Carreira

8 passos para fazer a gestão de uma força de trabalho multigeracional

Redação BeerOrCoffee
Escrito por Redação BeerOrCoffee em outubro 13, 2021
7 min de leitura
8 passos para fazer a gestão de uma força de trabalho multigeracional
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

Uma força de trabalho multigeracional é formada por profissionais de diversas gerações, como tradicionalista, baby boomer, X, Y (millennial) e Z. Saiba como fazer a gestão desse modelo de equipe.

A diversidade de idade na força de trabalho atual é a maior de todos os tempos. Com isso, é cada vez mais comum que os times sejam compostos por profissionais de quatro ou cinco gerações. São elas:

  • Tradicionalistas: 1928 a 1945;
  • Baby boomers: 1946 a 1964;
  • Geração X: 1965 a 1980;
  • Geração Y (millennial): 1981 a 1996;
  • Geração Z: 1997 a 2012.

A variedade de idades amplia o conjunto de talentos disponíveis, no entanto, muitas empresas ainda não sabem como tirar proveito desse novo formato de trabalho.

Para que isso seja possível, considerar todas as faixas etárias durante o planejamento estratégico, buscando as melhores formas de atrair, engajar, reter e desenvolver colaboradores em diversas fases da vida.

força de trabalho multigeracional

Benefícios de uma força de trabalho multigeracional

A diversidade de faixas etárias agrega valor à organização. Enquanto funcionários mais jovens estão acostumados com a tecnologia e às mudanças geradas por ela, profissionais mais maduros possuem conhecimentos que podem orientar a tomada de decisões. 

Ou seja, a combinação entre inovação e experiência traz maior produtividade.

Veja esses e outros benefícios significativos gerados por uma força de trabalho multigeracional.

Relacionamentos interpessoais

Relacionamentos entre colegas de equipe podem contribuir para as necessidades emocionais dos funcionários e influenciar a satisfação com o trabalho. Além disso, a variedade de idades dentro da empresa reflete uma estrutura familiar e oferece oportunidades de conexão pessoal entre pessoas de diferentes gerações.

Transferência e retenção de conhecimento

A consciência e os pontos fortes de cada geração preparam o negócio para atender às necessidades futuras de liderança. Dessa forma, a empresa mantém um funil de talentos interno robusto, focando mais na promoção interna e menos no recrutamento externo.

Perspectivas múltiplas

Gerações diferentes normalmente veem as responsabilidades do trabalho de formas distintas. O compartilhamento dessas perspectivas traz uma ampla gama de conhecimentos e habilidades, apoiando a inovação. 

Oportunidades de aprendizagem

Quanto mais diversificada for uma equipe, mais possibilidades de interagir e aprender as pessoas terão, o que inclui oportunidades de mentoria.

Enquanto funcionários mais experientes podem aconselhar profissionais mais jovens sobre o desenvolvimento de carreira, colaboradores iniciantes podem instruir profissionais maduros sobre as tecnologias atuais, por exemplo.

Habilidades de resolução de problemas 

Como a experiência de vida influencia a maneira que as pessoas se relacionam e interagem para enfrentar desafios e conflitos, a combinação de múltiplas perspectivas e habilidades diversas resulta em soluções criativas para os problemas.

Como fazer a gestão de uma força de trabalho multigeracional?

Nos próximos anos, as empresas podem ter forças de trabalho com pessoas de quatro a seis gerações diferentes ao mesmo tempo. Por esse motivo, aprender a gerir uma força de trabalho multigeracional é fundamental.

A gestão de equipes de membros com diferentes faixas etárias traz novos desafios. As organizações devem encontrar um equilíbrio entre criar oportunidades para jovens funcionários evoluírem e garantir que os veteranos sintam-se incluídos.

Além disso, para manter a produtividade e a inovação, é importante criar uma cultura colaborativa, estimulando funcionários de diferentes idades e origens a cooperar.

Para isso, é preciso ser capaz de identificar as habilidades e os pontos fortes dos indivíduos, reconhecer como podem contribuir e entender como se envolver com eles.

Agora que você já conhece os benefícios de ter uma equipe composta por profissionais de diferentes idades, confira abaixo o passo a passo de como fazer a gestão dessa força de trabalho multigeracional de forma assertiva e eficiente. 

força de trabalho multigeracional

1. Trabalhe em sua proposta de valor para o empregado (EVP)

Sua employee value proposition (EVP) — proposta de valor para o empregado, em tradução livre — atrai diferentes gerações? Os benefícios culturais podem manter colaboradores de todas as faixas etárias satisfeitos com o trabalho.

Adotar o modelo de trabalho híbrido, por exemplo, que combina a oferta de um ambiente de trabalho agradável com a flexibilidade e a liberdade de trabalhar em qualquer outro espaço, é uma forma de satisfazer diversas pessoas. 

Além disso, programas de equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, bem-estar, folga remunerada, oportunidades de desenvolvimento profissional, avanço na carreira e eventos sociais também são atraentes para todas as gerações. 

2. Torne seu processo de contratação inclusivo 

Do anúncio à admissão, é preciso se empenhar para estruturar um processo de seleção inclusivo. Para eliminar possíveis preconceitos em relação à idade, você pode adotar as seguintes estratégias: 

  • Treine os profissionais encarregados por cada etapa do recrutamento e anuncie as vagas em diversos canais de divulgação;
  • Opte por uma linguagem neutra e evite frases ou termos destinados a uma geração específica;
  • Inclua fotos e vídeos na página de carreiras do site da empresa que mostrem profissionais de todas as idades;
  • Use ferramentas de IA para fazer a triagem dos currículos, evitando preconceitos relacionados aos dados demográficos presentes no documento;
  • Envolva gestores de diferentes faixas etárias no processo de seleção e nas entrevistas.

3. Adapte a comunicação da empresa

A produtividade está diretamente relacionada a uma comunicação eficaz. Por esse motivo, é importante que as informações sejam acessíveis a todos os grupos.

É importante que a comunicação empresarial seja consistente e padronizada quando se trata da voz de sua marca. No entanto, a comunicação interna pode ser adaptada. 

Dessa forma, escolha métodos de comunicação, seja por meio de textos ou vídeos, com base nas necessidades da sua equipe, para que a mensagem seja entendida por todos os profissionais, independentemente da sua faixa etária.

4. Esclareça e reforce as expectativas

Ter um propósito em comum une a equipe e minimiza as diferenças. Independentemente da idade, os colaboradores precisam ter consciência dos objetivos do negócio e de suas respectivas funções.

Para isso, é preciso esclarecer e reforçar as expectativas de forma contínua, além de oferecer garantias aos funcionários sobre o que eles podem esperar da organização como um todo e da sua própria equipe. 

Além disso, a orientação profissional, individual e coletiva, também estabelece uma relação de confiança entre a empresa e os empregados, visto que eles passam a ter consciência de onde estão e aonde devem chegar.

5. Peça feedbacks 

Nem todas as pessoas se sentem confortáveis em emitir opiniões que não foram solicitadas, portanto, é preciso encorajar feedbacks honestos.

Você pode oferecer essa oportunidade por meio de pesquisas, avaliações de desempenho individuais ou outros métodos criativos. Assim, é possível identificar o que precisa melhorar para fazer uma gestão melhor da força de trabalho multigeracional. 

6. Atenda a diversas necessidades e estilos de trabalho 

Não há apenas uma forma de incentivar sua força de trabalho multigeracional a ter o melhor desempenho.

Antes da pandemia, o trabalho remoto, por exemplo, era defendido por gerações específicas, mas, hoje em dia, a realidade é outra: profissionais de todas as idades aderiram ao trabalho a distância e têm optado por permanecer executando suas atividades remotamente.

Empresas como iFood, Dock e Creditas abraçaram o futuro do trabalho e implementaram em seus negócios a cultura “anywhere office”, por meio do OfficePass da BeerOrCoffee, que oferece acesso às melhores redes de coworkings em mais 160 cidades no Brasil.

Dessa forma, os colaboradores têm flexibilidade e liberdade para trabalhar de onde quiserem. Companhias que atendem às necessidades dos funcionários têm mais chances de atrair e reter os melhores talentos, alcançando os melhores resultados.  

7. Crie oportunidades de aprendizagem 

Todos os profissionais, independentemente da idade, têm interesse em aprender e avançar em suas carreiras.  Oferecer oportunidades de conhecimento beneficia o crescimento dos colaboradores e aumenta a contribuição para o negócio.

Um ambiente que incentiva a realização de perguntas, por exemplo, cria uma atmosfera de aprendizagem e possibilita que todos sejam ouvidos.

8. Combata preconceitos e estereótipos

Preconceitos e estereótipos existem e é importante desmistificá-los. Embora cada geração tenha suas características, reconhecer e contemplar as diferenças é uma forma de aproveitar os pontos fortes de cada faixa etária.

Por isso, se esforce para reformular essas percepções em todos estágios do ciclo de vida do funcionário. Além do processo de contratação, também é preciso atentar-se ao preconceito nas políticas de RH da empresa e nas abordagens aos funcionários.

Por que investir em uma força de trabalho multigeracional

A gestão de uma força de trabalho multigeracional é desafiadora, mas também é muito gratificante. Tirar proveito das diferenças relacionadas à faixa etária é o caminho para criar um canal de talentos sólido e capaz de apoiar a sustentabilidade dos negócios.

O segredo para a construção de um ambiente saudável, em que as pessoas se sintam aceitas e respeitadas, é se comunicar abertamente, com honestidade e transparência. Assim, os colaboradores são capazes de evoluir e atingir tanto seus potenciais profissionais quanto as metas do negócio.

Quer aprender mais sobre a gestão de equipes diversificadas? Confira nosso checklist sobre os novos formatos de trabalho para se manter atualizado em relação às novidades do mercado. 

Texto escrito por Isabella Proença, Redatora freelancer e Bacharel em Administração.