Para se destacar no mercado: entenda a gestão da força de trabalho do futuro

É muito comum vermos pessoas falando sobre o futuro do trabalho. Umas profissões vão desaparecer, outras serão criadas, robôs vão se tornar mais inteligentes e por aí vai. O que não vemos ninguém se perguntando é: como será feita a gestão da força de trabalho do futuro?

A força de trabalho como conhecemos vai mudar, isso é inegável. Nossos avanços tecnológicos cada vez mais rápidos conseguem proporcionar grandes mudanças em espaços de tempo cada vez menores.

Neste texto, vamos falar um pouco sobre o futuro do trabalho, da força de trabalho em si (nós pessoas e também as máquinas) e como acreditamos que essas coisas evoluirão de acordo com o tempo. Acompanhe!

O futuro do trabalho

Quando você escuta essas palavras, o que vem na sua cabeça? Robôs superando os seres humanos e a sociedade entrando em colapso porque nenhum humano consegue um emprego?

Se você imagina isso, saiba que essa visão está bem longe de ser verdade. As máquinas realmente alcançarão a capacidade de processamento de um ser humano, mas elas nunca terão nossa criatividade, nossas emoções e a nossa subjetividade. Garanto que nós não seremos substituídos, seremos realocados no máximo.

força de trabalho do futuro

Pensando que máquinas vão assumir tarefas operacionais e repetitivas, as soft skills têm se tornado cada vez mais importantes. São habilidades como empatia, comunicação, inteligência emocional e por aí vai.

O trabalho está assumindo modelos mais flexíveis à medida que o mercado entra cada vez mais na era digital. Isso significa que decisões estão sendo cada vez mais embasadas no uso de Big Data, pessoas têm trabalhado de casa para empresas em outros países (ou até mesmo no mesmo país ou na mesma cidade).

Um estudo da Robert Half cita 5 tendências para o futuro do trabalho:

  • Negócios disruptivos;
  • Robotização;
  • Digitalização;
  • Fluidez do ambiente de trabalho;
  • Modelos flexíveis de trabalho.

Já a Forbes, em outro estudo, fala sobre 3 tendências:

  • A força de trabalho será transformada;
  • Os empregos vão mudar;
  • Haverá uma nova demanda profissional.

E o que cada uma dessas coisas significa? Eu vou fazer um breve resumo para você.

A força de trabalho será transformada

Em 2013, dois caras nos Estados Unidos conduziram um estudo que mostrava que 47% dos norte americanos tinham empregos que corriam risco de serem extintos por conta de automações.

A McKinsey também conduziu estudos e descobriu que a China é o país com o maior número de trabalhadores que correm esse risco. Além disso, com o aumento do número de idosos no mundo, a demanda por profissionais da saúde vai aumentar muito em todos os países.

força de trabalho do futuro

Os empregos vão mudar

Características como criatividade, complexidade, destreza, empatia e compaixão garantem que os humanos não serão completamente substituídos por máquinas. 

Acredita-se num trabalho híbrido, com um humanos sendo auxiliados por máquinas (já temos bastante disso hoje em dia, mas acredita-se que isso alcançará um patamar mais robusto. 

Seremos muito auxiliados por Inteligências Artificiais e teremos processos manuais sendo automatizados, para que possamos desempenhar papéis mais estratégicos. 

Estima-se que algo em torno de 60 e 375 milhões de vagas da força de trabalho de 2030 estarão em novas ocupações.

Haverá uma nova demanda profissional

Essa nova demanda profissional está relacionada à empreendimentos, freelances e trabalhos temporários. Essas modalidades já cresceram muito, mas estima-se que isso continuará a crescer.

Isso não é de todo ruim, visto que o empreendedorismo é muito benéfico para o mercado como um todo, pois traz empresas novas com ideias inovadoras e que querem competir com as grandes e estabelecidas do mercado.

Você concorda com essas tendências?

O futuro da gestão

Agora que falamos sobre o futuro do trabalho, é hora de falar sobre o futuro da Gestão em si. Vem comigo!

A digitalização das empresas traz grandes mudanças com ela. Você pode não acreditar, mas muitas empresas ainda estão “relutantes” em aderir a soluções digitais para problemas enfrentados no dia-a-dia. 

Muitas empresas (e as pessoas que trabalham nelas) já se acostumaram com a forma que os processos são feitos e, na grande parte das vezes, acham que mudanças são desnecessárias. Esse pensamento é extremamente retrógrado e será motivo de prejuízo para muitos negócios. 

Falo isso pois muitos gestores e gestoras ainda estão presos a trabalhos e processos muito manuais e operacionais, e isso não é benéfico. Uma pessoa responsável por qualquer tipo de gestão deve dedicar a maior parte do seu tempo em tarefas que são realmente estratégicas para a empresa.

Com a digitalização e automatização de processos e trabalhos, isso se torna cada vez mais possível.

Como gerir uma força de trabalho do futuro?

E enfim, nos resta essa pergunta. Agora que já vimos como o trabalho vai mudar e também como a gestão vai mudar, é hora de conversarmos sobre como gerir essa força de trabalho do futuro.

Pode parecer simples agora que você já leu boa parte deste texto, mas é sempre bom reforçar/revisar. Para fazer uma boa gestão da força de trabalho é necessário:

Preparar sua empresa para formas mais flexíveis de trabalho

É importante se preocupar com esse tema. Colaboradores trabalhando de Home Office serão muito mais comuns com o passar do tempo, e a forma de gestão destes colaboradores é muito diferente da forma de gestão tradicional.

Estude como sua empresa pode evoluir em relação a essas formas flexíveis, elas podem ser extremamente benéficas para sua empresa e para os colaboradores, por exemplo, eu estou escrevendo este texto enquanto faço home office (fazemos home office algumas vezes na Revex)

Costumo dizer que o engajamento da sua força de trabalho será cada vez mais importante. Você já parou para medir e analisar isso na sua empresa?

Automatizar processos e trabalhos muito manuais

Atividades e processos manuais é essencial para que os colaboradores e gestores da empresa possam realizar trabalhos realmente estratégicos e importantes.

Por que um gestor deveria perder algumas horas cruzando informações obtidas através de softwares variados se ele pode obter uma ferramenta que fará isso pra ele em segundos?

Por que uma pessoa do RH deveria perder dias do seu trabalho fazendo escalas de trabalho se ele pode obter uma ferramenta que faz a melhor escala, em poucos segundos e 100% dentro da Lei?

Por que você deveria sofrer tentando prever a sua demanda de algum determinado período se você pode obter uma ferramenta que usa algoritmos inteligentes para fazer isso com extrema precisão para você?

Essas perguntas servem para estimular você a pensar na automatização de processos e tarefas. Essa prática é extremamente positiva.

Lembre-se que automatizar processos custa dinheiro, mas economiza muito tempo das pessoas. Além disso, sempre dizemos que tempo é dinheiro, não é mesmo? Então em teoria, automatizar processos custa dinheiro para economizar dinheiro.

Digitalizar a empresa

A digitalização das empresas e do mundo é uma evolução inegável e inevitável. Muitas pessoas acreditam que a digitalização é uma “revolução” ou uma “modinha” e que isso vai passar. 

Acredito que, na verdade, ela seja uma evolução. Isso significa que ela é algo natural, que todos deverão passar e, no final das contas, as empresas que não quiserem evoluir irão “morrer”.

Uma empresa se tornar digital não é só passar a ter um website, ter redes sociais, enviar emails para clientes e utilizar softwares para tarefas. É muito mais do que isso.

A digitalização de uma empresa também envolve uma mudança de mentalidade, ou como muitos gostam de dizer: uma mudança de mindset. Essa mentalidade envolve ser muito orientado a dados, sempre querer otimizar as coisas, ter uma comunicação rápida e efetiva, diminuir burocracias, valorizar a inovação e por aí vai.

Garanta que sua empresa tenha essa mentalidade e ela estará no caminho para o futuro.

Gostou do texto? Confira mais Gestão da Força de Trabalho e Gestão de Escalas de Trabalho!


Guest post escrito por Gustavo Mota, analista de marketing na Revex, empresa que oferece soluções de WFM e WFO para ajudar empresas a obterem melhores resultados e terem um diferencial competitivo.

Facebook Comments
Para se destacar no mercado: entenda a gestão da força de trabalho do futuro

20 frases sobre coworking e trabalho remoto para te motivar

Para se destacar no mercado: entenda a gestão da força de trabalho do futuro

Por que um espaço de trabalho criativo é essencial para o crescimento das empresas

Newer post