Distanciamento social em escritórios: o que está sendo feito para o pós-isolamento

O coronavírus tornou o mundo mais complexo. No caso dos espaços de trabalho, uma nova engenharia vem sendo desenhada, a fim de que o distanciamento social em escritórios seja o “novo normal”.

O BeerOrCoffee, por exemplo, fez uma parceria com a Sercon (uma empresa referência em Saúde e Segurança no Trabalho) para criar uma certificação que reduz os riscos de contaminação pelo novo coronavírus.

O material tem o objetivo de acompanhar a jornada dos profissionais e conter a transmissão da doença no trabalho. Para criar o documento, nos inspiramos em empresas como WeWork e Cushman & Wakefield.

Essas marcas estão dando grandes exemplos de distanciamento social em escritórios. Neste texto, mostramos como isso está sendo feito. Em seguida, destacamos como funciona a certificação do BeerOrCoffee. Acompanhe!

Como promover o distanciamento social em escritórios

Entre os objetivos de promover o distanciamento social em escritórios, destacamos que os gestores de espaços de trabalho deverão ter total atenção a algumas questões. Abaixo, destacamos:

  1. Os pontos de riscos de contaminação pelo coronavírus no escritório;
  2. A classificação dos riscos de acordo com o local de trabalho;
  3. As recomendações e as melhores práticas ao redor do mundo para reduzir os riscos de contrair a COVID-19;
  4. As práticas necessárias para adquirir um selo de “Escritório + Seguro”.

A WeWork, que é uma referência na indústria dos coworkings, por exemplo, criou diversos planos para implementar as medidas e tornar seus escritórios o mais seguros possíveis.

A empresa pretende tornar suas áreas menos cheias, mantendo uma distância segura entre as pessoas. A intenção é que o escritório retorne ao “novo normal” de uma maneira totalmente responsável.

Exemplo da WeWork

Na imagem abaixo, você pode ver o exemplo de uma área de lounge da WeWork. Os pontos representam os locais onde as pessoas podem se sentar, dentro das novas condições de distanciamento social e seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS)

distanciamento social em escritórios

Outro exemplo do “novo normal” em escritórios

Em outra reconfiguração (imagem abaixo) da WeWork, você pode perceber um exemplo de mesa, que agora está com recomendações para que as pessoas mantenham uma distância segura no dia a dia do trabalho.

Empresas aderindo ao distanciamento social em escritórios

Já a Cushman & Field, que é mais uma empresa de referência no setor imobiliário mundial, também está trabalhando diversas boas práticas para que os profissionais possam voltar aos espaços de trabalho com o mínimo de riscos de contaminação pela COVID-19. 

A empresa adotou o conceito de “The 6 Feet Office: Helping you Adjust to a New Normal” — em português, seria algo como “Escritório adepto ao distanciamento”, com o objetivo de se adaptar ao “novo normal”. 

Segundo uma publicação Cushman & Field, essa regra não desaparecerá tão cedo e, por isso, é essencial trabalhar dentro dessa diretriz para contribuir com a volta ao trabalho da forma mais consciente possível.

“Estamos aqui para ajudá-lo a se preparar para o retorno ao escritório. Estamos aqui para ajudá-lo a manter o distanciamento social enquanto cria um local de trabalho eficaz. Estamos aqui para ajudá-lo a adotar o novo normal”, diz um trecho da publicação da empresa. 

“6 Feet Office”

O conceito “6 Feet Office” consiste no conjunto de seis elementos (conforme a imagem logo abaixo), que destacamos a seguir:

  1. Análise do espaço de trabalho no que diz respeito à segurança quanto à presença do coronavírus;
  2. Estabelecimento de regras de comportamento para que todos trabalhem com o máximo de segurança possível;
  3. Um trabalho de peças visuais para manter o fluxo de pessoas no escritório o mais seguro possível;
  4. Ter as estações de trabalho adaptadas e equipadas para o “novo normal”
  5. Contar com um funcionário treinado que dê orientações para a instalação do “novo normal” no ambiente de trabalho;
  6. Certificação para garantir que um determinado espaço de trabalho foi inspecionado conforme as novas regras de segurança contra o vírus.

Para Jeroen Lakerse, gestor de operações da Cushman & Field na Holanda, o trabalho tem o objetivo de tornar o mundo um local mais seguro, a fim de que as pessoas possam voltar aos escritórios mais cedo com algum nível de tranquilidade.

“Acreditamos que um local de trabalho seguro e saudável esteja no centro do que vem a seguir nos negócios”, disse. Logo abaixo, mostramos uma imagem que a empresa criou como exemplo de um escritório que segue as normas contra a transmissão da COVID-19.

distanciamento social em escritórios

O BeerOrCoffee no distanciamento social em escritórios na pandemia

Como a maior plataforma de escritórios do país, o BeerOrCoffee também não está medindo esforços para a volta aos espaços de trabalho de maneira consciente. 

Conforme falamos no início deste texto, fizemos uma parceria com a Sercon (uma empresa referência em Saúde e Segurança no Trabalho) para criar uma certificação que reduz os riscos de contaminação pelo novo coronavírus.

Construímos o documento conforme as orientações de órgãos como a OMS, a ANAMT (Associação Nacional de Medicina do Trabalho), a OSHA (Occupational Safety and Health Administration), a CDC (Centers for Disease Control and Prevention) — NIOSH (National Institute for Occupational Safety and Health) e de empresas que são referência no setor imobiliário, como a Cushman & Wakefield e a WeWork.

Vale lembrar que as recomendações não são um incentivo para as pessoas deixarem de seguir as orientações médicas e as regras de quarentena estabelecidas em cada cidade ou estado.

Com esse trabalho, esperamos contribuir com a saúde e com a economia do nosso país e, por isso, convidamos todos os escritórios do Brasil para fazer parte de um movimento da volta ao trabalho com menos riscos e com o selo BeerOrCoffee e Sercon.

O que está sendo considerado

Dentro das nossas orientações, que são embasadas nos preceitos dos órgãos citados acima, classificamos os riscos e fizemos uma ou mais recomendações para diminuir a chance de transmissão da doença. A partir dessa perspectiva, foram consideradas as seguintes variáveis:

  1. Tempo de contato com um local ou objeto;
  2. Se o local ou objeto é de uso compartilhado ou individual;
  3. Tempo de vida do novo coronavírus de acordo com a superfície;
  4. Probabilidade do local ou objeto estar contaminado. 

Uma equação entre esses quatro fatores resultam no risco do local ou objeto que serão estudados ao longo do documento. 

Além disso, agrupamos os riscos de acordo com os cômodos dos escritórios para facilitar a execução das ações pela administração e pela limpeza dos espaços, assim como a visualização dos frequentadores desses escritórios.

Como obter a certificação de escritório mais seguro

Se você é dono de um escritório e quer contar com a nossa certificação, acesse nossa página para saber mais detalhes e fazer parte desse movimento da volta responsável aos espaços de trabalho.

Adote o distanciamento social em escritórios na pandemia e contribua com a retomada da economia do nosso país de uma forma prudente para evitar a disseminação do novo coronavírus.

Renato Ribeiro é Head de Marketing de Conteúdo no BeerOrCoffee.

Facebook Comments
Distanciamento social em escritórios: o que está sendo feito para o pós-isolamento

Garanta seu escritório no pós-isolamento: contrate agora e pague somente quando começar a usar

Distanciamento social em escritórios: o que está sendo feito para o pós-isolamento

Por que você deve pensar em um novo escritório durante a pandemia

Newer post