7 maneiras de uma empresa se beneficiar de um espaço de coworking

Os espaços de coworking, também chamados de escritórios compartilhados ou flexíveis, trazem diversas vantagens para os seus residentes. Elas vão desde a praticidade e a economia até o incentivo ao networking.

São locais estruturados que oferecem tudo que um negócio precisa. Além disso, existem diversas outras maneiras de uma empresa se beneficiar de um espaço de coworking. Neste texto, destacamos 7 delas. Confira!

1. Redução de custos

Quando uma empresa migra para um escritório compartilhado os gastos são reduzidos consideravelmente. Isso acontece porque, em vez de ter que arcar com altos custos fixos relacionados à estrutura, você pagará apenas por uma parte deles. Na prática, as contas são rateadas entre todas as organizações que funcionam em um mesmo coworking, e isso é traduzido para o valor do aluguel que você paga para o local.

Levando em consideração gastos como aluguel, condomínio, IPTU, energia elétrica e outros, é possível fazer uma conta simples para comparar o custo total de um escritório tradicional versus um espaço compartilhado.

Em São Paulo, por exemplo, um time com 50 pessoas pode custar até R$ 97 mil/mês em um ambiente convencional. Enquanto isso, em um coworking é possível alocar essa equipe por menos de R$ 45 mil/mês. Isso representa uma economia de até 64%, que equivalem a quase R$ 750 mil por ano.

O Banco Inter, em parceria com o BeerOrCoffee, economizou R$ 1 milhão ao ano por ter migrado parte da equipe para espaços de coworkings

Esse é um dinheiro que pode ser usado para investimento no próprio negócio, possibilitando cada vez mais crescimento e eficiência operacional. O Banco Inter, por exemplo, economizou mais de R$ 1 milhão ao ano. Veja, no vídeo abaixo, como Pedro Quadros, Engenheiro de Facilities da empresa, comprovou essa economia com parceria com o BeerOrCoffee.

2. Eficiência operacional

Lado a lado com os custos reduzidos, está a eficiência operacional. Da mesma forma que você não tem que pagar por serviços que já são oferecidos pelo espaço de coworking, não precisa contratá-los, mantê-los e se preocupar com a sua execução. Eles incluem internet, recepção, limpeza e manutenção, mobiliário, entre muitos outros.

Além disso, não há burocracia para alocar um espaço em escritório compartilhado. Dessa forma, os contratos são muito mais simples e flexíveis, o que permite que a sua equipe de operações foque no que realmente importa para o seu negócio.

3. Construção de uma rede de contatos

O espaço de escritório compartilhado é um local propício à colaboração. Existem ambientes comuns e de descanso, cozinha e área de alimentação em plano aberto e locais para eventos regulares.

Até mesmo o layout geral dos escritórios e as mesas contribuem para uma cultura colaborativa. Dessa forma, os profissionais interagem com pessoas de outras empresas e das mais diversas áreas de atuação.

O networking permite uma eficiente troca de conhecimentos e também possibilita muitas oportunidades de negócios

Isso é interessante porque todos dentro da empresa podem construir uma rede de contatos — o famoso networking. A partir daí surgem oportunidades de negócios e parcerias, troca de experiências e uma ajuda mútua entre gestores e colaboradores de diferentes organizações.

Essa troca é muito rica e é uma das principais maneiras de uma empresa se beneficiar de um espaço de coworking.

4. Ambientes e serviços diversos

Em um espaço de coworking é possível encontrar vários tipos de ambientes para atender todas necessidades. Abaixo, listamos os principais deles:

  • Ambientes de trabalho compartilhados: com grandes mesas em que profissionais autônomos ou equipes menores podem ser alocados;
  • Escritórios privativos: salas mais reservadas para que você e seu time tenham mais privacidade e liberdade de personalização do espaço;
  • Salas de reunião: de diversos tamanhos, desde pequenos ambientes para 5 pessoas até auditórios para realização de palestras. Você reserva pelo tempo que precisar e paga apenas pelo período de utilização;
  • Cabines telefônicas: pequenas salas com isolamento acústico para que uma pessoa possa fazer uma ligação ou videochamada em silêncio, sem também incomodar os demais colegas;
  • Salas de relaxamento e/ou descompressão: ideais para as pausas entre as atividades e momentos de descanso durante a rotina de trabalho. Podem ser também varandas ou rooftops com plantas e redes, por exemplo;
  • Cozinhas compartilhadas: equipadas com mesas e cadeiras, pia, geladeira, cafeteira e microondas para que todos possam fazer lanches ou almoçar.

Além disso, os escritórios compartilhados podem oferecer serviços de impressão, endereços comercial e/ou fiscal, recebimento de correspondências, recepção e muito mais. Basta conversar com o gerente de comunidade do local para verificar a disponibilidade de atenção à sua demanda.

espaço de coworking
VIP Office, Vila Olímpia – São Paulo/SP

5. Aumento da produtividade

Os escritórios compartilhados são projetados e construídos com o objetivo de proporcionar o melhor ambiente possível para o desenvolvimento do trabalho. Dessa forma, as equipes se tornam mais engajadas e produtivas. Isso acontece porque, como citamos no item anterior, cada ambiente é feito com um propósito definido e todos podem desfrutar das suas vantagens.

Ter a estrutura perfeita e um clima amigável são fatores que influenciam diretamente no nível de produtividade dos profissionais. E isso é exatamente o que um espaço de coworking oferece.

6. Maior equilíbrio entre trabalho e descanso

A evolução tecnológica e o trabalho remoto trouxeram diversos facilitadores para o mundo corporativo. Contudo, o equilíbrio entre vida profissional e pessoal é extremamente importante para os trabalhadores de mentalidade cada vez mais conectada. Esse equilíbrio geralmente fica fora de controle quando você trabalha onde mora.

Um espaço de coworking permite que empreendedores individuais e equipes remotas desenvolvam uma separação entre o momento de trabalho e os períodos de lazer e descanso. Como resultado, 60% dos trabalhadores relatam sentir-se mais relaxados em casa desde que começaram a trabalhar em escritórios compartilhados. Isso evita colaboradores com burnout ou estresse excessivo, ou seja, situações nada benéficas tanto para o indivíduo quanto para a equipe e a empresa em si.

7. Visibilidade para o seu negócio

Com tantas empresas alocadas em um mesmo andar ou prédio e seus colaboradores convivendo diariamente, é natural que seu negócio seja visto por quem está ali. Dessa forma, surgem novos clientes, parceiros e a sua marca fica mais conhecida no mercado. Isso é excelente para criar brand awareness e fomentar o seu crescimento.

Ao longo deste post pudemos perceber que os escritórios compartilhados não são só para freelancers e autônomos. Pelo contrário, grandes empresas podem se beneficiar (e muito) com a adoção do modelo de coworkings. Por isso, aproveite para levar a sua equipe em um dos espaços da rede BeerOrCoffee utilizando uma diária gratuita.

Mariana Mendes é jornalista do BeerOrCoffee e apaixonada por escrever sobre marketing e futuro do trabalho.

Facebook Comments
7 maneiras de uma empresa se beneficiar de um espaço de coworking

Como criar um ambiente perfeito para uma sala de reunião

7 maneiras de uma empresa se beneficiar de um espaço de coworking

Por que uma cultura de “anywhere office” pode beneficiar sua empresa

Newer post