Sustentabilidade na empresa: como adotar medidas eficazes

Sustentabilidade na empresa é um tema importante que vem sendo debatido fortemente dentro das organizações. Apesar disso, muitas vezes essa discussão é levantada apenas porque o assunto está em evidência. Infelizmente, a maioria das pessoas ainda não percebe o real papel do desenvolvimento sustentável de um negócio.

Criar uma empresa sustentável envolve transformar toda cadeia de produção. Esse processo tem particularidades como o fornecimento de materiais ao design do produto, as operações, as vendas, o marketing e até o gerenciamento do fim da vida útil do produto.

Medidas eficazes de sustentabilidade podem proporcionar economia para a empresa — além de todas outras vantagens que falamos neste texto. Acompanhe!

Afinal, o que é sustentabilidade?

Sustentável significa que algo pode continuar a ser usado como recurso, sem esgotar-se. Segundo WWF, “a definição mais aceita para desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações”. 

Sustentabilidade na empresa

Empresa sustentável, portanto, é uma organização que pode antecipar e atender às necessidades das gerações presentes e futuras de clientes e partes interessadas. Assim, cria e inova em relação a estratégias e atividades organizacionais que aceleram mudanças sociais positivas, protegem e preservam a integridade ambiental, além de melhorar o desempenho dos negócios. 

Por que se tornar uma empresa sustentável ou adotar medidas nesse sentido?

As empresas sempre se concentraram no desempenho financeiro e na excelência operacional. No entanto, muitas organizações, agora, estão se esforçando para manter um padrão ainda mais alto — e ele gira em torno da sustentabilidade. 

Negócio sustentável é aquele que gera lucro e melhora as condições sociais e ambientais. Isso inclui o que você faz (seu produto ou serviço) e também como faz (a maneira como você opera). As seguintes áreas-chave são as cinco principais abordadas pela maioria das empresas:

  • Energia;
  • Desperdício;
  • Local de trabalho;
  • Transporte;
  • Compras.

Quais ações podem ser tomadas para adotar a sustentabilidade na empresa?

A sustentabilidade muitas vezes é confundida com reciclagem. Este é, sim, um braço importante da gestão sustentável, mas não o único. Conforme dissemos, ações econômicas, sociais e ambientais juntas integram um projeto nesse sentido. Abaixo, mostramos quatro ações simples que podem ser aplicadas nas empresas para atingir esse objetivo.

1. Abolir o uso do plástico

Nos últimos anos, a preocupação com o descarte de materiais plásticos ganhou visibilidade nas redes sociais.

Pessoas ao redor do mundo começaram a evitar canudos, copos, sacolas e garrafas plásticas. Em vez deles, passaram a optar por substitutos reutilizáveis.

Na empresa, o primeiro passo pode ser eliminar copos plásticos e outros materiais descartáveis. Investir em copos, canecas, talheres, pratos e garrafas de vidro, alumínio e porcelana, por exemplo, além de contribuir com o meio ambiente, também pode ajudar no branding. 

Por isso, uma boa ideia é distribuir brindes personalizados aos colaboradores e clientes, como canudos de vidro e copos portáteis (como este, da Menos1lixo, que você pode personalizar com sua marca).

Copo reutilizável Menos1Lixo (Reprodução)

2. Separar materiais recicláveis

Reciclar ainda é uma parte importante da sustentabilidade na empresa. Afinal, o lixo que produzimos vai parar nos aterros e acaba poluindo o solo e as águas.

Ao comprar produtos embalados com materiais reciclados e depois optar por reciclar, reutilizar ou compostar o máximo de lixo possível, os cidadãos podem adotar uma abordagem proativa para reduzir o desperdício.

Nesse sentido, vale a pergunta: existe algo mais fácil do que ter lixeiras separadas para cada tipo de material? O lixo orgânico pode até ser usado em uma composteira para se transformar em adubo para as plantas do escritório. Enquanto latas, vidros e plásticos podem ganhar uma nova vida em usinas de reciclagem ou até nas mãos de artistas de rua.

3. Colaborar com iniciativas sociais

Saber como sua empresa atua na sociedade e pode gerar um retorno cultural e econômico é essencial. Essa área leva em consideração a maneira como uma empresa afeta não apenas funcionários, mas fornecedores, clientes e a comunidade local — o que inclui os impactos positivos e negativos.

Se o seu negócio depende da exploração de recursos naturais em pequenas cidades, por exemplo, é interessante investir em projetos educacionais e profissionalizantes para crianças e jovens. Além disso, é possível unir-se às prefeituras e gerar iniciativas de melhorias na infraestrutura e na saúde, por exemplo.

sustentabilidade na empresa

4. Unir forças com outras empresas

Aproveitar as atividades e o conhecimento de organizações parecidas com a sua também é uma atitude sustentável. Parcerias que envolvem o melhor aproveitamento de recursos e o desenvolvimento econômico de determinadas áreas são benéficas tanto para os negócios envolvidos quanto para a comunidade local e até para a economia do país.

Para se inspirar: empresas que adotam medidas sustentáveis

No Brasil e no mundo temos diversos exemplos de grandes companhias que concentram seus esforços em adotar medidas sustentáveis — ambientais, econômicas e sociais. Veja, abaixo, quatro exemplos.

1. Algar Telecom

A Algar é uma empresa de telecomunicações que nasceu em 1954 como provedora de serviços de telefonia fixa em Minas Gerais. Hoje, conta com soluções completas de Tecnologia da Informação e Comunicação. Presente em treze estados brasileiros, já possui mais de 1,4 milhão de clientes. 

A organização abraça a sustentabilidade das mais diversas formas, desde a coleta seletiva em seus escritórios até a conscientização e participação em projetos sociais. Além disso, investem sempre em parcerias e processos de co-criação, elaborando espaços comunitários para o desenvolvimento de novas ideias.

No relatório de sustentabilidade publicado pela empresa, vemos que a tecnologia está pr

A Algar Telecom é uma empresa de telecomunicações e TI que nasceu em 1954 como provedora de serviços de telefonia fixa em Minas Gerais. Hoje, conta com soluções completas de Tecnologia da Informação e Comunicação. Presente em  16 estados brasileiros e distrito federal, já possui mais de 1,4 milhão de clientes. 

A organização abraça a sustentabilidade das mais diversas formas, desde a coleta seletiva em seus escritórios, a  conscientização e participação em projetos sociais e na utilização de energias renováveis. Além disso, investem sempre em parcerias e processos de co-criação, elaborando espaços comunitários para o desenvolvimento de novas ideias.

No relatório de sustentabilidade publicado pela empresa, vemos que a tecnologia está presente diariamente nos processos da Algar Telecom, sempre com o objetivo de otimizar as operações e trazer benefícios para o meio ambiente e a comunidade.

sustentabilidade na empresa

Além dos avanços em tecnologia e inovação para proporcionar a melhor experiência aos nossos clientes, a sustentabilidade também norteia as operações. Nesse sentido, fomos campeões no Guia Exame de Sustentabilidade, pelo  sétimo ano consecutivo, evidenciando que a abordagem que damos à sustentabilidade tem sido efetiva.”.

Leia o relatório completo aqui.

2. Natura

A Natura, companhia de cosméticos e produtos corporais em geral, já é altamente reconhecida por sua atuação em prol do meio ambiente e responsabilidade social. É uma empresa que busca  além de reduzir e mitigar os efeitos de suas atividades, também promover o bem social, ambiental, econômico e cultural. 

Buscamos aprimorar uma visão integrada dos efeitos dos nossos negócios, que inclui a gestão dos recursos ambientais, o potencial da sociobiodiversidade, a manutenção da floresta em pé, a promoção de impacto social, o poder da nossa imensa rede de relações e a mobilização de uma cultura habilitadora da mudança”.

Relatório anual Natura 2018.

3. Unilever

A Unilever é uma multinacional com mais de 400 marcas presentes no mundo inteiro. Os produtos vão desde alimentos e bebidas até produtos de limpeza e de higiene pessoal. Como é de se imaginar, a produção em cadeia é enorme, mas a companhia investe em medidas com foco em saúde e bem-estar. Ela também se preocupa com o desperdício de água e tem lutado pela redução das embalagens. Recentemente sua marca vegana de cosméticos (Love, Beauty and Planet) também chegou ao Brasil.

A Comissão de Negócios e Desenvolvimento Sustentável, co-fundada pela Unilever, concluiu que a entrega bem-sucedida dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) — que buscam enfrentar 17 dos desafios mais urgentes do mundo — criará oportunidades de mercado de pelo menos US$ 12 trilhões por ano.

O Plano de Vida Sustentável da Unilever (USLP) é o nosso plano detalhado para alcançar um crescimento sustentável, enquanto cumprimos nosso objetivo. Ele abrange todos os aspectos de nossos negócios e cadeia de valor, incorpora todas as nossas marcas e divisões e abrange todos os países em que trabalhamos.”. 

Plano de vida sustentável da Unilever.

4. Amazon

A Amazon.com Inc. é uma empresa transnacional de tecnologia dos Estados Unidos que foca em comércio eletrônico, computação em nuvem, streaming digital e inteligência artificial — classificada como a terceira marca mais valiosa do mundo pela Interbrand. Em 2015, a Amazon Web Services (AWS), divisão da Amazon.com, especializada em serviços de internet, fechou uma parceria para a construção e operação de uma usina de energia solar no estado da Virgínia, nos Estados Unidos. Depois disso, diversos outros projetos de energia renovável foram iniciados pela empresa.

sustentabilidade na empresa

Em 2018, a AWS ultrapassou 50% de uso de energia renovável. Além dos projetos de energia renovável abaixo (aqui), a AWS anunciou quatro novas fazendas de energia eólica e uma nova fazenda de energia solar. Esses projetos (dois na Irlanda, um na Suécia e dois nos Estados Unidos) gerarão um total de mais de 297 megawatts (MW), com previsão de geração de mais de 830.000 megawatts-hora (MWh) de energia renovável por ano.

Adotar a sustentabilidade na empresa não é mais uma opção, mas uma necessidade. Se você ainda está com dúvidas nesse processo, busque se informar e veja quais as melhores ações que podem ser tomadas dentro do seu negócio. 

Nesse sentido, optar por espaços compartilhados, como escritórios coworking, também é uma estratégia eficiente para reduzir os desperdícios. Entenda mais esses locais e quais seus principais benefícios para as empresas e seus colaboradores.

Mariana Mendes é jornalista do BeerOrCoffee e apaixonada por escrever sobre marketing e futuro do trabalho.

Facebook Comments
Sustentabilidade na empresa: como adotar medidas eficazes

Scaleups: a chave para um bom relacionamento entre os fundadores

Sustentabilidade na empresa: como adotar medidas eficazes

Scaleups: como encontrar um novo escritório quando o negócio cresce

Newer post