Como melhorar a produtividade da equipe nos escritórios compartilhados

Melhorar a produtividade da equipe é um desafio para as empresas contemporâneas, uma vez que vivemos em um cenário em que as tentações para procrastinação nos cercam. A internet e as redes sociais estão ao nosso lado, com milhões de conteúdos de entretenimento pedindo para serem acessados.

Se antigamente quem procrastinava era sempre visto na cozinha ou parado em frente à máquina de café e era facilmente identificado pelo chefe, hoje em dia isso é diferente. Afinal, ninguém sabe o que se passa nas telas dos computadores de cada colaborador.

É por isso que melhorar a produtividade da equipe é um desafio e alternativas criativas precisam ser testadas. Uma delas é trabalhar em escritórios compartilhados.

Continue conosco e entenda o porquê de os escritórios compartilhados serem uma excelente maneira para melhorar a produtividade dos colaboradores de uma empresa.

Trabalho colaborativo

Sabe aquele ditado que diz que “duas cabeças pensam melhor do que só uma”? Ele se encaixa muito bem na cultura dos escritórios compartilhados, que têm a colaboração como uma palavra-chave.

melhorar a produtividade da equipe

Para você ter uma ideia, uma renomada empresa internacional de coworkings fez uma pesquisa com os seus usuários. No relatório do estudo é apontado que 26,4% dos entrevistados vê no trabalho colaborativo um dos grandes diferenciais dos escritórios compartilhados.

As pessoas que trabalham em escritórios compartilhados têm o hábito de ajudar umas às outras. Se o seu computador parar de funcionar do nada, por exemplo, e algum colega especialista em informática estiver trabalhando no mesmo local, é bem provável que ele vai ajudar  você a resolver esse problema rapidamente.

Promover o trabalho colaborativo é uma excelente maneira de melhorar a produtividade da equipe. A estrutura dos coworkings é aberta para isso, de modo que os resultados são muito mais eficientes do que nas empresas tradicionais.

Controle dos horários

O dito “horário comercial” está com os dias contados! O futuro do trabalho prevê que cada vez mais os funcionários sejam cobrados por produtividade e não pela quantidade de horas que passam dentro da empresa. Por isso, não importa se ele trabalha à noite, de madrugada ou durante o dia, por exemplo.

Um estudo divulgado no portal Business.com aponta que 74% dos frequentadores de escritórios compartilhados são mais produtivos do que os que executam as suas atividades em empresas tradicionais. Uma das razões para isso é a flexibilidade de horários.

Existem coworkings que funcionam 24 horas por dia, de modo que os trabalhadores podem escolher os horários que mais gostam para trabalhar. Uma pessoa que tem mais foco de madrugada será mais produtiva se tiver a liberdade para escolher esse turno para executar as suas atividades.

Logo, podemos concluir que é possível melhorar a produtividade da equipe nos escritórios compartilhados, pelo fato de esses ambientes proporcionarem a flexibilidade de horários.

Infraestrutura adequada

De acordo com uma reportagem do Uol, um trabalhador brasileiro leva cerca de uma hora para realizar a mesma atividade que um norte-americano faz em 15 minutos. Uma das explicações para isso está na infraestrutura das empresas.

Muitas vezes as companhias não dispõem de equipamentos modernos para a realização do trabalho e isso acaba prejudicando o trabalho como um todo. Se a organização não tiver uma boa infraestrutura de áudio e vídeo para fazer videoconferências, por exemplo, as reuniões presenciais podem ser mais constantes, gerando atrasos no andamento das atividades.

Os escritórios compartilhados também contribuem para melhorar a produtividade da equipe, nesse sentido. Os espaços geralmente contam com uma infraestrutura moderna para fazer reuniões online.

Além disso, também contam com salas privativas para encontros presenciais, tudo muito funcional. Essa facilidade em executar as atividades contribui para que as pessoas sejam mais produtivas e se destaquem no trabalho.

Também vale destacar que os coworkings querem sempre proporcionar boas experiências aos seus visitantes. Logo, investem em móveis confortáveis, para que as rotinas de trabalho não se tornem cansativas. Se sentindo mais à vontade, é bem provável que os colaboradores produzam mais e melhor.

melhorar a produtividade da equipe
Coworking 1510, em Belo Horizonte/MG

Fortalecimento da identidade profissional

Os coworkings recebem profissionais de todas as áreas e também empreendedores, iniciantes e experientes, que trabalham em seus próprios negócios. Isso faz com que todos os frequentadores dos espaços pratiquem networking de forma natural, além de terem a sua identidade profissional fortalecida.

Em um escritório tradicional, em que todos os colaboradores executam a mesma função ou realizam atividades similares, como em uma agência de publicidade ou clínica de advocacia, por exemplo, pode haver uma espécie de competição entre as pessoas. Assim, acontecem as famosas “puxadas de tapete”.

Isso acaba gerando fofocas e conversas paralelas que, além de afetar a produtividade de todos, ainda afeta a reputação da organização com o público interno. Em escritórios compartilhados isso tende a diminuir consideravelmente.

Ao conversar com profissionais de outras áreas, os funcionários tendem a descrever o que eles fazem e quais são as suas ambições. Isso fortalece a própria identidade de cada um, além de fazer com que se pense mais no futuro e como melhorar as próprias atitudes para alcançar o que se deseja. 

Oportunidades de movimento

A possibilidade de se movimentar durante o trabalho faz com que a produtividade seja aumentada. Isso é observado em várias técnicas utilizadas para produzir mais, como a pomodoro, em que são feitos pequenos intervalos durante toda a jornada de trabalho.

Em um escritório comum, as pessoas podem se movimentar pouco, tendo em vista as limitações físicas que a maioria deles têm. Porém, isso não acontece quando falamos em coworkings.

Nos escritórios compartilhados são encontradas áreas comuns, como cozinhas completas, por exemplo. Também há coworkings que criam áreas de lazer, como salas de jogos, bibliotecas, jardins, entre outros, que podem servir para que as pessoas se movimentem durante a jornada de trabalho.

Se você leu o nosso artigo até aqui, deve ter percebido que é possível melhorar a produtividade da equipe em escritórios compartilhados, não é mesmo? Por isso, não deixe de considerar o trabalho nesses espaços. Certamente os resultados serão positivos para a sua empresa.

Além de produtivos, os funcionários também precisam ser engajados! Saiba mais sobre isso em nosso artigo sobre estratégias para engajar colaboradores.


Texto de Lucas Flores – Relações Públicas e mestre em Letras, Cultura e Regionalidade. Desde 2013, trabalha com produção de conteúdo para web.

Facebook Comments
Como melhorar a produtividade da equipe nos escritórios compartilhados

Top bairros de SP para trabalhar e desenvolver a equipe e a empresa

Como melhorar a produtividade da equipe nos escritórios compartilhados

8 melhores bares e restaurantes em São Paulo para impressionar seus clientes

Newer post
[instagram-feed showheader=true widthunit=273 heightunit=273 imagepadding=0 showfollow=true showbutton=false]