Carreira

10 novos cargos de liderança surgindo em 2022, de acordo com o LinkedIn

Redação BeerOrCoffee
Escrito por Redação BeerOrCoffee em março 17, 2022
10 novos cargos de liderança surgindo em 2022, de acordo com o LinkedIn
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

O LinkedIn divulgou uma lista com 10 novos cargos de liderança que estão surgindo nas empresas em 2022. Leia o artigo e saiba quais são eles!

Todos os anos, o LinkedIn analisa quais são os cargos de liderança que mais têm demanda de contratação na maior rede social de negócios do mundo. Recentemente, foram divulgadas as 10 novas ocupações que devem ganhar espaço no mercado corporativo em 2022.

De acordo com o LinkedIn, os cargos de CEO, COO e CFO continuam como os mais populares do C-level das companhias. Porém, novas ocupações estão surgindo na alta cúpula administrativa.

Apresentaremos, neste artigo, os 10 novos cargos de liderança que estão surgindo em 2022, segundo o levantamento do LinkedIn. Acompanhe!

O que são cargos de liderança C-level?

Os cargos de liderança C-level são aqueles que ocupam o topo do escalão das empresas. Eles são os executivos mais influentes da organização e estão à frente das áreas mais estratégicas do negócio.

Cargos como os de Chief Executive Officer (CEO), Chief Operating Officer (COO) e Chief Financial Officer (CFO) são os mais comuns de serem vistos no C-level das empresas. Porém, conforme os negócios evoluem, novas posições vão sendo criadas para o ápice estratégico da companhia.

Conheça os 10 novos cargos de liderança que estão surgindo em 2022

O mundo dos negócios está em constante evolução e as empresas e startups devem acompanhar essas mudanças para não ficarem para trás e serem superadas pelos concorrentes.

Por esse motivo, convém conhecer os novos cargos de liderança que estão surgindo e, se julgar necessário, criá-los em sua empresa. Veja, a seguir, a lista divulgada pelo LinkedIn.

1. Chief Diversity & Inclusion Officer (CDIO)

Segundo o LinkedIn, um dos novos cargos de liderança que mais está sendo demandado nas organizações é o Chief Diversity & Inclusion Officer (CDIO). O crescimento foi de 111% nas contratações.

Uma explicação lógica para esse grande crescimento é a valorização da diversidade nas organizações. Cada vez mais as empresas estão conscientes da relevância de contratar pessoas com diferentes culturas, formas de pensar e de agir.

O número de mulheres, pessoas pretas e LGBTQIA+s que ocupam cargos de liderança, por exemplo, tem crescido de forma considerável em todo o mundo.

2.  Chief Underwriting Officer (CUO)

Underwriting, ou subscrição, em português, é o processo de intermediação entre as instituições e os investidores.

Ou seja, o papel do Chief Underwriting Officer é fazer com que as ações das empresas sejam apresentadas no mercado de forma ampla e atrativa. Assim, os investidores poderão dar aportes financeiros e contribuir para o crescimento dos negócios.

De acordo com o LinkedIn, nos últimos meses, a contratação de CUOs teve 71% de crescimento.

3. Chief People Officer (CPO)

O Chief People Officer (CPO) atua como um dos líderes do departamento de Recursos Humanos das empresas. A contratação deste profissional cresceu em 61%, segundo o LinkedIn.

Líder de pessoas

Entre as principais funções deste executivo está a arquitetura de estratégias para atrair e reter talentos na organização, assim como incentivar o desenvolvimento da cultura organizacional.

4. Chief Legal Officer (CLO)

Fazer com que as empresas minimizem os riscos legais é a principal função do Chief Legal Officer (CLO).

Esse cargo, que cresceu em 53% nas organizações, é alocado no departamento jurídico e atua como uma espécie de fiscal interno, para evitar que as empresas enfrentem problemas por descumprir as legislações vigentes. 

5. Chief Accounting Officer (CAO)

O Chief Accounting Officer (CAO) é o líder responsável por observar as conformidades regulatórias das empresas, fazendo a revisão da documentação e contratos, por exemplo.

Em resumo, o CAO precisa desenvolver estratégias financeiras para que a empresa possa crescer e se desenvolver de forma saudável. O cargo teve um crescimento de 43% de demanda no último ano.

6. Chief Growth Officer (CGO)

Principalmente em empresas das áreas de marketing, tecnologia, serviços financeiros e health care, está se tornando comum a presença de um Chief Growth Officer (CGO).

Com crescimento de 43% no último ano, este cargo tem a responsabilidade de alinhar as principais funções do negócio, com foco em ampliar as receitas, engajar clientes e fazer com que eles se mantenham ativos e propagando a marca.

7. Chief Customer Officer (CCO)

A presença do Chief Customer Officer (CCO) nas empresas cresceu em 38% nos últimos 12 meses.

Este líder é o responsável por garantir a satisfação dos consumidores por meio de experiências positivas com a marca.

8. Chief Revenue Officer (CRO)

O LinkedIn também registrou o aumento de 37% para as vagas de Chief Revenue Officer (CRO), gestor responsável por liderar estratégias para gerar receitas para as empresas.

O CRO não deve ser confundido com o diretor financeiro. Esse líder supervisiona atividades de vários setores da empresa que envolvem a geração de receitas, como o marketing, o departamento de vendas e o customer success.

9. Chief Talent Officer (CTO)

O Chief Talent Officer (CTO) é o responsável por recrutar, contratar, desenvolver e reter as pessoas necessárias para que a empresa obtenha os resultados desejados.

Entre outras coisas, esse gestor pode desenvolver planos para que o trabalho seja realizado em home office ou de forma remota, para atrair e reter talentos.

No último ano, a presença do CTO cresceu em 36% nas empresas, de modo que o cargo também se tornou tendência para 2022.

10. Chief Data Officer (CDO)

Finalmente, temos o Chief Data Officer (CDO), gestor que supervisiona todas as funções relacionadas a dados para garantir que a empresa obtenha ativos mais valiosos.

A presença deste líder nas empresas cresceu em 29% no último ano. No Brasil, a implementação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) tem feito com que mais organizações necessitem criar esse cargo.

É claro que nem todas as empresas precisam ter esses 10 novos cargos de liderança em seus quadros. Porém, conforme o momento de evolução e maturidade do negócio, convém criá-los para que se tenha mais resultados positivos.

Gostou de conhecer os novos cargos C-level que estão surgindo nas empresas? Então, continue conhecendo tendências em nosso “Guia definitivo do futuro do trabalho”. Temos a certeza de que você apreciará muito essa leitura. 

Guia Definitivo do Futuro do Trabalho

Faça sua primeira reserva em um coworking!

X