Como unir escalas inteligentes e o trabalho remoto

Quando pensamos em empresas que trabalham com escalas, sejam de revezamento ou não, logo vem a ideia de que precisamos alocar determinadas pessoas em um certo momento, em um certo local. O que não pensamos, é que esses colaboradores também podem fazer suas tarefas em modelo de trabalho remoto.

Neste período de pandemia, onde o trabalho remoto se tornou uma necessidade para muitas empresas, este questionamento ficou muito latente. Mas, isso seria realmente possível? É claro que sim! Por isso hoje, vamos falar um pouco sobre o trabalho remoto para empresas que trabalham com regime de escalas.

As escalas e o trabalho remoto

Como dissemos anteriormente, muitos têm na cabeça que empresas que trabalham em regime de escala de trabalho não conseguiriam trabalhar remotamente. Isso porque o conceito de que é necessário que as pessoas estejam em determinado local, ainda é muito forte.

Com os avanços constantes da tecnologia e da globalização, várias ferramentas foram criadas para que fosse possível trabalhar de qualquer lugar do planeta. Afinal, é possível conversar e enviar informações mesmo que estejamos distantes do emissor/receptor. Basta apenas ter os meios necessários.

É verdade que em vários seguimentos há inúmeras complicações para que pessoas possam trabalhar remotamente. São por exemplo, os casos de bombeiros, policiais, socorristas, motoristas, operadores de maquinários pesados, serviços que necessitam de acompanhamento constante, entre outros.   

Entretanto, existem aquelas áreas em que é possível sim, trabalhar de qualquer lugar, desde que o colaborador tenha o equipamento e estrutura necessários para realizar a função. É o caso das áreas de atendimento ao cliente, como call centers, service desk, suporte, vendas, que são capazes, com a estrutura adequada, fazer o seu trabalho de forma remota. 

Além disso, setores técnicos como Tecnologia da Informação e Engenharia de Dados, cujas funções demandem um fluxo de trabalho intermitente, também podem se adaptar a está prática. Mas, quais são os cuidados necessários para que o trabalho remoto dê certo?

trabalho remoto

Responsabilidades da empresa no trabalho remoto

Para que os profissionais consigam exercer seu trabalho é necessário que as empresas estejam atentas a vários detalhes. Abaixo citamos alguns pontos de atenção para que este processo ocorra da melhor forma possível.

Fortaleça a cultura

É necessário fortalecer a cultura da empresa. Uma mudança de ambiente de trabalho exige adaptações na comunicação organizacional para que as entregas e o ritmo de trabalho não sejam prejudicados. É preciso estar claro os papéis, e que os gestores não precisam se preocupar e acompanhar o serviço dos seus subordinados.

Fique atento à legislação

Apesar de trabalhar remotamente ser um grande avanço da sociedade e estar ganhando cada vez mais adeptos, é necessário que as empresas consultem as legislações vigentes sobre essa modalidade de trabalho.

Em 2017, a Lei 13.467 foi aprovada, fazendo mudanças na CLT e instituindo legalmente o trabalho remoto. Em 2020, por causa da pandemia do Covid-19 o Governo publicou a Medida Provisória 936, que flexibilizou algumas regras para que as empresas pudessem colocar seus colaboradores trabalhando remotamente, no período de crise da Covid-19.

Disponibilize os materiais necessários

É necessário que a empresa disponibilize tudo o que é necessário para que seu colaborador faça um bom trabalho. Isso vai desde materiais de escritório, como papel e caneta, até as tecnologias, acessos à sistemas e móveis (se necessário). É importante que o colaborador tenha um bom local de trabalho, que seja apropriado para que ele seja produtivo e não impacte sua saúde.

Tenha canais de comunicação fáceis

A diferença de estar trabalhando em uma sede e remotamente se vê muito grande quando falamos de comunicação. Você não pode simplesmente levantar e ir até na mesa do colega para falar algumas coisas ou colocar avisos em paredes para que todos vejam.

Procure softwares que vão facilitar e agilizar a comunicação entre equipes. Existem sistemas online com o qual equipes conseguem conversar facilmente em tempo real. Para as empresas que trabalham em regime de escala, existem softwares para fazer a gestão das escalas de trabalho de forma online, facilitando para que os gestores façam as escalas e os colaboradores possam vê-las. 

Saiba se o colaborador deseja trabalhar remotamente

O trabalho remoto é algo que muitos colaboradores desejam, isso é uma verdade. Porém, existem aqueles que não possuem perfil e não se sentem confortáveis trabalhando de casa. Antes de tomar a decisão, pergunte aos seus colaboradores se eles possuem um ambiente para fazer o trabalho remoto e se eles desejam mudar para essa modalidade de trabalho. O bem estar de cada pessoa influi diretamente na sua produtividade.

Responsabilidades do colaborador no trabalho remoto

Assim como as empresas têm deveres a cumprir para que o trabalho remoto dê certo, os colaboradores também tem as suas responsabilidades, que vai muito além de fazer suas atividades de trabalho. Por que além? Porque trabalhar de home office requer muito comprometimento, concentração e organização.

trabalho remoto

Transformar seu ambiente de descanso e lazer em um ambiente de trabalho não é uma tarefa nada fácil. As distrações podem ter um impacto grande durante o dia a dia e ser difícil perceber os efeitos na produtividade.

Seja sincero com seus superiores

É de extrema importância que você seja sincero com seus superiores, com relação ao trabalho remoto. Diga sobre suas expectativas e receios, converse sobre o local em que você faria esse trabalho e se esse local possui alguma empecilho ou não, para que você faça um bom trabalho e não sofra consequências indesejáveis no futuro.

Não é porque você está de home office que pode trabalhar a qualquer momento

É cada vez mais comum que as pessoas se tornem workaholic, termo que se referencia àqueles que são viciados em trabalho. Ou seja, existem muitas pessoas que se perdem em relação ao volume de trabalho e acabam não respeitando os horários da mesma forma feita em um escritório. 

Além disso, não é porque o colaborador não vai estar em um mesmo lugar que seus superiores que ele pode fazer fazer os processos da maneira que bem entender, é preciso seguir as normas e diretriz para que o trabalho se mantenha efetivo.

Por isso, é necessário que você tenha bem definido e organizado o tempo em que irá dedicar ao trabalho e o seu tempo livre. É essencial manter um equilíbrio saudável entre as duas coisas, principalmente quando você está realizando as duas no mesmo local. 

É importante lembrar que caso a sua casa não seja uma opção válida, existem co-workings (lugares de trabalho compartilhado), que podem ser utilizados. Empresas como a Beer or Coffee facilitam a locação de assentos para trabalho e a sua movimentação entre os diversos co-workings existentes.

Conclusão

Fazer home office é algo que vários setores e empresas podem realizar e com sucesso. Apenas é necessário ficar atento às necessidades e responsabilidades de cada um, sejam colaboradores ou empresas. Comunicação é a chave de todo trabalho, então sempre mantenha um bom diálogo e esteja aberto para melhorias.


Este texto foi escrito pela equipe da Revex, uma startup que oferece soluções completas para a Gestão da Força de Trabalho.

Facebook Comments
Como unir escalas inteligentes e o trabalho remoto

Trabalho remoto e home office: quais as principais diferenças e que modelo escolher para minha empresa

Como unir escalas inteligentes e o trabalho remoto

Veja 7 vídeo tours para conhecer e encontrar seu escritório sem sair de casa

Newer post