Carreira

Pessoas mentalmente fortes: 7 coisas que elas evitam

Redação BeerOrCoffee
Escrito por Redação BeerOrCoffee em janeiro 10, 2022
Pessoas mentalmente fortes: 7 coisas que elas evitam
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

As pessoas mentalmente fortes assumem suas responsabilidades, comemoram o sucesso dos outros, evitam remoer o passado e celebram suas conquistas pessoais, mesmo as pequenas. O sentimento de gratidão é importante, enquanto as reclamações passam longe. Saiba mais.

Você sabe reconhecer as pessoas mentalmente fortes? É possível que tenha dificuldade. Afinal, alguém que é muito doce pode ter um domínio de si enorme, enquanto alguém mais difícil pode ser bastante frágil. Qualquer uma dessas posturas afeta o ambiente de trabalho. Por isso, é importante entender o que esse comportamento significa para você, como profissional.

A saúde mental no trabalho é fundamental tanto para você quanto para a empresa. Essa é a melhor forma de alinhar objetivos e garantir sua capacidade de equilibrar vida pessoal e profissional. Por quê? A resposta é simples: quando você consegue manter sua força, é possível lidar melhor com os conflitos que surgem durante o dia a dia.

Para os executivos, esse comportamento é ainda mais importante, já que é preciso liderar da forma certa para garantir o máximo de produtividade e comprometimento. A boa notícia é que você pode desenvolver essas habilidades e se tornar uma pessoa mentalmente forte.

Como? Ter uma atitude de gratidão e entender como se tornar um mestre em falar com pessoas desconhecidas é um começo. Ainda tem mais. Existem comportamentos que todas as pessoas com boa saúde mental evitam. Eles são tóxicos e prejudicam a sua capacidade de agir de forma adequada diante das situações desafiadoras.

Quais são eles? Veja neste post as 7 coisas evitadas por quem é mentalmente forte, segundo a psicoterapeuta e assistente social clínica, Amy Morin. Confira!

pessoas mentalmente fortes

1. Sentir pena de si mesmo

Sabe aquele sentimento de autopiedade que atinge todo mundo de vez em quando? Ele deve ser evitado. Quando você pensa nas coisas ruins que acontecem e fica a sensação de injustiça, perde tempo. Afinal, deixa de encontrar uma solução para o problema.

Pessoas mentalmente fortes assumem sua própria responsabilidade, em vez de culparem os outros ou a situação. Mais do que isso, sabem que a vida é injusta e agradecem pelas situações em que não tiveram êxito, porque elas trouxeram aprendizados. Por isso, quando algo sai do script, elas não ficam remoendo. Apenas dizem “pŕoximo!”.

2. Gastar energia com o que não pode ser mudado

Existe uma oração que diz: “Concedei-nos, Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não podemos modificar, coragem para modificar aquelas que podemos, e sabedoria para distinguir uma das outras”. Você pode até ficar longe de religiões, mas essa frase diz muito e é um exemplo de como agir e construir uma cultura de trabalho generosa.

As pessoas com mentalidade forte são capazes de evitar as reclamações por qualquer motivo. Elas resistem àquele hábito de xingar logo de manhã cedo, porque o tráfego está intenso ou por terem batido o dedinho na quina da mesa. Da mesma forma, deixam de falar mal dos colegas.

Na verdade, reconhecem que existem situações em que não podem fazer nada. Afinal, elas saem do seu controle. Portanto, apenas se preocupam com aquilo que podem controlar e se responsabilizar.

3. Ficar parado no mesmo lugar

Quem tem muito medo de mudar sinaliza que tem pouca resiliência. Para desenvolver uma cultura de trabalho remoto e ter equilíbrio e força mental, é preciso ter o conhecido jogo de cintura. Além disso, as pessoas com essa características são capazes de aceitar desafios.

Para elas, o principal receio é ficar estagnado. O desconhecido é bom, porque representa oportunidades. Portanto, um ambiente de mudanças e até mesmo algumas incertezas é positivo, porque incentiva o profissional a atingir o seu máximo.

Aqui, é preciso apenas ter cuidado. A pressão excessiva é negativa e pode até levar ao burnout. De toda forma, essas questões dependem muito mais de como reagimos do que dos estímulos externos. É por isso que as pessoas mentalmente fortes conseguem lidar com essas transformações constantes.

4. Entregar o poder sobre seus sentimentos e reações

Aquela ideia de ser responsável pelas nossas próprias atitudes e não se deixar abater pelos outros é o mote aqui. Entregar o poder de como se sente para outras pessoas é arriscado e não condiz com pessoas mentalmente fortes. O indicado é ter controle sobre suas ações e emoções.

Por isso, quem consegue se conter deixa de agir no impulso. Consegue pensar antes de fazer algo e tem noção de que seu bom humor depende apenas de si mesmo. Assim, mantém a positividade.

pessoas mentalmente fortes

5. Enfrentar qualquer tipo de risco

Os riscos são necessários e fazem parte da vida, mas é desnecessário corrê-los por um motivo pequeno. Eles devem ser calculados para verificar se compensam. O propósito é medir os riscos e os benefícios, assim como imaginar os piores cenários antes de agir.

Dessa forma, você consegue identificar se vale a pena correr o risco, se a chance de ter um resultado positivo é grande, se é preciso tomar alguma precaução extra etc. Ou seja, você toma uma decisão de modo mais preciso para evitar contratempos e esforços desnecessários. 

6. Agradar os outros sem motivos

É bastante comum ouvir que uma pessoa é “puxa-saco”. Pessoas mentalmente fortes não têm esse comportamento, assim como não são grosseiras para passarem uma imagem de mais austeridade.

Para elas, ser gentis e justas é uma obrigação quando existe motivo para isso. Por outro lado, elas sempre falam a verdade. Se alguém se chatear com o que foi dito, elas conseguem contornar a situação.

7. Repetir os erros já cometidos

Todo erro é um aprendizado e deve ser encarado como tal. Quem é mentalmente forte assume suas falhas e responsabilidades. Portanto, entende quais erros cometeu e o que deve ser mudado da próxima vez.

Essas pessoas evitam adotar sempre as mesmas ações achando que terão um resultado diferente. Elas sabem que isso não acontece. Em contrapartida, refletem sobre a situação e encontram alternativas para saberem como melhorar da próxima vez.

Além destas 7 coisas que pessoas mentalmente fortes evitam, a psicoterapeuta também traz algumas outras dicas:

  • Evite pensar no passado. Apesar de ser importante para evitar os mesmos erros, lamentar-se pelo que já aconteceu é negativo. Gasta-se muita energia sem ter um retorno suficiente. É preciso entender que o que passou, passou;
  • Nunca sinta ressentimento pelo sucesso dos outros. É importante saber comemorar as conquistas de colegas e amigos. Como as pessoas fortes entendem suas responsabilidades, elas celebram e voltam seus esforços para si mesmas, sem perder tempo com inveja;
  • Goste de ficar sozinho. Ter um tempo sem ninguém é importante para refletir, ser produtivo e planejar o futuro. Você também aprende a não depender dos outros para ter um bom humor;
  • Nunca desista após uma perda. Falhas e erros parecem ruins, mas são oportunidades de melhoria. Muitos empreendedores faliram suas empresas várias vezes antes de alcançarem o sucesso. Entenda que esse é um processo normal e que, da próxima vez, você terá uma preparação maior;
  • Tenha paciência para esperar os resultados. Qualquer coisa que você fizer levará tempo e exigirá esforço e disciplina. Por isso, é necessário celebrar cada pequena conquista e manter a motivação;
  • Saiba que o mundo não deve nada a você. Achar que sua vida foi ruim ou negligenciada leva ao pensamento de que você tem algo a receber. Saia dessa armadilha. É preciso ter uma boa preparação e ter méritos para receber a recompensa esperada.

Como você pôde perceber, pessoas mentalmente fortes vão à luta! Seja no ambiente corporativo, seja na vida pessoal, a dica é ter positividade e ir atrás do que é possível mudar. O que não for possível, assuma as responsabilidades, se existirem, e deixe de lado. É assim que você continua seguindo em frente.

Ao mesmo tempo, como líder, você também deve investir na comunicação. Afinal, tanto o retorno ao ambiente presencial quanto o remoto exige esse cuidado. É assim que as pessoas mentalmente fortes agem: elas se preparam e antecipam os potenciais desafios. Dessa forma, o resultado alcançado é o melhor possível.

Você busca melhorar a sua comunicação com a equipe e assumir uma postura assertiva? Veja as dicas de um especialista em linguagem corporal do FBI para ter uma boa volta ao escritório.

Texto escrito por Fabíola Thibes, jornalista e redatora web.