Cultura da empresa

Felicidade no trabalho: entenda por que ter colaboradores felizes é bom para os negócios

Redação BeerOrCoffee
Escrito por Redação BeerOrCoffee em maio 18, 2022
7 min de leitura
Felicidade no trabalho: entenda por que ter colaboradores felizes é bom para os negócios
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

A felicidade no trabalho tem relação com a motivação, o engajamento e a produtividade dos colaboradores. Por isso, cuidar desse quesito representa melhorias para o seu negócio. Entenda mais neste post.

Fonte: Freepik

A felicidade no trabalho está relacionada à satisfação que os colaboradores sentem ao fazer parte de uma organização.

Diversas evidências científicas comprovam que trabalhadores felizes são mais produtivos e engajados.

Para ter uma ideia, um estudo da Universidade da Califórnia mostrou que esses colaboradores são:

  • 31% mais produtivos;
  • 3 vezes mais criativos;
  • Vendem 37% a mais do que os outros.

Isso acontece porque as pessoas adquirem a noção de pertencimento. Assim, eles se sentem parte de um propósito maior e importante para alcançar determinados objetivos. 

Portanto, esse é um assunto que precisa ser abordado. Por isso, apresentamos alguns dados de pesquisas sobre felicidade no trabalho.

Além disso, daremos algumas dicas de como promover um ambiente organizacional de qualidade para seus colaboradores. Quer saber mais? continue a leitura!

Felicidade no trabalho: por que é importante ter colaboradores felizes?

A felicidade no trabalho é importante para as empresas, porque os funcionários tomam melhores decisões e melhoram seu desempenho. Assim, há redução de custos com saúde e rotatividade de funcionários.

Essas afirmações foram confirmadas por um estudo realizado na Kansas State University. O levantamento percebeu que os colaboradores felizes trazem um resultado geral melhor.

Ainda, de acordo com a pesquisa, esses efeitos independem de idade, sexo, etnia, tempo de trabalho e níveis educacionais.

Mas, o que significa felicidade? A mesma pesquisa definiu felicidade como um estado de contentamento, satisfação e bem-estar

É a presença de emoções positivas, como alegria e interesse. Além disso, representa a ausência de emoções negativas, por exemplo, apatia e tristeza. 

Em diversos estudos, a felicidade é medida com base em indicadores. Por exemplo, autoestima, autorrealização, relações interpessoais e otimismo. 

Para o meio profissional, entender esse significado de felicidade é fundamental. Afinal, todo trabalho conta com graus de adversidades e reveses.

A questão central é que as pessoas precisam sentir que fazem parte de algo maior. Especialmente, em momentos mais desafiadores.

Assim, os funcionários precisam ter esse sentimento de propósito e emoções positivas para se apoiarem. Dessa forma, enxergam mais valor nas atividades realizadas.

Outros dados

A felicidade no trabalho também foi analisada sob outras perspectivas. Pesquisadores da University of California Riverside elaboraram um estudo que relaciona felicidade com sucesso em várias áreas da vida.

Essa pesquisa, que revisou 225 estudos anteriores, evidenciou que a felicidade não tem origem no sucesso. Ao contrário, é o sucesso que acontece com mais frequência em indivíduos felizes. 

De acordo com o estudo, pessoas felizes são mais propensas do que seus pares menos felizes a ter:

  • Casamentos e relacionamentos satisfatórios;
  • Alta renda;
  • Desempenho de trabalho superior;
  • Envolvimento na comunidade;
  • Saúde de qualidade;
  • Longevidade. 

Portanto, a felicidade no trabalho promove um ambiente de colaboração. Nesse contexto, os indivíduos se sentem mais motivados. Portanto, realizam trabalhos melhores.

Fonte: Freepik

5 passos para aumentar a felicidade no trabalho

Saber da importância da felicidade no trabalho é apenas o primeiro passo. Também é necessário saber o que fazer. Por isso, listamos 5 dicas práticas para você aplicar no seu negócio. Confira!

1. Esteja presente e atento

Os líderes são parte essencial na promoção de um ambiente agradável. Por isso, devem ter empatia e atenção pelas pessoas do seu time. Isso inclui suas dificuldades, necessidades e conquistas. 

A pesquisa da Kansas State University já citada destacou que os líderes precisam apoiar os funcionários. A ideia é que eles executem suas tarefas sem grandes dificuldades. 

Além disso, é importante que esses gestores forneçam apoio social. Ou seja, é necessário avaliar situações estressantes e oferecer uma boa dose de otimismo.

Para isso, atente às reações do seu time. Vá muito além do que é falado. Momentos estressantes acontecem, mas é possível oferecer suporte para que as pessoas passem por eles. Assim, também é possível entender o propósito dos acontecimentos.

2. Entenda a pessoa inteiramente

O segundo passo é entender que as pessoas não são apenas o que são no trabalho. Elas têm preocupações pessoais que podem afetar seu rendimento no trabalho. Portanto, é preciso levar isso em conta. 

É claro que não é responsabilidade da empresa resolver os problemas pessoais de seus colaboradores. No entanto, é possível oferecer benefícios que tornem a vida no trabalho mais tranquila.

Por exemplo, plano de saúde e auxílio creche são muito importantes para eliminar os estressores dos funcionários com filhos. Assim, a tendência é que o trabalho seja executado com mais qualidade. 

Além disso, é preciso haver comunicação entre líder e colaborador. O diálogo deve ser sincero para que o funcionário se sinta confortável em expressar suas preocupações. 

Também é importante que ele perceba o acolhimento, mesmo entendendo que precisa cumprir suas obrigações profissionais.

guia completo do anywhere office

3. Reconheça as conquistas

Pode parecer óbvio, mas entenda que conquistas não são apenas objetivos a médio e longo prazo. É papel do líder dividir as tarefas grandes em passos menores para que seu time sinta que está progredindo.

Assim, cada avanço pode ser reconhecido e se tornar um motivador. Dessa forma, o funcionário continua trabalhando para alcançar o objetivo estratégico traçado pela organização.

Esses reconhecimentos devem ser individualizados e considerar a realidade da pessoa. Eles também podem ser oferecidos de diferentes formas, como um elogio, uma recompensa em dinheiro etc.

Por exemplo, uma família com filho recém-nascido vai adorar se a licença paternidade aumentar por alguns dias. Para quem já tem filhos maiores ou é solteiro, uma quantia em dinheiro é bastante útil.

Ou seja, reconhecer os esforços do colaborador também deve ser uma tarefa de atenção e empatia.

4. Crie desafios e oportunidade de desenvolvimento 

Os desafios fazem parte da rotina empresarial e incentivam a equipe. Porém, precisam ser bem gerenciados para que levem à busca de desenvolvimento.

Alcançar objetivos aumenta o senso de realização. Isso porque o colaborador percebe que está superando os obstáculos e se desenvolvendo. 

Um trabalho entediante e sem novas perspectivas diminui a sensação de autorrealização. Como consequência, reduz o sentimento de felicidade.

Então, vale a pena envolver os diferentes colaboradores de sua equipe e estimulá-los a realizar tarefas novas e desafiadoras. Para isso, sempre ofereça as ferramentas certas nesse processo.

Ao mesmo tempo, saiba equilibrar a quantidade de desafios. Um time que enfrenta obstáculos constantes tende a se sentir pressionado com frequência. Essa é a fórmula perfeita para a síndrome de burnout.

Por isso, aprenda com as principais lideranças remotas do mundo a criar uma cultura organizacional de bem-estar. Assim, o funcionário percebe que cresceu profissionalmente ao executar diferentes tarefas e aprender coisas novas.

5. Ofereça flexibilidade e escolhas para sua equipe

Oferecer um certo grau de escolha e flexibilidade também contribui para a felicidade dos funcionários. Isso é o que aponta uma pesquisa da Universidade de Birmingham.

Segundo o estudo, quando as pessoas têm mais controle sobre suas tarefas e horários no trabalho, também relatam melhores níveis de bem-estar e satisfação.

Nesse cenário, vale a pena destacar os novos modelos de trabalho do mundo corporativo. Eles renovam os estímulos dos colaboradores por oferecerem flexibilidade.

Por exemplo, no anywhere office, o colaborador pode trabalhar de qualquer lugar. Pode ser de casa, de um coworking, de um restaurante etc.

Ele também pode estar na mesma cidade da empresa ou em qualquer lugar do mundo. Tudo sem deixar de lado a responsabilidade de suas funções.

Ainda existe o trabalho remoto e o híbrido, e o modelo presencial. Oferecer essas possibilidades contribui para a felicidade no trabalho.

Afinal, quem prefere estar na empresa, pode comparecer presencialmente. Por sua vez, quem optar por um coworking próximo de casa, tem toda a infraestrutura necessária, sem passar por tempo de deslocamento, trânsito e outros pontos negativos.

Nesse sentido, é importante desenvolver a autogestão e a capacidade de liderança em seu time. Ou seja, os colaboradores precisam ter habilidade de gerir o próprio tempo para entregar os projetos.

Ao mesmo tempo, a organização deve auxiliar com uma boa distribuição de tarefas e orientações. É o caso de oferecer a assinatura do OfficePass, do BeerOrCoffee.

Assim, você tem mais de 1.000 escritórios compartilhados em mais de 160 cidades brasileiras. Isso faz com que seu colaborador tenha facilidade em encontrar um coworking perto de onde está.

Afinal, o objetivo do BeerOrCoffee é a conexão entre as pessoas. Por isso, nossa plataforma é uma facilitação para trazer liberdade, colaboração e felicidade.

Assim, é preciso aplicar um conjunto de ações para melhorar a qualidade de vida dos colaboradores. Para a empresa, a felicidade no trabalho significa mais produtividade, engajamento e redução de custos. Ou seja, é uma relação de ganha-ganha.

E você, quer entender como o BeerOrCoffee pode tornar os seus colaboradores mais felizes? Acesse o site do OfficePass e tire suas dúvidas com um de nossos consultores.

OfficePass

Texto escrito por Liandra Cordeiro, redatora web. Revisado por Marcelo Madeira, tradutor, revisor e editor freelancer.

 

Faça sua primeira reserva em um coworking!

X