Trabalho Remoto

Importância do trabalho remoto: vantagens e desvantagens para a sua empresa

Renato Ribeiro
Escrito por Renato Ribeiro em agosto 16, 2021
5 min de leitura
Importância do trabalho remoto: vantagens e desvantagens para a sua empresa
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

Vários processos de trabalho mudaram durante a pandemia do coronavírus. Nesse cenário, a importância do trabalho remoto ficou mais evidente. Entenda o porquê!

Se existe algo que a pandemia mostrou foi a importância do trabalho remoto. A necessidade do isolamento social levou à adoção dessa prática. Com o retorno aos escritórios, muito se questiona se vale a pena optar por essa modalidade. As principais empresas do mundo acreditam que sim.

Essa tendência também está forte no Brasil. Para ter uma ideia, uma pesquisa mostrou que, em 2019, apenas 36,5% das empresas tinham políticas de atuação a distância. O principal desafio era a cultura organizacional. Esse fator foi apontado por 53,2% dos entrevistados.

Já outro levantamento realizado em 2020 mostrou que 90% das companhias aderiram a alguma modalidade de trabalho remoto. Essa realidade tende a continuar. Inclusive, por desejo dos colaboradores, como veremos adiante.

De toda forma, o fato é que o trabalho remoto é importante para a empresa e para seus funcionários. Quer entender por quê? Neste post explicamos melhor. Confira!

Quais são as vantagens do trabalho remoto?

Apesar da modalidade de trabalho a distância ter sido ampliada durante a pandemia de coronavírus, essa não é uma ideia nova. O que aconteceu foi uma obrigatoriedade, o que fez a maioria das empresas oferecer essa opção.

A prática deu certo. Muitas vantagens foram verificadas durante essa experiência. Entre as principais estão:

  • Melhor equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Sem precisar se deslocar até o escritório, é possível fazer todas as refeições com a família. Além disso, fica mais fácil se vestir da forma que quiser e aproveitar o tempo para algum hobby;
  • Aumento da produtividade. Os principais fatores para esse benefício foram a eliminação dos deslocamentos entre casa e escritório e a diminuição das reuniões presenciais e longas;
  • Queda no absenteísmo e no turnover. Os colaboradores satisfeitos produzem mais e melhor. Há menos chance de ficarem desconcentrados e mais facilidade ao fazer a gestão do tempo no trabalho remoto. Ao mesmo tempo, isso leva ao menor índice de desligamento. Dessa forma, há mais produtividade e menos gastos com admissão, demissão e treinamentos. A empresa também retém seus talentos e se torna referência para outras companhias;
  • Redução de custos. Além da diminuição dos desligamentos, a empresa também economiza com a infraestrutura e materiais de escritório, já que não precisa manter uma sede;
  • Flexibilidade. Uma das importâncias do trabalho remoto é o fato dele ser exercido em vários locais. Pode ser na modalidade home office, em cafés e outros estabelecimentos, ou nos coworkings. Mais do que isso, os horários cumpridos também podem ser flexíveis. Essa é, inclusive, uma dica para efetivar a liderança remota;
  • Incentivo ao uso da tecnologia. A eficiência na atuação a distância depende diretamente das ferramentas utilizadas. Elas devem ser voltadas para a gestão do tempo, organização, definição de prioridades, comunicação entre os membros da equipe e mais.

E as desvantagens?

Como tudo tem seus pontos positivos e negativos, também é preciso conhecer as desvantagens do trabalho remoto. Elas não apagam a importância da prática. Porém, mostram um lado que deve ser considerado. Nesse sentido, os principais desafios do trabalho remoto são:

  • Distrações, especialmente se o profissional ficar em casa. Família, TV, redes sociais e até o barulho dos carros podem levar à falta de concentração. Nesse caso, vale a pena ter um espaço específico para o trabalho;
  • Sentimento de solidão. Ficar longe dos colegas e trabalhar em casa, principalmente, leva a um isolamento natural. Por isso, é importante tentar o equilíbrio;
  • Perda do equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Isso é muito individual e depende da forma com que a pessoa lida com o trabalho remoto. Ainda assim, é um ponto importante para o trabalho remoto.
  • Dificuldades na segurança da informação. Com o uso da tecnologia, é preciso ter um cuidado extra. Esse é um aspecto crítico, que pode gerar prejuízos para a competitividade organizacional.

Entenda a importância do trabalho remoto

Apesar dos desafios, a realidade é que o trabalho remoto é importante e veio para ficar. Inclusive, isso é o que várias pesquisas demonstram. Um estudo da Korn Ferry mostrou que 70% dos profissionais consideram que a volta ao escritório será “estranha” e “difícil”.

Além disso, 55% dizem que essa ideia é estressante. Ainda assim, 58% acreditam que teriam dificuldade em progredir na carreira, se informassem sobre sua pretensão de continuar trabalhando remotamente.

Portanto, um dos fatores de importância do trabalho remoto é atender à demanda dos colaboradores, sem esquecer do que a empresa precisa. Nesse cenário, surge uma alternativa para alcançar o equilíbrio.

Saiba mais sobre o trabalho híbrido

O trabalho híbrido é uma terceira via, que fica entre o escritório tradicional e o trabalho remoto. A importância dessa modalidade é o fato de equilibrar o que empresas e colaboradores desejam. 

Afinal, as equipes ficam alguns dias na unidade da empresa e outros em casa. Dentro desse cenário, também existe o coworking. Esse escritório compartilhado oferece toda a infraestrutura necessária, sem exigir investimento inicial e com redução de custos.

Além disso, ao escolher uma rede bem consolidada, você tem acesso a estruturas personalizadas em todo o Brasil. Assim, é possível alcançar os diferentes benefícios do trabalho híbrido. Os principais são:

  • Equilíbrio entre vida pessoal e profissional;
  • Contratações diversificadas e inclusivas;
  • Aprendizagem mais eficiente, rápida e barata;
  • Aumento da retenção de talentos;
  • Engajamento dos profissionais.

Esses são alguns dos motivos que explicam por que a modalidade híbrida está no dicionário do trabalho remoto. Ao aliá-la aos coworkings, sua empresa oferece toda a ergonomia e a divisão de espaços necessária, ao mesmo tempo que garante o compartilhamento de ideias, a facilidade de acesso e a flexibilidade de horários aos profissionais.

Além do mais, você pode pagar apenas o que usar. É a ideia do plano de assinatura, que se torna ainda mais econômico do que outras opções. Assim, é possível entender a importância do trabalho remoto, tanto para sua empresa quanto para as pessoas que fazem parte dela.

E você, achou interessante esse modelo diferenciado de coworking? Saiba como viabilizar o trabalho híbrido na sua empresa com o OfficePass da BeerOrCoffee, uma assinatura com centenas de escritórios para sua equipe trabalhar de onde quiser e quando precisar.

Texto escrito por Fabíola Thibes, jornalista e redatora web.