Cultura da empresa

Gestão de Pessoas: 4 dicas para criar uma cultura de trabalho generosa 

Redação BeerOrCoffee
Escrito por Redação BeerOrCoffee em janeiro 4, 2022
Gestão de Pessoas: 4 dicas para criar uma cultura de trabalho generosa 
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

Uma cultura de trabalho generosa promove um ambiente mais agradável de colaboração e pode auxiliar na gestão de pessoas na empresa. Aprenda 6 dicas para adotar esses valores em sua empresa!

Muitas vezes, o ambiente empresarial é formado por uma alta competitividade — e não apenas em relação a outros players do mercado, mas entre a própria equipe. Entretanto, uma tendência que vem ganhando mais espaço no meio corporativo é a cultura de trabalho generosa. Você já conhece esse conceito?

Ela visa influenciar positivamente as relações entre todos da empresa (colaboradores, líderes etc.) e da companhia com a comunidade. Além dos benefícios que a própria generosidade traz ao ajudar o próximo, é possível alcançar outras vantagens, como um melhor desempenho e comprometimento do time. 

Como criar uma cultura de trabalho generosa? Para isso, é preciso entender o conceito e conhecer as 4 dicas que separamos sobre o assunto. Confira!

cultura de trabalho generosa 

O que é uma cultura de trabalho generosa?

Antes de pensar em implementar a cultura de trabalho generosa na empresa, é preciso entender o seu conceito e importância. Ela consiste em uma estrutura que valoriza a ajuda ao próximo, em que as pessoas fazem doações — de tempo, de conhecimento, de suporte etc. — para outras, visando o bem comum. 

Ou seja, é preciso estabelecer que a generosidade não se limita ao dinheiro, embora também possa incluí-lo. A ideia é criar uma cultura que vise se alinhar às necessidades e desejos dos outros, estando presentes ou proporcionando maior compreensão diante de adversidades que podem surgir. 

Isso ajuda a criar maior união entre a equipe, promove mais satisfação e traz impactos positivos nos resultados apresentados pelos colaboradores. Logo, esse tipo de cultura torna o time mais forte e mais comprometido com a empresa, o que beneficia todos os envolvidos. 

Contudo, é importante saber que ela se baseia em uma questão bastante relevante: saber pedir ajuda. Afinal, para que uma pessoa receba o suporte, os outros precisam identificar essas necessidades. Logo, a cultura generosa exige que os colaboradores saibam se abrir sobre suas dificuldades e desejos para que outros possam intervir. 

4 dicas para criar criar uma cultura de trabalho generosa 

Mesmo conhecendo o conceito, é comum ter dúvidas sobre como implementar essa cultura — especialmente quando isso envolve maiores mudanças no comportamento. Para ajudar, existem 4 dicas importantes. Entenda!

Adote o modelo de comportamento desejado já nas lideranças

Uma dica essencial para adotar qualquer cultura de trabalho na empresa é dar exemplos. Isso faz parte do papel de liderança, mostrando à equipe, na prática, o que se espera em relação às entregas, comportamentos

Se a ideia é estimular os profissionais a pedirem ajuda uns aos outros (ou aos líderes), também é importante que os gestores adotem a mesma posição. Isso dará mais segurança psicológica, evitando que eles deixem de se abrir por medo de parecerem fracos ou incapazes.

Também é interessante estabelecer alguns parâmetros que demonstrem como é natural pedir ajuda em determinados casos. Exemplificar com situações difíceis que podem seguir e demandam esse suporte, por exemplo, pode gerar identificação entre o time, deixando-os mais à vontade para solicitar suporte.

Ademais, não se esqueça de adotar a postura acolhedora e, se for preciso, auxiliar no direcionamento da ajuda. Até que a cultura se estabeleça, a adoção dessa postura de generosidade pode trazer dificuldades, o que exige maior intervenção dos líderes. 

Faça reuniões para viabilizar a ajuda entre todos

Outra forma de intervir na cultura para estimular a generosidade e facilitar a assimilação desse conceito por todos é reunindo os colaboradores. Caso a empresa adote o anywhere office ou um regime híbrido, as reuniões virtuais solucionam o problema da distância. 

Durante os encontros, que podem ou não debater temáticas de trabalho antes, é possível estimular que as pessoas peçam e ofereçam ajuda. Inclusive, é possível aplicar exercícios para que todos solicitem um tipo de suporte, apresentando um objetivo, a sua importância e um prazo, enquanto o restante pensa em formas de solucionar a questão. 

Com o tempo, a tendência é que os profissionais consigam encarar a necessidade de requisitar auxílio com maior naturalidade. Ao mesmo tempo, oferecer suporte para a ser parte da rotina, ampliando o companheirismo enquanto combate a competitividade excessiva que pode prejudicar os resultados na empresa. 

Ofereça canais que permitam a discussão de problemas

Se o objetivo é permitir que a equipe consiga se ajudar, a empresa precisa promover meios de comunicação que viabilizem o contato entre todos. Por exemplo, se há o trabalho presencial, um mural em branco na empresa pode aceitar recados informando sobre determinado problema, abrindo espaço para apresentar soluções. 

Ainda, é possível fazer isso com ferramentas online, que se alinham ao regime remoto. Aplicativos para chats, com a criação de grupos voltados ao fortalecimento da cultura de trabalho generosa, também podem entregar resultados positivos. O importante é que exista um canal que permita aos colaboradores pedirem ajuda e apresentarem possíveis soluções, individualmente ou em grupo. 

cultura de trabalho generosa 

Procure formas de ajudar a comunidade e permitir a participação da equipe

Por fim, a cultura da generosidade não precisa se limitar ao ambiente de trabalho. A empresa pode promover ações sociais, visando ajudar a comunidade e incluir a participação da equipe — lembrando que o apoio dos colaboradores não precisa ser financeiro. 

A empresa pode destinar um período do trabalho para oferecer aulas gratuitas sobre determinado tema. Também é possível arrecadar alimentos e outros itens necessários para distribuir às pessoas que passam por dificuldades. Uma campanha de brinquedos em datas comemorativas ou do agasalho, no inverno, são outras opções atrativas.

Nesse momento, os líderes também podem dar abertura para os colaboradores apresentarem sugestões. Com a visão de cada um sobre como é possível dar suporte a comunidade, pode-se encontrar soluções mais positivas, enquanto fortalece a cultura mais generosa entre todos. 

Percebeu como criar uma cultura de trabalho generosa não é tão desafiador quanto parece? Na prática, ela pode trazer diversas vantagens, mas cabe à empresa ter a iniciativa e promover essa mentalidade entre a equipe. Para tanto, não se esqueça de investir nos relacionamentos interpessoais e oferecer outros benefícios que estimulem o time. 

Quer mais dicas para criar uma cultura positiva na empresa? Você pode oferecer espaços de coworking para a sua equipe: acesse o nosso site e veja como o OfficePass do BeerOrCoffee pode ajudar!

OfficePass do BeerOrCoffee

Texto escrito por Joanna Nandi, Redatora Web.

Faça sua primeira reserva em um coworking!

X