humano deve ser maior que qualquer outro. Quando analisamos as tendências empresariais para 2022, não podemos deixar de concordar com o teórico. 

Por mais que as empresas tenham uma excelente infraestrutura, o que faz a diferença em suas atividades são os profissionais que realizam todas as atividades para as quais essas organizações se propõem a fazer.

Em tempos de anywhere office, ou seja, do trabalho realizado em qualquer lugar, isso fica ainda mais evidente. Afinal, as empresas funcionam em uma “rede” ou “nuvem”, com pessoas espalhadas por todos os lugares do mundo, independentemente se o espaço físico que ocupam pertence a empresa em que trabalham ou não.

Tendo a compreensão dessa realidade, fica mais fácil de entender quais são as principais tendências de RH para 2022. 

RH 2022: as 5 principais tendências para ficar de olho

Se você é gestor de RH e quer conquistar os melhores resultados na sua empresa, você deve ficar sempre atento aos cenários que envolvem a sua organização, o perfil dos colaboradores que fazem parte dela, entre outros fatores. Veja, a seguir, as tendências de RH para 2022!

1. Bem-estar no trabalho

A pandemia da Covid-19 acendeu um alerta em todos nós! De uma hora para outra, o mundo virou um caos e ter que lidar com isso foi um desafio para muitas pessoas, que mudaram drasticamente as suas rotinas.

Em meio a esse cenário de mudanças repentinas, surge ainda o medo de ser contaminado por um novo vírus e adquirir uma doença até então desconhecida. 

Agora, mesmo com a vacina sendo aplicada e com mais conhecimento sobre a Covid-19, o receio ainda persiste, porém, sabemos mais sobre cuidados e formas de prevenção para essa e outras doenças.

Os trabalhadores também perceberam a importância de ter uma boa saúde mental, até mesmo para lidar melhor com as adversidades do dia a dia e a forma como isso impacta no trabalho.

Essa elevada conscientização da saúde física e mental tornou-se uma das principais tendências de investimento do RH para 2022. Com isso, diversas organizações passaram a traçar estratégias para a promoção de atividades saudáveis para os seus colaboradores, e permitir que eles tenham melhor qualidade de vida.

Assim, o bem-estar físico e mental pode ser incentivado por meio de atividades educativas, parcerias com psicólogos e psiquiatras, promoção de práticas esportivas etc. 

2. Upskilling

Upskilling é um termo que está se tornando comum no setor de Recursos Humanos. Ele representa o ato de um profissional aprimorar os seus conhecimentos nas áreas em que já está inserido, aumentando assim o seu domínio sobre o assunto.

É o que acontece, por exemplo, quando alguém faz uma pós-graduação ou um curso de aperfeiçoamento, para ampliar seu conhecimento sobre uma área em que já domina.

Estudante

Os novos desafios do mercado de trabalho exigem profissionais cada vez mais habilitados. Por isso, vale a pena para o RH promover cursos, palestras, workshops e outros eventos sobre liderança e outros temas importantes para o momento atual.

Assim, os profissionais terão a oportunidade de praticar o upskilling e se tornarem cada vez mais aptos e eficientes para desenvolver as suas tarefas. 

3. Universidades corporativas

Ainda seguindo a ideia do upskilling, muitas empresas estão criando universidades corporativas, sendo essa uma outra tendência de RH para 2022.

A ideia é que as organizações preparem cursos, por meio de videoaulas, leituras ou encontros presenciais, para oferecer gratuitamente aos seus colaboradores.

Para ministrar essas aulas, além de profissionais do mercado, podem ser firmadas parcerias com professores que integram o ambiente acadêmico, em instituições de ensino tradicionais.

Os cursos oferecidos nas universidades corporativas podem servir para preparar os novos colaboradores para realizarem tarefas específicas nas empresas, por exemplo. Além disso, podem abordar temas mais gerais e interessantes para todos os segmentos, como as habilidades de liderança.

4. Trabalho remoto

Durante a fase mais aguda da pandemia da Covid-19, as empresas perceberam que poderiam ter sucesso ao trabalhar remotamente. Por conta disso, essa modalidade veio para ficar e não deve ser deixada de lado nos próximos anos.

Usando recursos como plataformas colaborativas e tecnologias de comunicação, os trabalhadores não precisam mais estar todos os dias no mesmo escritório para trabalhar.

Isso permite que o RH encontre talentos em qualquer lugar do mundo. Além disso, colaboradores também têm a liberdade de trabalhar em casa, em coworkings, em hotéis ou qualquer espaço com acesso à internet.

Promover o trabalho remoto, assinando plataformas de coworking, por exemplo, é uma boa maneira de seguir essa tendência e conquistar melhores resultados com seus colaboradores em 2022.

Ainda sobre o trabalho remoto, é de extrema importância que o RH crie políticas e prepare os gestores para que façam uma boa gestão de seus colaboradores. Para isso, uma alternativa interessante é buscar inspiração em líderes mundiais, que já trabalham nessa modalidade. Certamente, eles têm lições valiosas para passar.

5. Cibersegurança

O trabalho remoto trouxe muitas coisas boas para as empresas, mas também abriu brechas para os criminosos agirem. Como há muito mais informações concentradas na nuvem, são facilitados os ataques hackers e o vazamento de dados, por exemplo.

Exemplo disso aconteceu recentemente, quando bases de dados do Governo Federal foram atacadas e as informações e registros da vacinação contra a Covid-19 ficaram indisponíveis para a população.

Para evitar situações como essas, é de extrema importância que as empresas invistam mais em cibersegurança. Os sistemas e as plataformas colaborativas, por exemplo, devem ser sempre criptografados de ponta a ponta, para evitar que hackers e pessoas não autorizadas tenham fácil acesso.

Embora essa seja uma atribuição do setor de TI, convém também que o RH faça parte do monitoramento com o intuito de garantir mais segurança digital para os dados e para os colaboradores da empresa.

O mundo do trabalho está sempre em constante evolução, e é necessário conhecer as tendências de RH para 2022 para que a sua empresa prospere no ano que está iniciando. Esperamos que este conteúdo tenha sido útil nesse sentido.

Para continuar aprendendo, baixe agora mesmo o nosso “Guia Home Office para Gestores”. Ele traz tudo o que você precisa saber para gerenciar trabalhadores remotos com mais qualidade. 

Guia Home Office para Gestores

Texto de Lucas FloresRelações Públicas e Mestre em Letras, Cultura e Regionalidade. Revisado por Marcelo Madeira, tradutor, revisor e editor freelancer. 

Faça sua primeira reserva em um coworking!

X