Lidando com as mudanças no trabalho: escritório flexível ou sala comercial?

Nos últimos anos a forma como trabalhamos e lidamos com a vida profissional mudou bastante. As evoluções tecnológicas possibilitaram que processos que eram maçantes fossem otimizados e uma série de tarefas que demandavam muito tempo e energia fossem simplificadas. Além disso, seja em um escritório flexível ou uma sala comercial, profissionais passaram a ter ambientes mais modernos, funcionais e colaborativos.

Adaptar-se a essas mudanças nem sempre é uma tarefa fácil. Afinal, muitos de nós estávamos habituados aos modelos antigos de gestão e atuação no mercado. Lidar com a flexibilidade no espaço de trabalho e a liberdade no dia a dia pode ser um desafio a ser superado. Mas, acredite, uma vez que nos acostumamos é muito melhor do que imaginávamos.

Para ajudá-lo nessa adaptação, separamos algumas dicas e comparações que podem explicar melhor quais são as diferenças entre o tradicional e o atual. Além disso, mostramos como o escritório flexível pode ser ideal para profissionais e empresas que querem adotar uma cultura de inovação e colaboração. Confira!

Aderindo a uma cultura colaborativa

Como já destacamos em um texto sobre tendências do futuro do trabalho, adotar uma cultura de colaboração dentro da empresa é essencial para o seu sucesso. Isso porque, ao longo dos anos, começamos a perceber que quando pessoas de áreas diferentes começam a interagir e a se ajudar a produtividade aumenta e as relações melhoram significativamente.

Nesse sentido, não há lugar melhor do que os espaços de coworking para abraçar uma cultura de colaboração. Afinal, esse aspecto faz parte da própria essência do local. Como os profissionais estão acostumados a compartilhar o ambiente, eles também se adaptaram a um dia a dia bem mais colaborativo.

Então, se a sua equipe quer ficar mais integrada, os escritórios compartilhados levam grande vantagem em cima das salas comerciais tradicionais.

escritório flexível

Flexibilizando a jornada de trabalho

Trabalhar de 8h às 18h e bater ponto na empresa é, definitivamente, coisa do passado. Até mesmo as corporações mais tradicionais estão aderindo a uma jornada flexível de trabalho e proporcionando a seus colaboradores a liberdade de fazer seus horários para otimizar o seu dia a dia.

Dessa forma, é possível evitar o deslocamento em horários de pico e ter um maior equilíbrio entre vida pessoal e profissional — o que representa melhoria na saúde mental.

Dentro disso também está a possibilidade do trabalho remoto. Diversas organizações já estão aplicando a política de home office pelo menos uma vez na semana, enquanto outras já atuam de forma 100% remota (como é o caso do BeerOrCoffee).

Para oferecer a estrutura necessária a seus funcionários, essas empresas optam, ainda, por assinarem planos de coworking. Então, elas podem ter uma sede em um escritório compartilhado no local que desejarem, mas seus colaboradores têm a oportunidade de circular por outros espaços.

Para entender como esse modelo de escritórios funciona, clique aqui.

Adotando novas tecnologias

Não é novidade que a tecnologia já é uma parte fundamental do nosso cotidiano. Hoje, é praticamente impossível nos imaginar sem os computadores, os smartphones e a internet.

Daqui a algum tempo também não nos lembraremos mais como era a vida antes da inteligência artificial e da automação. Os robôs também já chegaram (não como os filmes de ficção científica ilustraram) e estão começando a revolucionar diversos setores da indústria e do comércio.

Para quem não nasceu nesse cenário pode parecer um pouco assustador. Mas viver essa revolução tecnológica é um privilégio e temos muito a ganhar com isso. Por enquanto, por exemplo, ainda é muito caro ter aparelhos de realidade aumentada ou realidade virtual.

Por isso, aproveitar espaços que ofereçam essa experiência é indispensável. Frequente feiras, congressos, eventos ou qualquer outro ambiente que abrace a tecnologia para ir se familiarizando com os gadgets. Dessa forma, quando eles chegarem ao seu trabalho, você já estará adaptado.

Crescendo seu negócio

Antigamente as coisas aconteciam de maneira mais lenta. Hoje, com a chegada dos Millennials e da Geração Z, além das evoluções tecnológicas, tudo acontece muito rápido e de forma mais efêmera. No mundo dos negócios é preciso adaptar-se e ter a consciência de que “de uma hora para outra” o cenário pode ser diferente — e isso pode ser bom ou ruim.

Caso a sua empresa passe por um momento de aceleração exponencial, é necessário ter espaço para crescer. Isso significa que você precisa estar preparado para contratar mais colaboradores e trazer novos talentos a todo momento. Assim, é possível garantir que haverá uma força de trabalho preparada.

Mas não só isso, é essencial ter o espaço físico para que isso aconteça. Se você tem um escritório convencional provavelmente terá que se mudar algumas vezes, já que à medida que o time vai crescendo é preciso aumentar o tamanho das salas. Enquanto isso, em um escritório flexível é possível apenas acrescentar mais posições ou alocar mais salas no mesmo local, muito mais prático e econômico.

Abraçando a diversidade

Sua empresa é diversa? Ou melhor, ela abraça a diversidade? Porque não adianta querer contratar negros, LGBTQIA+ e deficientes apenas para passar uma boa imagem para o mercado. Entender que as políticas internas de diversidade e integração devem fazer parte da cultura empresarial em todos os níveis é imprescindível. Isso quer dizer que os colaboradores, gestores e o CEO devem participar do movimento.

Uma das melhores formas de fazer com que as pessoas abracem uma causa é gerando conhecimento. Portanto, a estratégia nesse caso é realizar eventos, palestras e dinâmicas dentro do local de trabalho. Nos espaços de coworking isso já acontece naturalmente, pois os profissionais que trabalham nesses locais são das mais diversas áreas, credos, etnias e culturas. Só de conviver com tanta diversidade já é possível aprender um pouco mais sobre ela.

Ao longo deste texto destacamos como o escritório flexível está alinhado com o futuro do trabalho em comparação com as salas comerciais tradicionais. Pelo que pudemos ver, eles não são apenas o futuro, mas também já são o presente — e muitas empresas já estão vendo isso. Por isso, se você quer experimentar um desses espaços, leve sua equipe para fazer um teste grátis clicando aqui.

Facebook Comments
Lidando com as mudanças no trabalho: escritório flexível ou sala comercial?

Futuro do trabalho: principais tendências para 2020

Lidando com as mudanças no trabalho: escritório flexível ou sala comercial?

Satisfação e produtividade no trabalho: estratégias para ter funcionários mais engajados

Newer post