Trabalho híbrido

Resistência da Apple em adotar trabalho híbrido força funcionários a pedir demissão

Renato Ribeiro
Escrito por Renato Ribeiro em julho 27, 2021
Resistência da Apple em adotar trabalho híbrido força funcionários a pedir demissão
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

Com a pandemia do novo coronavírus, empresas do mundo inteiro se viram forçadas a aderirem ao trabalho remoto como alternativa para não pararem suas atividades. A modalidade mostrou um viés tão benéfico, que encorajou organizações a adotar o trabalho híbrido no “novo normal”.

Ao contrário do que grande parte dos líderes imaginava, a produtividade aumentou em home office. Entretanto, a perda do convívio social e a falta de equilíbrio entre vida pessoal e profissional são obstáculos para alguns funcionários. 

Por essa razão, muitas corporações perceberam que adotar o trabalho híbrido é uma ótima solução para a volta aos escritórios. Nessa modalidade, os colaboradores têm maior flexibilidade para escolher onde e quando realizarão suas atividades. Dessa maneira, conseguem equilibrar suas rotinas e manter a produtividade.

No caso da Apple, algo não está agradando seus funcionários no retorno ao trabalho e isso tem feito com que alguns estejam pedindo demissão. Mas o que será que está incomodando tanto? Continue a leitura e descubra!

adotar o trabalho híbrido

Como será a volta ao escritório da Apple?

Quando pensamos em empresas de tecnologia, logo imaginamos inovação em todos os setores, até mesmo no modelo de trabalho. Sendo assim, o trabalho remoto já era utilizado por grandes organizações, antes mesmo da necessidade do isolamento social

No entanto, a Apple sempre foi mais conservadora nessa questão, exigindo a presença dos funcionários nos escritórios da empresa. Com a pandemia, isso teve que ser mudado e o trabalho em casa foi necessário.

A produtividade foi a mesma, mas algo não saiu como esperado. Depois de meses em home office exclusivo, o CEO da empresa, Tim Cook, enviou um comunicado convocando os trabalhadores a voltar para o escritório, pelo menos, 3 dias por semana, a partir de setembro.

A razão? O nível de inovação da Apple caiu consideravelmente, e a falta de interação explica esse fenômeno. Muitos dos insights e ideias surgem de conversas despretensiosas durante um cafezinho ou um rápido bate-papo no corredor.

Por mais que existam tecnologias que permitam uma comunicação rápida e de qualidade, a formalidade não permite essa troca de conteúdos tão importante. Por isso, há essa preocupação da Apple com o retorno ao escritório.

A nova política da organização permite que apenas funcionários aprovados possam trabalhar remotamente 2 dias por semana. Além disso, somente os colaboradores com condições médicas documentadas poderão fazer suas atividades de forma remota permanentemente.

Por que os funcionários da Apple estão pedindo demissão?

Embora a posição de viabilizar certa flexibilidade seja um avanço, visto que a Apple sempre foi resistente ao trabalho remoto, isso ainda não é o suficiente para a maioria dos colaboradores. Afinal de contas, adotar o trabalho híbrido pode ir além de oferecer a chance de trabalhar remotamente e em dias determinados somente para algumas pessoas.

Uma pesquisa interna feita por funcionários da empresa concluiu que quase 90% dos trabalhadores concordam totalmente com a afirmação “opções de trabalho com localização flexível são uma questão muito importante para mim”.

adotar o trabalho híbrido

Dessa maneira, a nova modalidade adotada pela Apple ainda é muito rígida para alguns trabalhadores e a empresa parece que não está disposta a ceder. Aliás, há relatos de que a organização está endurecendo a sua política até mesmo para os funcionários que podiam trabalhar em home office de forma integral.

Anteriormente, existiam exceções à regra e algumas equipes podiam trabalhar remotamente. Agora, parece que essa permissão está sendo negada. Dessa maneira, chegamos às razões pelas quais os funcionários da Apple estão pedindo demissão.

Sem um modelo de trabalho verdadeiramente flexível, não há outra opção para alguns colaboradores a não ser se desligarem da empresa.

Como as grandes empresas planejam a volta aos escritórios?

A pandemia do novo coronavírus e a necessidade do isolamento social revolucionou a sociedade nos mais diversos aspectos, e a forma de trabalho não foi  diferente. Empresas descobriram que trabalhar remotamente com alta produtividade é totalmente possível e traz diversos benefícios. Mas, como dissemos, nada substitui o contato presencial.

Sendo assim, a solução encontrada para o retorno aos escritórios foi adotar o trabalho híbrido. A seguir, mostramos as estratégias de algumas gigantes do mercado.

Amazon

O presidente e CEO da Amazon, Jeff Bezos, mostra que é possível voltar atrás nas decisões visando o bem-estar de seus funcionários. Em abril deste ano, ele disse que seus funcionários voltariam ao escritório em tempo integral ainda em setembro. 

Entretanto, preferiu flexibilizar um pouco a política e adotar o trabalho híbrido, permitindo que os seus funcionários trabalhem em casa 2 dias por semana. Assim como a Apple, a equipe de gerenciamento poderá aprovar ou não a solicitação de quem deseja trabalhar remotamente.

Microsoft

Ao contrário das empresas que citamos, a Microsoft pretende liberar o trabalho remoto em tempo parcial permanentemente, sem a necessidade de aprovação do gerente da equipe. Para isso, a organização cobrirá as despesas de home office para quem optar pela modalidade.

Em contrapartida, esses funcionários não terão um espaço próprio no escritório, mas poderão usar uma estação em ambiente comunitário disponível nas sedes da Microsoft. Em uma postagem no LinkedIn, o CEO da organização escreveu que o trabalho híbrido representa a maior mudança em como trabalhamos em nossa geração – e exigirá um novo modelo operacional, abrangendo pessoas, lugares e processos ”. 

Twitter

O Twitter sempre teve funcionários remotos, mesmo antes da pandemia. Portanto, adotar o trabalho híbrido não é uma novidade para a empresa. Recentemente, a companhia anunciou que seus colaboradores terão a liberdade para trabalhar em casa de forma definitiva, caso queiram. Veja um trecho do artigo publicado no blog da empresa em maio de 2020:

Estávamos em uma posição única para responder rapidamente e permitir que as pessoas trabalhassem em casa, dada a nossa ênfase na descentralização e no apoio a uma força de trabalho distribuída capaz de trabalhar em qualquer lugar. 

Os últimos meses provaram que podemos fazer esse trabalho. Portanto, se nossos funcionários estiverem em uma função e situação que lhes permita trabalhar em casa e quiserem continuar a fazê-lo para sempre, nós faremos isso acontecer. 

Caso contrário, nossos escritórios serão calorosos e acolhedores, com algumas precauções adicionais, quando acharmos que é seguro retornar.”

Como o BeerOrCoffee pode ajudar a sua empresa a adotar o trabalho híbrido?

Como você viu, adotar o trabalho híbrido faz parte do futuro dos escritórios das empresas que apostam no bem-estar dos funcionários para aumentar a produtividade. Se a sua intenção é aderir ao modelo, saiba que existem mais do que duas possibilidades de locais de trabalho, ou seja, é totalmente possível ir além do home office e da sede da empresa. 

O anywhere office, por exemplo, é um formato de trabalho que indica que a pessoa pode trabalhar em qualquer lugar. No entanto, sabemos que nem sempre o funcionário tem todos os recursos necessários para trabalhar, como bons equipamentos, internet de qualidade e ambiente favorável. 

Por essa razão, os coworkings aparecem como mais uma ótima solução. Nesses espaços, o colaborador tem tudo o que precisa para fazer suas atividades em um local que seja mais cômodo para a sua rotina. Incrível, não?

É aí que o BeerOrCoffee pode ajudar com a solução do OfficePass — uma assinatura de escritórios. Por meio desse serviço, sua empresa tem acesso ilimitado a centenas de escritórios espalhados por mais de 160 cidades do país.

Sabe o GymPass, em que você assina o serviço e pode frequentar qualquer academia parceira da empresa? O OfficePass funciona da mesma maneira, só que, em vez de treinar, serve para trabalhar. Além de ser mais vantajoso para seus colaboradores, ajuda a reduzir os custos da empresa com aluguel.

Neste post, você viu que a resistência da Apple em adotar o trabalho híbrido tem feito com que seus funcionários peçam demissão. Isso mostra que somente bons cargos e salários não são suficientes para reter talentos. É preciso ir além e oferecer bem-estar e qualidade de vida.

Quer conhecer mais sobre a BeerOrCoffee e as soluções que temos para a sua empresa? Aproveite que está por aqui, acesse o nosso site e fique por dentro!

Texto escrito exclusivamente para o BeerOrCoffee, por Renata Nogueira, produtora de conteúdo para a web e redatora.