Scaleups

Aprenda a conversar e fazer negócios com potenciais investidores com estas 4 dicas

Redação BeerOrCoffee
Escrito por Redação BeerOrCoffee em março 30, 2022
7 min de leitura
Aprenda a conversar e fazer negócios com potenciais investidores com estas 4 dicas
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

Investimentos são fundamentais para a trajetória de um empreendimento. Saber conversar com potenciais investidores é o que pode fazer a diferença para o seu negócio. Entenda como neste post!

Ter capital para transformar sua ideia em negócio e mantê-lo funcionando segundo o seu planejamento exige habilidades de liderança e de comunicação. 

Para isso servem os investimentos, diferentes modos de injetar dinheiro em sua empresa e obter benefícios que permitirão o crescimento e ampliação do negócio.

Nesse contexto, conversar com potenciais investidores pode parecer difícil, mas com algumas dicas você perceberá que essa tarefa pode ser realizada com tranquilidade. 

Investidores são líderes dedicados que buscam ideias inovadoras e que falam com entusiasmo sobre o próprio negócio.

Quer saber como ter sucesso nesse objetivo? Acompanhe o post para entender quais são os tipos de investimentos, além de 4 dicas para se sair bem na conversa com os investidores!

Quais são os tipos de investimentos?

Existem diversas formas de garantir investimentos, as quais podem ser vantajosas ou desvantajosas dependendo do tipo de empreendimento. Algumas delas são:

  • Autofinanciamento — os próprios empreendedores são responsáveis pelos investimentos, valendo-se de suas economias pessoais ou fundos de aposentadoria; 
  • Crowdfunding — a arrecadação é feita por meio de plataformas dedicadas que coletam doações em troca de recompensas aos doadores;
  • Empréstimos bancários — o crédito pode ser solicitado junto aos bancos e outras instituições de financiamento, mas o pagamento envolve taxas de juros mais rígidas;
  • Capital de risco ou investidores-anjo — são empresas ou investidores individuais que oferecem capital em troca de participação acionária, de acordo com termos aceitos por ambas as partes.

Optar por capital de risco (“venture capital” em inglês) ou investidores-anjo é geralmente a escolha mais popular e interessante para pequenos negócios, já que não demanda pagamento em dinheiro com taxas que um banco cobraria

No entanto, encontrar o investidor certo pode ser difícil. Este post vai te ajudar com algumas dicas para engajar potenciais investidores e alavancar seu negócio.

Qual a importância de potenciais investidores?

Além de ajuda financeira para a sua empresa, um bom investidor poderá auxiliá-lo em fatores pessoais, com conselhos e contatos importantes, uma vez que não estão apenas investindo no seu negócio, mas também em você. 

Os investidores-anjo, por exemplo, costumam ser pessoas mais experientes no mercado e dispostas a ajudar novos negócios a se expandirem. Para isso, é frequente que eles busquem por empreendedores motivados e criativos.

Como encontrar o investidor certo?

Uma empresa de capital de risco, por exemplo, aplica estrategicamente o dinheiro de seus parceiros — investidores individuais, institucionais ou corporativos.

Já os investidores-anjo, ou simplesmente anjos, são pessoas comuns que designam capital para empresas por conta própria. Usualmente, os anjos investem quantias menores, mas são conhecidos por se aventurarem em startups com bom potencial.

Antes de convencer um potencial investidor a aplicar capital em seu negócio, é preciso conhecê-lo para se certificar de que a escolha será certa. 

Pesquise sobre essa pessoa física ou jurídica para saber se as ideias e os objetivos estão alinhados aos da sua empresa, já que ele terá uma parte dela. Ou seja, confiar no seu investidor é fundamental, é claro.

Também é importante definir os seus objetivos empresariais antes de buscar um investidor. Tenha de forma clara os motivos pelos quais você busca alguém para financiar suas ideias. 

Seja para conquistar uma renda estável ou para tornar-se um empreendedor revolucionário, ter em mente os seus propósitos facilita o entendimento de como o capital externo pode ajudar a conquistá-los.

Além disso, disponha de sua rede de contatos para encontrar o investidor certo. 

Ser indicado por uma referência mútua e ainda poder contar com referências e garantias pode encurtar a distância entre você e a pessoa que oferecerá apoio, tornando o processo mais confiável e rápido.

4 Dicas para conversar com um potencial investidor

Agora que você já sabe como encontrar um potencial investidor para o seu negócio, também é importante conhecer formas mais eficientes de dialogar com essa pessoa. Acompanhe!

1. Seja claro

É muito provável que você não seja o único a ser ouvido pelo investidor naquele dia. Por isso, faça cada segundo valer a pena. 

Tenha em mente um discurso claro e conciso sobre os seus objetivos e as suas propostas. Fale sobre valores e motivos pelos quais você precisa de um financiamento.

Pratique seu discurso com outras pessoas que não estão familiarizadas com seu negócio e verifique se existem pontos que precisam de mais clareza. O tempo também é importante. 

Considere que uma apresentação formal pode durar entre três e quinze minutos, enquanto uma apresentação informal, que pode ser em um evento de networking ou em uma reunião com a referência mútua, por exemplo, pode variar entre um e três minutos.

2. Exponha o seu diferencial

Lembre-se de que investidores estão sempre em busca de ideias e oportunidades inexploradas. Portanto, explicite qual é o seu campo de atuação, o seu público-alvo e, principalmente, quais são os seus diferenciais no mercado. 

Saiba quais são os serviços que os clientes contratam ao comprar o seu produto  ou como o seu negócio vem melhorando a vida dos consumidores.

3. Convença seus potenciais investidores

Dados estatísticos não são suficientes para engajar seus potenciais investidores e podem até entediá-los durante a apresentação. Por isso, conte uma história baseada nos dados do negócio que convença e prenda a atenção deles. 

Essa é uma forma de fazê-los se sentirem mais conectados e pessoalmente envolvidos com você e o seu negócio.

Você pode compartilhar como foi dar início ao seu negócio, de onde surgiu a ideia para criar o produto, ou como o serviço transformou a vida de um cliente. Invista na estruturação de um enredo interessante e na conexão pessoal com a história e com o seu empreendimento.

4. Justifique o financiamento

Seus investidores precisam visualizar para onde o capital deles está indo. É fundamental que você esclareça como pretende usar o dinheiro a ser investido e o porquê do valor solicitado. 

Para que os investidores se comprometam, informe-os que o capital será usado para gerar um retorno sobre o investimento.

Detalhe quais serão as ações e os impactos positivos que o seu negócio receberá por meio do apoio, bem como as expectativas do que será oferecido em contrapartida.

Outro cuidado interessante é explicitar o que levou você a escolher um investidor em detrimento de outros. Pode ser pelo público com quem eles trabalham e apoiam ou por serem especialistas em alguma área específica.

Justifique como a conexão entre vocês ocorreu e lembre-se de pesquisar sobre eles antes de determinar essas características.

Será ainda mais interessante se você souber explicar para o investidor como as características que você destacou combinam especificamente com o seu negócio, demonstrando seu diferencial diante de outras propostas.  

Com as 4 dicas acima, você estará no caminho certo para encontrar um bom investidor e crescer em diversos aspectos. Considere que para se destacar na captação de recursos, você precisará evidenciar o potencial do seu projeto.

Quer aprofundar os seus conhecimentos? Se sim, leia também o nosso artigo sobre o que é liderança e veja como impulsionar a sua empresa!

BeerOrCoffee recebe  55 milhões de reais em rodada série A

O maior marketplace de coworkings da América Latina, BeerOrCoffee, recebeu investimento de US$ 10 milhões (cerca de R$ 56 milhões) em uma rodada Série A liderada pela Kaszek, principal fundo latino-americano de capital de risco, com 12 unicórnios na sua carteira, como Nubank, Quinto Andar, Gympass, Loggi e Creditas.

Grupo Valor, outro importante fundo de capital de risco, também participou da rodada. O BeerOrCoffee já tinha recebido capital inicial (seed capital) em 2018, por Kees Koolen, fundador da Booking.com e um investidor ativo em todo o mundo.

“A realidade da força de trabalho distribuída impulsionou nossas atividades, cada vez mais desenvolvidas para atender às necessidades de uma empresa que deseja construir um ambiente de trabalho flexível. Isso significa poder trabalhar em casa, em escritórios flexíveis ou, de fato, em qualquer lugar”, afirma Roberta Vasconcellos, CEO do BeerOrCoffee.

“Em nosso mercado, conectamos empresas à nossa rede de espaços de coworkings. É, antes de mais nada, uma solução para empresas que desejam adotar as melhores políticas de trabalho remoto e híbrido disponíveis hoje”, complementa.

Para saber como conectar sua empresa aos espaços de trabalho da rede, basta clicar aqui para conhecer o OfficePass.

Texto de Flávia Lemes, Mestre em Educação e Redatora. Revisado por Gabriele Lisboa, revisora textual freelancer. Revisado por Marcelo Madeira, tradutor, revisor e editor freelancer. 

Faça sua primeira reserva em um coworking!

X