Equipe remota: 5 dicas essenciais para formar um time que trabalha a distância

Já falamos muito neste blog sobre os benefícios do trabalho remoto. No entanto, na hora de construir uma equipe remota, podem surgir algumas dúvidas. Pode ser sobre a melhor forma de recrutar e selecionar novos talentos ou em relação a maneiras de gerenciar um time que não se encontra necessariamente em um mesmo espaço físico.

Para desvendar essas e outras questões, separamos neste texto 5 dicas essenciais para formar uma equipe remota. Destacamos desde a contratação até a disseminação de uma cultura organizacional e o alocamento de times em escritórios remotos. Ficou interessado? Se sim, confira o texto a seguir!

1. Utilize a tecnologia para recrutar novos talentos

Encontrar novos colaboradores nem sempre é uma tarefa fácil. Na maioria das vezes confiamos nas indicações dos integrantes do próprio time e decidimos a partir daí, não é mesmo? Mas, em alguns casos, não existe essa opção. E quando você forma uma equipe remota, o processo de seleção pode se tornar ainda mais desafiador.

Contudo, desenvolvendo alguns processos e táticas, é possível facilitar a contratação. A tecnologia, por exemplo, ajuda bastante nesse aspecto. Afinal, quando não há a possibilidade de uma entrevista presencial, a videoconferência é a solução perfeita. E não importa onde as pessoas estejam no mundo, uma vez que as ferramentas modernas quebraram quaisquer barreiras de comunicação.

equipe remota

A realização de entrevistas ao vivo o ajudará a avaliar se alguém está realmente interessado em sua carreira e se está sendo honesto sobre suas qualificações. Você também pode dizer o quão bem eles operam sob pressão, dado o possível nervosismo associado à entrevista. Além disso, é o momento de perceber se o candidato está alinhado à cultura da empresa.

Se não bastasse isso, ainda é possível criar desafios técnicos a partir de programas online. Isso tem o objetivo de testar as aptidões do profissional e a sua capacidade de entregar as demandas dentro do prazo. Para tanto, você precisará ser criativo para avaliar suas competências e garantir que seus candidatos tenham as habilidades necessárias para o cargo.

2. Construa e comunique uma cultura organizacional

Quando se trata de equipes remotas, a cultura é um tópico muito importante. Muitas pessoas têm a impressão, por exemplo, de que ela se resume a uma mesa de sinuca ou videogames no meio do escritório. Mas sabemos que isso está bem longe da realidade. Sua cultura precisa ser construída em torno de algo muito mais substancial.

A cultura da empresa tem a ver com aquilo que se acredita dentro da organização. E desde os estagiários até o CEO devem estar alinhados quanto a isso. Ela é construída com base nos valores e crenças, de forma que deve ser vivida internamente e comunicada de maneira clara para todos colaboradores (antigos e novatos).

Podemos usar como exemplo a própria cultura do BeerOrCoffee. Pregamos para nossos clientes uma nova forma de trabalho, que inclui flexibilidade, praticidade e satisfação (pessoal e profissional). E só conseguimos fazê-lo porque vivemos isso intensamente no nosso dia a dia.

Temos colaboradores no Brasil, em Portugal, no Peru e na Hungria. E todos abraçam o que chamamos de “vida especial”, começando pelos fundadores da empresa, que passaram essa vibração para os integrantes do time.

3. Crie uma relação de confiança

Ao gerenciar uma força de trabalho remota, é importante aproveitar todas oportunidades para criar e promover uma conexão real, assim permitindo a construção de uma base de confiança entre colaboradores e gestores. Não diferente do presencial, quando se trabalha remotamente, o foco deve ser na entrega. E só é possível haver uma relação saudável entre todos os colegas e gerentes se existir confiabilidade e comunicação.

Portanto, externe sua visão e expectativas desde o primeiro dia. Use ferramentas como o Google Docs, o Notion, o Trello ou outro serviço de colaboração em nuvem para que seus funcionários possam referenciar sua visão a qualquer momento e lembrar os tópicos que os unem. E, claro, esteja sempre aberto para dar e receber feedback.

Além disso, os funcionários tendem a ser mais leais às pessoas de quem gostam. Portanto, é interessante encontrar maneiras de manter seus colaboradores remotos engajados e cultivar laços entre si. Uma boa forma de fazer isso acontecer é estimulando eventos para que equipes de uma mesma cidade possam se encontrar. Ou também proporcionar incentivos para que as pessoas viagem e se reúnam — como subsídio em passagens aéreas.

Você não precisa necessariamente fazer com que todos se encontrem pessoalmente, mas precisa garantir que eles se conectem de maneira efetiva. Por exemplo, convém encontrar formas de as pessoas colaborarem juntas em projetos — mesmo quando não for totalmente necessário. Isso os ajudará a sentir um senso de compromisso um com o outro, o que ajudará a reforçar que eles fazem parte de uma organização maior.

4. Considere o fuso horário

Ter colaboradores em diversas partes do mundo é ótimo. Mas é necessário ter um cuidado maior com o horário em que as tarefas serão executadas. Se sua empresa atua somente no Brasil e você tem integrantes do time na Ásia, por exemplo, é interessante pensar que suas tarefas não devem estar atreladas ao horário comercial brasileiro. Portanto, talvez sejam cargos mais adequados para pessoas do time de tecnologia e operações, e não de atendimento ao cliente.

Também é necessário levar em consideração os horários de marcação de reuniões e videoconferências. Para isso, existem ferramentas como o Clockwise, que fazem esse trabalho para você, otimizando a utilização do tempo de todos os integrantes da equipe.

5. Invista em escritórios compartilhados

equipe remota

Profissionais e empresas que trabalham com uma equipe remota podem ser beneficiados pelo uso de escritórios compartilhados de diversas formas. Isso porque eles oferecem um ambiente colaborativo e, ao mesmo tempo, muito bem estruturado. Abaixo, listaremos algumas vantagens dos espaços de trabalho flexíveis:

  • Estrutura física: os coworkings oferecem toda infraestrutura que um colaborador teria se trabalhasse em um escritório. Isso inclui mobiliário adequado e confortável, internet de alta velocidade, salas de reunião e escritórios privativos. Eles têrm, ainda, acesso a ambientes descontraídos, como varandas, rooftops, salas de descompressão e cozinhas compartilhadas;
  • Sentimento de comunidade: colaboradores que trabalham remotamente podem se sentir solitários em certos momentos. Nesses casos, a comunidade construída pelos escritórios compartilhados é uma ótima solução. É possível conviver com outros profissionais, de diversos ramos de atuação, e garantir uma troca de experiências;
  • Incentivo ao networking: por falar em troca, os coworkings são espaços ideais para fazer networking. Tanto no dia a dia, nos espaços comuns, quanto nos eventos realizados nos locais. É possível participar de palestras, cursos, painéis de discussão e muito mais.

Conclusão

Uma equipe remota tem suas particularidades. Mas o diferente pode ser muito bom. Para aproveitar ao máximo os benefícios de se trabalhar remotamente basta se organizar e estabelecer alguns processos. Isso ajudará a manter a produtividade e a satisfação e fará com que a empresa esteja sempre alinhada com as tendências do futuro do trabalho.

Falando nisso, se você quer saber mais sobre essas tendências, não deixe de conferir o evento “O Futuro do Trabalho na Prática”, realizado pelo BeerOrCoffee. Por lá você verá espaços de trabalho inteligentes, a cultura profissional remota e as mais novas tecnologias. Clicando aqui, você garante sua inscrição e ao aplicar o código DESC20BEER você ainda ganha 20% de desconto no ingresso.

Mariana Mendes é jornalista do BeerOrCoffee e apaixonada por escrever sobre marketing e futuro do trabalho.

Facebook Comments
Equipe remota: 5 dicas essenciais para formar um time que trabalha a distância

Futuro do Trabalho na Prática: saiba tudo sobre o evento do BeerOrCoffee

Equipe remota: 5 dicas essenciais para formar um time que trabalha a distância

Escritórios no Centro de Curitiba: garanta a melhor escolha para o seu negócio

Newer post