Cultura da empresa

4 exemplos de estratégias de trabalho híbrido para a sua empresa se inspirar

Redação BeerOrCoffee
Escrito por Redação BeerOrCoffee em outubro 19, 2021
4 exemplos de estratégias de trabalho híbrido para a sua empresa se inspirar
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

As estratégias de trabalho híbrido devem focar a atração e a retenção de talentos. Assim, a produtividade e o alcance dos objetivos serão mantidos. Veja o que fazer para aumentar suas chances de sucesso nesse novo modelo de trabalho.

Você já parou para pensar nas estratégias de trabalho híbrido adotadas pelas empresas? Esse modelo veio para ficar — e essa não é só uma frase clichê, não. Afinal, as vantagens são variadas. Entre as principais estão:

  • Flexibilidade, já que o profissional pode trabalhar quando e onde quiser, e ainda ter tempo para atividades físicas e de lazer devido ao ganho de tempo;
  • Produtividade na era do trabalho híbrido, já que a alternação entre dias no escritório e no trabalho remoto ajuda a manter o foco;
  • Redução de custos, pois a estrutura da empresa pode ser menor devido ao rodízio de colaboradores;
  • Qualidade de vida aos colaboradores, com a possibilidade de equilibrar melhor a relação vida pessoal e profissional.

Todos esses benefícios são derivados do próprio modelo de trabalho implementado. Para entender melhor, é preciso saber que existem duas principais formas de atuação:

  • Remota: é aquela em que o colaborador está fora do escritório. Ele pode atuar dessa forma de forma integral ou parcial. Assim, o trabalho híbrido integra esse conceito;
  • Presencial: ocorre quando o profissional está 100% do tempo na empresa.

Quando está fora do escritório, o funcionário pode trabalhar a partir de qualquer lugar. Por exemplo, coworkings, cafés, restaurantes e mais. O modelo já traz tantos benefícios que uma pesquisa revelou que 46,8% das equipes atuam no trabalho híbrido.

Além disso, o mesmo levantamento indicou que 64,7% dos funcionários preferem esse modelo. Ou seja, o equilíbrio se mostra importante, com a oportunidade da empresa alinhar as suas estratégias ao desejo dos colaboradores para aumentar a atração e a retenção de talentos no trabalho híbrido.

Agora você deve estar se perguntando: quais estratégias de trabalho híbrido realmente valem a pena? Vamos mostrar as principais adotadas por algumas das principais empresas do Brasil e do mundo. Confira!

estratégias de trabalho híbrido

1. Encontros anuais para garantir a interação entre os colaboradores

A Buffer implementou o trabalho remoto desde 2012. Na época, a decisão foi do CEO Joel Gascoigne, de forma alinhada ao que a empresa trabalha. Isso porque a companhia tem um software para automatizar as postagens nas redes sociais.

A companhia até contava com um escritório presencial. Porém, a maioria dos colaboradores não estava lá. Assim, foi realizada a mudança. Hoje, tem profissionais em 15 países diferentes, bem ao estilo anywhere office.

O que faz a Buffer ser um exemplo? A resposta está nos encontros anuais realizados entre os colaboradores. Apesar de a empresa se orgulhar de oferecer flexibilidade aos seus profissionais, realiza essas reuniões para facilitar a interação entre eles. Outras práticas que fazem a diferença na empresa são a semana de trabalho de quatro dias e a aplicação das boas práticas de comunicação assíncrona.

2. Flexibilidade total como uma das estratégias de trabalho híbrido

A Culture Trip tem um nome bacana, em português “Cultura de Viagem”. Entretanto, estabelecia somente o trabalho presencial até a  chegada da pandemia. Depois disso, veio a necessidade do isolamento social, o que fez a empresa aplicar uma pesquisa para saber como seria a estratégia de trabalho híbrido no retorno ao escritório.

O estudo indicou que 94% dos colaboradores gostariam de manter a flexibilidade no trabalho no futuro. Com isso, foi lançada a política Feel Good Flex. A partir dela, o colaborador pode literalmente exercer suas atividades de qualquer lugar e a qualquer momento.

Até aqui, parece tudo normal. Mas não é. O mesmo profissional pode trabalhar no escritório em um dia, em um café ou coworking no outro e em casa no restante da semana. Ou ficar todo o tempo em casa. Ou, ainda, optar por só ficar na empresa. Aliás, pode até mesmo estar em mais de um lugar no mesmo dia.

Assim, a flexibilidade é realmente total. Isso porque a empresa já valorizava esse aspecto, apesar de ser muito centrada no trabalho presencial antes da pandemia.

3. Oferta de subsídios para o trabalho híbrido

Poucas empresas se preocuparam com o bem-estar dos colaboradores no home office. O iFood se destacou e, logo no começo da pandemia, a empresa reservou uma verba para que todos pudessem montar o seu cantinho de trabalho em casa. Além disso, luz e internet passaram a ser subsidiados.

A medida foi tomada devido à importância das tecnologias para os trabalhadores remotos. Ainda teve mais. A empresa aderiu ao OfficePass, do BeerOrCoffee. Ou seja, fez uma assinatura mensal para que todos os colaboradores pudessem utilizar os coworkings da rede. Assim, foi possível utilizar espaços compartilhados em mais de 160 cidades do Brasil, e alguns espaços em Portugal também. 

Esse cenário fez com que muitos profissionais voltassem às suas cidades de origem para ficarem mais perto da família e de uma vida mais tranquila. Essa movimentação foi crucial para garantir a saúde mental dos colaboradores. 

“Tivemos um preparo muito grande e intenso para lidar com todos de forma individual. Como a pessoa está de saúde, como está seu emocional e como está seu ambiente de trabalho”, reforçou a People OPS — Benefits Management, Vanessa Zietlow.

Agora, a empresa ainda adota outras estratégias de trabalho híbrido relevantes. Por exemplo, uma reunião com as equipes de trabalho híbrido é realizada a cada 15 dias. Nesse encontro, um voucher é oferecido para que a pessoa peça algo pelo iFood. Assim, é feito um happy hour.

Ainda existem outros encontros interativos. Todos servem para fomentar a cultura organizacional com todos os seus valores e princípios.

estratégias de trabalho híbrido

4. Garantia de benefícios totais

A lei trabalhista brasileira assegura a oferta de alguns benefícios. Esses são obrigatórios, como férias remuneradas, 13º salário e licença maternidade de 4 meses. Porém, as empresas costumam ofertar algumas vantagens extras para atrair e reter talentos.

O próprio trabalho híbrido é uma dessas estratégias. Então, por que a garantia de benefícios totais seria um diferencial? Bom, algumas companhias retiraram as vantagens extras dos colaboradores que começaram a atuar fora do escritório.

No entanto, com a Creditas é diferente. A empresa mantém todos os benefícios para quem trabalha de forma remota. Por exemplo:

  • Plano de saúde;
  • Vale-refeição;
  • Auxílio academia via GymPass;
  • Plataforma de benefícios específica para gerenciar a vida financeira;
  • Descontos em produtos e serviços da plataforma GObenefits;
  • Uso de qualquer um dos coworkings da rede BeerOrCoffee.

As pessoas de qualquer lugar do país podem encontrar um escritório virtual perto de si para trabalhar por meio do OfficePass. Isso ajuda a manter o engajamento e a produtividade. Afinal, os profissionais se sentem escutados e valorizados.

Conheça o OfficePass

Existem várias estratégias de trabalho híbrido. Você pode se inspirar nesses modelos e utilizar aqueles mais adaptados para a sua empresa. Tudo depende da sua realidade e dos objetivos a serem alcançados.

Como está o seu planejamento para esse novo momento? Baixe a checklist necessária para se preparar para os novos formatos de trabalho.

Texto escrito por Fabíola Thibes, jornalista e redatora web.