Trabalho híbrido

3 coisas que ninguém diz sobre o trabalho remoto

Renato Ribeiro
Escrito por Renato Ribeiro em fevereiro 4, 2021
4 min de leitura
3 coisas que ninguém diz sobre o trabalho remoto
Junte-se a mais de 30 mil pessoas!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre o futuro do trabalho!

Em uma matéria publicada na Forbes, Rishi Khanna, empreendedor em série e CEO de alto crescimento na ENO8 e ISHIR, destacou três coisas que ninguém diz sobre o trabalho remoto.

Não há dúvidas de que executar as atividades remotamente ficou ainda mais em evidência em um mercado abruptamente acelerado pelo avanço das tecnologias e, especialmente, por conta da pandemia da Covid-19.

Milhares de empresas e profissionais, da noite para o dia, tiveram de lidar com comportamentos e ferramentas que não estavam acostumados. Neste post, trazemos as ideias de Rishi Khanna, que alertou sobre algumas questões do trabalho remoto. Confira!

1. A produtividade pode ser um desafio para quem não está acostumado com o trabalho remoto

Ser produtivo quando não há colegas ou gestores por perto pode ser um grande desafio. Khanna disse que, para a maioria das pessoas, estar longe da equipe faz com que o foco e a produtividade sejam consideravelmente diminuídos. Para ele, “apesar de todos os muitos pontos fortes do trabalho remoto, o desafio da produtividade definitivamente existe”.

No entanto, há muitas formas de fazer com que a produtividade não seja perdida. Com as novas regras de distanciamento social, por exemplo, os times naturalmente estão mais distribuídos. Com os devidos cuidados, as pessoas podem driblar o home office integral, indo a espaços de coworking, a cafés e até mesmo aos escritórios tradicionais.

2. A solidão pode ser um dos problemas do trabalho remoto

Khanna comentou que o trabalho remoto pode ser algo desafiador, a ponto de trazer solidão, para os profissionais mais expansivos e que adoram participar de reuniões e bate-papos com os colegas com regularidade. “Na verdade, 20% dos trabalhadores remotos admitiram que lutam contra a solidão e cerca de 60% dos adultos americanos já lutavam com algum grau de solidão antes da pandemia”, disse o empreendedor.

O lado bom é que o avanço das tecnologias permitiu que os colaboradores se aproximassem dos seus colegas. Ferramentas como Zoom, Google Meets e Microsoft Teams, além de outras como Notion, Tandem e Slack, ajudam a manter a solidão mais distante, uma vez que permitem uma comunicação direta e humana com os colegas da empresa.

Além disso, assim como acontece na questão da produtividade, a pessoa pode buscar por espaços de trabalho que tomam todos os cuidados contra a transmissão da Covid-19 nos espaços de trabalho. Convenhamos que as ferramentas de vídeoconferência são ótimas, mas nada substitui o calor humano.

coisas que ninguém diz sobre o trabalho remoto

3. No trabalho remoto, pode ser mais desafiador se desligar

Quando você trabalha remotamente, pode ser desafiador separar a vida pessoal da profissional, o que aumentem as chances de não conseguir se desligar. Para Rishi Khanna, “isso provavelmente ocorre porque o espaço de trabalho e o espaço de relaxamento se fundem, tornando difícil para nosso cérebro distinguir entre os dois”.

A partir desse contexto, o trabalho remoto pode trazer um sentimento de que a pessoa tem de estar sempre com a “mente ligada”. Para fugir disso, é importante que as pessoas definam momentos para o trabalho e para o lazer e o cuidado com a família.

“Criar esse horário de desligamento pode ser mais desafiador em um ambiente de trabalho remoto, quando muitas pessoas usam o mesmo espaço para trabalhar e descansar”, destacou Khanna.

Mais uma vez, uma ótima saída é buscar locais que foram especialmente projetados para o trabalho — desde que este tomem o máximo de cuidado com a saúde das pessoas, como já dissemos neste texto.

Conclusão sobre as coisas que ninguém diz sobre o trabalho remoto

A conclusão de todas essas ideias é de que o trabalho remoto é excelente, mas obviamente ele tem suas adversidades. Por isso, tudo leva a crer que o trabalho híbrido (que divide o trabalho entre, especialmente, home office, coworking e escritório tradicional) seja a melhor opção.

Com a possibilidade de frequentar vários espaços, os funcionários podem ter mais liberdade e flexibilidade para trabalhar com mais produtividade, com um sentimento de ser acolhido e com mais clareza em relação a separar o pessoal do profissional.

No vídeo abaixo, mostramos como funciona o OfficePass, uma solução que permite que a sua empresa tenha acesso a +1.000 escritórios, em 160 cidades do país, e as pessoas só pagam quando usar. Se você gostou deste texto e acha que ele é relevante para a sua companhia e seus colegas, compartilhe-o em suas redes sociais.