Startups

5 startups de sucesso no Brasil para inspirar sua carreira e sua liderança

Redação BeerOrCoffee
Escrito por Redação BeerOrCoffee em dezembro 23, 2021
5 startups de sucesso no Brasil para inspirar sua carreira e sua liderança
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

As startups de sucesso no Brasil têm algo em comum: o fortalecimento do trabalho remoto e híbrido e a atenção aos clientes. Essa parece ser a receita de sucesso, já que garante um crescimento sustentável e vai além dos aportes financeiros. 

Muito se fala sobre as novas empresas, que aliam tecnologia e serviços de qualidade. O que pouco se diz é sobre a inspiração que outros empreendedores podem ter ao conhecer as histórias das startups de sucesso no Brasil.

Afinal, os textos que tratam sobre essas companhias costumam falar de rodadas de investimento, investidores-anjo, lançamentos nas bolsas de valores (IPOs), melhores inovações de 2021 e por aí vai. Porém, ainda tem muito mais.

Neste post, vamos apresentar algumas startups que alcançaram o sucesso. Nosso foco é mostrar como cada uma delas lida com as novidades e inovações para muito além do dinheiro. Dessa forma, você poderá inspirar sua carreira e sua liderança. Confira!

Problemas do trabalho remoto

1. Nubank

Quando se fala em startup de sucesso no Brasil, é impossível esquecer o Nubank. A empresa foi fundada em 2013 por Cristina Junqueira, David Vélez e Edward Wible. Apesar da digitalização dos processos bancários já estarem acontecendo, a fintech se tornou uma referência no setor.

O ano de 2021 foi marcado por uma novidade: o lançamento de suas ações na bolsa de valores de Nova York. No entanto, para chegar a esse patamar, o Nubank sempre reconheceu uma parte importante: os clientes.

A companhia se destaca pelo bom atendimento e por entregar mimos aos seus usuários. No IPO, não podia ser diferente. Antes do lançamento das ações, criou o programa NuSócios.

Assim, foi oferecido 1 Brazilian Depositary Receipt (BDR) por cliente que se encaixasse nos critérios definidos. Cada um deles teve um preço de R$ 8,36. Ou seja, a empresa voltou a reconhecer a importância dos seus clientes.

Em relação aos colaboradores, o Nubank também se tornou um exemplo na busca pelos novos formatos de trabalho. Logo que a pandemia começou, o principal foi manter a saúde dos colaboradores.

Em 2021, continua com vagas abertas para atuar nos modelos de home office e trabalho híbrido em 2022.

2. Creditas

Criada em 2013, a Creditas é outra fintech. Idealizada por Sergio Furio, o foco são os empréstimos “com a menor taxa do mercado”, como afirma a empresa. Isso porque todas as linhas de crédito são com garantia.

A Creditas também tem um cuidado grande com seus clientes, tanto internos quanto externos. Tanto é que ganhou o Prêmio Reclame Aqui em 2020 e 2021 como melhor empresa de empréstimo online.

Já com relação aos clientes internos — ou seja, seus colaboradores —, a empresa adota um modelo flexível, especialmente depois da pandemia. Em parceria com o BeerOrCoffee, a fintech oferece todos os espaços de coworking da plataforma para seus profissionais. Assim, eles podem acessar um dos espaços disponíveis em mais de 160 cidades.

Para os colaboradores, isso é muito importante. Pelo menos, é o que o consultor da Creditas, Thiago Palmeira, comentou: f“Esta semana me deparei com o vizinho do andar de cima fazendo uma reforma em pleno horário do meu expediente. Para minha sorte, a Creditas começou uma parceria com o BeerOrCoffee, e encontrei um coworking da rede na rua onde moro! Bastava clicar na reserva, atravessar a rua e pronto, o dia de trabalho foi salvo! Meu desejo é que todas as empresas tenham esse cuidado, essa empatia, de se preocupar com o nosso bem estar para a realização de um bom trabalho.

principais dificuldades das empresas de tecnologia no trabalho híbrido

3. QuintoAndar

A empresa que revolucionou a forma de comprar, vender e alugar imóveis foi criada em 2012 por André Penha e Gabriel Braga. A plataforma intermedia as operações. Assim, é possível dispensar corretores e imobiliárias.

Um feito da QuintoAndar foi se tornar um unicórnio, termo que designa as startups que alcançam valor de mercado superior a 1 bilhão de dólares. Assim como outras companhias, enfrentou o desafio da pandemia optando pelo home office.

Em vez de procurar saber o que fazer quando o trabalho remoto não está funcionando, a startup teve muito sucesso com essa iniciativa. Por isso, optou por implementar o regime a distância de maneira indefinida.

Apesar dessa situação ser comum, um destaque é o fato de oferecer auxílio para compra de materiais para escritório. Esse é um dos motivos que fazem a QuintoAndar ser uma startup de sucesso no Brasil.

Além disso, também oferece os espaços do BeerOrCoffee para os funcionários. Isso porque é cliente da solução de assinaturas OfficePass. Desse modo, contrata talentos de qualquer lugar do Brasil e ainda tem redução de custos nas suas operações.

4. iFood

O aplicativo de delivery é uma foodtech que virou referência na América Latina. Antes de virar iFood, a empresa era offline e se chamava Disk Cook. Com a revolução digital, cresceu muito. De 2011 para cá, implementou ainda mais tecnologia. Hoje, investe até em inteligência artificial para facilitar os pedidos e fazer as melhores indicações.

Durante a pandemia, veio um dos principais desafios do iFood. A necessidade do isolamento social impactou toda a cadeia do aplicativo, que envolve funcionários, entregadores, restaurantes e clientes.

Apesar disso, a empresa já adotava o modelo de trabalho remoto. Por isso, teve essa vantagem competitiva. Além disso, o CFO Diego Barreto destacou que “a grande decisão foi que nos tornamos uma empresa assíncrona, ou seja, não precisa sincronizar agenda, tempo e espaço para tomar decisões”.

A diferença — e o destaque — foi a definição de uma verba para que as pessoas tivessem um espaço reservado para trabalhar em casa. A foodtech também passou a subsidiar luz e internet.

Outra medida foi fazer a assinatura do OfficePass. Assim, todos os colaboradores tiveram acesso aos coworkings da rede do BeerOrCoffee em todo país. Ainda foram implementadas outras estratégias, como reuniões com equipes de trabalho híbrido a cada 15 dias com a oferta de um voucher para pedir algo pelo iFood.

principais dificuldades das empresas de tecnologia no trabalho híbrido

5. BeerOrCoffee

Por fim, o BeerOrCoffee é a maior plataforma de coworkings da América Latina. Criada em 2015 por Pedro e Roberta Vasconcellos, com o empreendedor Eric Santos, a empresa é inovadora por excelência. Afinal, reuniu os coworkings que ainda estavam começando a despontar no país e fortaleceram a rede para ter melhores resultados.

Ao longo de sua trajetória, o trabalho remoto e híbrido já eram implementados. Inclusive, o anywhere office — ou trabalho em qualquer lugar. Por isso, a pandemia trouxe menos mudanças significativas, considerando que os processos já eram digitais por excelência.

Ainda assim, o BeerOrCoffee precisou se reinventar para estar na lista de startups de sucesso no Brasil. Antes da crise sanitária, já oferecia:

Durante a pandemia, dois novos recursos foram acrescentados. Um deles foi o Selo Escritório Seguro. Ele garante que os colaboradores da sua empresa trabalhem de forma segura e certificada, conforme determina a NR 17. Além disso, é possível aumentar a produtividade da equipe, melhorar a ergonomia e o bem-estar e reduzir a chance de afastamentos devido a lesões.

Também foi criado o Plano de Contingência. Ele é uma opção para garantir que as atividades da sua empresa continuem funcionando mesmo que o seu escritório esteja indisponível devido a situações de emergência, como desastres naturais e outros tipos de ameaças. Assim, você tem acesso a toda a rede do BeerOrCoffee e pode usar quando necessário.

Com essas inovações, a startup de sucesso no Brasil recebeu um aporte de 10 milhões de dólares em uma rodada de investimentos liderada pelo fundo latino-americano Kaszek. Outro fundo de capital de risco, o Grupo Valor, também participou. Esse aporte traz ainda mais possibilidades para aumentar a rede de coworkings, que já está presente em mais de 160 cidades.

Agora, as perspectivas são ainda melhores, já que será possível investir ainda mais nos produtos e na qualidade dos serviços. Para o sócio-gerente da Kaszek, Hernan Kazah, a parceria é importante.

“Conhecíamos a empresa desde seus primeiros dias e sempre ficamos muito impressionados com a rede de escritórios de alta qualidade que estavam construindo e com o ótimo feedback que recebíamos de algumas de nossas empresas de portfólio, que realmente apreciam a flexibilidade da solução BeerOrCoffee. A pandemia nos convenceu de que essa tendência para um modelo de trabalho mais flexível veio para ficar. Então procuramos a startup e exploramos com sucesso a oportunidade de fazer parceria com eles e ajudar a acelerar seus planos de expansão”, disse.

Já o sócio do Valor Capital Group, Antoine Colaço, comentou que “o trabalho remoto e híbrido, que era visto como um benefício por muitos, hoje se tornou uma realidade para muitas empresas brasileiras, fortemente afetadas pela chegada da pandemia. O BeerOrCoffee tem trabalhado para oferecer as melhores soluções, atendendo as necessidades de diversos tipos de empresas e apresentando resultados promissores. Apostamos no potencial da empresa para liderar o novo modelo de trabalho híbrido, que veio para ficar.”

Com os exemplos dessas startups de sucesso no Brasil, você já pode se inspirar e adotar várias estratégias para destacar sua empresa. Afinal, as histórias trazem indicativos do que deu certo. Depois é só adaptar à realidade do seu negócio.

Quer começar nessa jornada? Conheça a plataforma do BeerOrCoffee e entenda como sua empresa pode inovar ainda mais a partir de agora!

OfficePass do BeerOrCoffee

Texto escrito por Fabíola Thibes, jornalista e redatora web.