Saiba como fazer um brainstorm remotamente de maneira prática e eficaz

Quando se pratica a cultura do anywhere office (ou trabalho de qualquer lugar), muitos profissionais e gestores precisam aprender como fazer um brainstorm remotamente. São nessas trocas de ideias que muitos projetos criativos e inovadores são concretizados. Fazer isso é possível até mesmo no trabalho remoto, desde que se usem as ferramentas e metodologias corretas. 

Com o desenvolvimento de uma cultura voltada para o anywhere office, em que o trabalho não é realizado apenas na sede da empresa, mas também na casa do colaborador, em coworkings ou em qualquer outro espaço, novas necessidades surgem no meio empresarial. Uma delas é saber como fazer um brainstorm remotamente.

A prática do brainstorm é muito comum em empresas das mais diversas áreas. Publicitários, designers, arquitetos, engenheiros, jornalistas, advogados, relações-públicas e outros profissionais de segmentos variados precisam tomar decisões criativas no dia a dia. 

Muitas vezes é preciso explorar os pensamentos e compartilhar as ideias com os colegas para que se chegue à solução de um problema ou uma nova criação. Mas, quando a equipe não está ocupando um espaço físico, como fazer um brainstorm remotamente?

É isso que falaremos neste artigo! Se você está curioso em como praticar o brainstorm pela internet, é só seguir a leitura!

5 dicas sobre como fazer um brainstorm remotamente

Brainstorm é uma palavra de língua inglesa que significa “chuva de ideias”, quando traduzida para o português. Trata-se de uma metodologia muito eficiente para que pensamentos inovadores sejam desenvolvidos nos ambientes corporativos, ou seja, é uma atividade essencial para “pensar fora da caixa”.

Em uma rotina de trabalho remoto, praticar o brainstorm também é eficiente e até mesmo necessário, tendo em vista que os colaboradores se sentem motivados quando podem contribuir com a empresa ao apresentar as suas ideias. Logo, a prática também é eficiente para ter profissionais mais leais.

fazer brainstorm remotamente

Para que o brainstorm possa ser praticado a distância, listamos algumas dicas práticas. Confira!

1. Utilize ferramentas online que simulem um quadro branco

Ao praticar o brainstorm fisicamente, muitas empresas adotam o uso de um quadro branco ou até mesmo folhas de cartolina, em que todos podem escrever ou desenhar para expor as suas ideias. Ao migrar a atividade para o meio online, isso também é possível!

Existem diversas ferramentas digitais que simulam um quadro branco, como o Miro. Nesse aplicativo, os usuários podem arrastar e soltar, usar recursos de colaboração, anexar arquivos etc. Tudo de forma colaborativa, com todos da equipe podendo interagir.

Na prática, o uso de recursos como o Miro funciona da mesma forma que um quadro branco colocado em uma sala do escritório. Eles são ainda mais eficientes, tendo em vista que podem ser anexados arquivos, algo que não é possível na versão física da atividade.

2. Faça videochamadas para expor ideias

Para empresas que trabalham com foco nas ideias criativas, como é o caso de uma agência de publicidade, por exemplo, reunir o time para que todos conversem e possam expor as suas ideias de forma oral é essencial. Quando se pratica o trabalho remoto, no entanto, nem sempre é possível fazer isso presencialmente.

Logo, as videochamadas são uma boa alternativa para reunir o time, mesmo que cada membro esteja em um diferente espaço. Já comuns para as empresas que praticam o trabalho remoto ou home office, as chamadas por vídeo em grupo podem ser desenvolvidas por meio de aplicativos como o Zoom e o Google Meet.

Inclusive, algumas dessas ferramentas para chamadas de vídeo já dispõem de espaços que simulam um quadro branco, que são ideais para quem está buscando alternativas sobre como fazer um brainstorm remotamente.

3. Pratique o brainstorm de forma assíncrona

Se a sua equipe não tem tempo ou não pode se reunir no mesmo horário para praticar o brainstorm por videoconferência, uma boa alternativa é desenvolver a atividade de forma assíncrona (que não exige uma resposta imediata), ou seja, com cada um trabalhando no seu tempo.

Para isso, ferramentas de comunicação que não exigem a interação em tempo real, como é o caso do Slack, podem ser utilizadas. Nesse aplicativo, é possível criar canais específicos para a realização de um brainstorm.

Com todos os envolvidos no processo criativo participando de um mesmo grupo, cada pessoa pode escrever a sua ideia e receber comentários dos colegas, quando eles tiverem disponibilidade para responder.

O Slack também possibilita que sejam anexados arquivos de texto, áudios, vídeos, imagens, links etc.

4. Defina um tema para o brainstorm e se atenha a ele

Ao buscar soluções sobre como fazer um brainstorm remotamente, é preciso ficar atento a um problema que também é comum em encontros presenciais desse tipo: a fuga do tema do debate.

Como o brainstorm é uma atividade que explora a imaginação e a criatividade, é bastante comum que os participantes levem a conversa para outro rumo e acabem debatendo um assunto aleatório, que não é o problema que precisa ser resolvido. 

Logo, é importante que o brainstorm online tenha um mediador, que pode ser o líder da equipe. Essa pessoa deve ser a responsável por definir o tema do encontro e acompanhar as discussões, para garantir que a conversa siga uma linha e realmente traga soluções para uma questão em específico.

Caso o mediador perceba que a discussão está indo para outro rumo, ele precisa intervir e fazer com que a conversa volte para o tema principal. Isso precisa ser feito nos debates síncronos, ou seja, nas videoconferências, e também nos assíncronos, realizados no Slack (aqui vale observar que o Slack também pode ser síncrono, ou seja, que estabelece um diálogo imediato, em tempo real) ou ferramenta similar.

5. Garanta que as ideias sejam registradas

fazer brainstorm remotamente

É importante que as ideias levantadas em um brainstorm sejam todas registradas para que nada se perca e elas possam ser colocadas em prática, posteriormente. Afinal, esse é o grande objetivo da atividade.

Quando se utiliza uma ferramenta colaborativa assíncrona, como é o Slack em grande parte dos momentos da sua utilização, é mais fácil, tendo em vista que tudo fica lá registrado e pode ser consultado sempre que necessário.

Para as videoconferências, uma ideia interessante é confeccionar uma espécie de ata, tendo uma pessoa responsável por anotar todas as ideias apresentadas. Também é uma alternativa gravar o encontro para que o vídeo possa ser assistido mais tarde e as soluções recordadas.

Viu como fazer um brainstorm remotamente é possível? Com as dicas que apresentamos, encontrar soluções criativas para as demandas da sua empresa não será um obstáculo, mesmo que se esteja trabalhando remotamente.

Siga conosco e veja agora 8 dicas essenciais para criar uma cultura de inovação no ambiente de trabalho.


Texto de Lucas Flores – Relações Públicas e mestre em Letras, Cultura e Regionalidade. Desde 2013, trabalha com produção de conteúdo para web.

Facebook Comments
Saiba como fazer um brainstorm remotamente de maneira prática e eficaz

Pós-pandemia: veja quais são as melhores opções de espaços de trabalho para a sua empresa

Saiba como fazer um brainstorm remotamente de maneira prática e eficaz

Economia Colaborativa: como usar a tecnologia para gerar conexões?

Newer post