Trabalho remoto e home office: quais as principais diferenças?

Inevitavelmente, em motivo da atual situação de quarentena e distanciamento social, muito se fala no home office e trabalho remoto. Diversas empresas e profissionais que nunca haviam aplicado o modelo de trabalho em casa estão adaptando suas rotinas para garantir segurança e saúde neste momento. Há muitas vantagens, como a praticidade, flexibilidade e equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Mas também desafios, como a dificuldade de concentração, falta de rotina e solidão.

Mas então, será que existe um equilíbrio entre os benefícios do home office e as vantagens do escritório tradicional? Bom, nós acreditamos que sim. O BeerOrCoffee nasceu como uma empresa 100% remota. Ou seja, trabalhamos e forma remota desde o primeiro dia. E acreditamos que o trabalho remoto seja realmente a melhor forma de trabalho.

Neste post vamos falar sobre as principais diferenças entre o home office e o trabalho remoto — ou anywhere office, como gostamos de chamar. Você vai se impressionar com a liberdade e flexibilidade que podem ser proporcionadas à sua empresa e equipe quando esse modelo é aplicado. Vamos lá?

1. O local de trabalho

O home office, obviamente, consiste em trabalhar em casa. O profissional pode criar um ambiente específico, com uma estrutura adaptada de escritório, ou apenas adaptar o ambiente da sala ou quarto para trabalhar dali. O ideal é sempre que haja um espaço separado. Ou seja, nunca trabalhe do sofá, da cama ou fique alternando entre um e outro. Mesmo que você aproveite a mesa de jantar, por exemplo, escolha um lugar específico dela.

Já o trabalho remoto em seu sentido mais amplo engloba diversas possibilidades. Isso significa que você pode escolher trabalhar em casa quando precisar, em um espaço de coworking ou no escritório sede da sua empresa. A sua escolha dependerá da sua rotina do dia, das suas reuniões e do que será mais conveniente e produtivo naquele momento. Abaixo, Roberta Vasconcellos, CEO do BeerOrCoffee fala sobre o modelo híbrido de trabalho:

2. A estrutura do espaço de trabalho

Trabalhar em casa em alguns dias isolados pode até ser confortável. Mas ficar todos os dias em home office acaba se tornando um problema quando você não possui a estrutura adequada. Isso porque os escritórios são pensados por engenheiros, arquitetos e até médicos do trabalho com o intuito de garantir um ambiente ergonomicamente correto, com uma boa iluminação e móveis confortáveis.

Essa é uma das grandes diferenças entre o home office e o trabalho remoto. Empresas que optam pelo anywhere office possibilitam que seus colaboradores optem pelo conforto e estrutura proporcionados pelos escritórios de coworking, por exemplo. E não só isso, lá eles possuem acesso a internet de alta velocidade, estrutura de banheiros limpos constantemente, água, café, chá, impressão e muito mais!

3. A convivência com os colegas

Ao contrário do modelo de atuação em home office, em que os colaboradores ficam separados, cada um em sua casa, com o trabalho remoto as pessoas têm oportunidade de se encontrar. Esse é um ponto muito importante, porque profissionais que ficam sempre em casa, isolados de outros colegas, tendem a sentir-se solitários. Em alguns casos isso pode levar a quadros de depressão ou ansiedade.

Se sua equipe trabalha remotamente ou de maneira híbrida, é possível agendar encontros presenciais em coworkings de maneira periódica. E até mesmo na sede da empresa, que pode ser em um prédio comercial ou dentro de redes de escritórios flexíveis. Caso um de seus funcionários esteja em uma cidade em que não há mais ninguém da empresa, ainda assim ele pode frequentar um espaço compartilhado e desfrutar da convivência com diversas pessoas — e ainda com o benefício do networking!

home office e trabalho remoto

4. Ambiente propício para a concentração

Talvez você more sozinho em um bairro tranquilo e consiga mergulhar de cabeça na concentração para fazer todas suas tarefas do trabalho. Ou talvez more com seu marido, dois filhos, um gato, um cachorro e com uma obra bem em frente ao apartamento — ou esteja no meio termo entre essas duas situações.

Seja como for, em casa a possibilidade de haver distrações é muito maior dependendo do dia. Existem dias em que você precisará fazer tarefas domésticas, ou que o encanador estará consertando um vazamento, são inúmeras as situações possíveis.

Trabalhar remotamente significa que quando você precisar (ou quiser) ficar em casa por algum motivo, você pode. Mas que quando for necessário ir ao escritório, realizar reuniões externas, se concentrar e contar com um ambiente mais profissional, você também terá acesso a essa estrutura.

Se você gostou desse post, mas ainda quer saber mais, assista ao vídeo abaixo, em que nosso embaixador, André Pannos, explica ainda mais sobre as diferenças entre home office e trabalho remoto dando os exemplos de cafeterias e coworkings:

O futuro é híbrido

Como dissemos ao longo deste post, agora ainda é o momento de ficar em casa. Mas esperamos que em breve possamos retomar algumas de nossas atividades rotineiras. Levando em consideração todos os cuidados necessários de segurança e saúde no trabalho, cada vez mais empresas e profissionais optarão pelo modelo híbrido de trabalho. O que isso significa? Significa que o trabalho remoto, antes uma realidade ainda distante para muitos, está cada vez mais próximo.

Para acompanhar nossas constantes atualizações sobre o assunto, siga o BeerOrCoffee nas redes sociais (Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn) e inscreva-se na nossa newsletter. Sabemos que muita coisa vai mudar, mas podemos construir um futuro ainda melhor do que aquele que imaginávamos, não é mesmo?

Facebook Comments
Trabalho remoto e home office: quais as principais diferenças?

6 ideias para reduzir custos na empresa durante a crise do coronavírus

Trabalho remoto e home office: quais as principais diferenças?

Como unir escalas inteligentes e o trabalho remoto

Newer post