Biofilia: 6 ideias para conectar a natureza ao escritório dentro da Gestão de Facilities

A preocupação com a saúde dos profissionais já é algo disseminado no mercado de trabalho. O bem-estar físico e mental dos colaboradores é algo almejado pelos gestores e empreendedores do mundo todo.

A partir desse contexto, vale dizer que diversas ferramentas e técnicas começaram a ser elaboradas para serem aplicadas nas empresas. Uma delas é o design biofílico — também conhecido como biofilia.

Mas o que significa essa palavra e quais são os benefícios proporcionados pelo uso desta linha de design para as pessoas em seu dia a dia? É o que explicaremos neste texto. Além disso, daremos dicas para começar a aplicação da biofilia no seu escritório agora mesmo. Confira!

O que significa biofilia

Biofilia significa amor à natureza (bio = natureza; philia = amor). E o termo “design biofílico” pode ser atribuído ao início dos anos 1980, quando o biólogo Edward O. Wilson delineou sua filosofia de biofilia.

Ele lançou a hipótese de que os seres humanos têm uma afinidade biológica inata pelo mundo natural. Isso sugere que todos nós temos uma conexão genética com o mundo natural. Vale dizer que essa ligação foi construída ao longo de centenas de milhares de anos de vida em ambientes agrários.

O design biofílico leva essa ideia um pouco mais à frente. Como os humanos hoje passam 90% de seu tempo em ambientes fechados, de acordo com a Pesquisa Nacional de Padrões de Atividade Humana de 2001, é necessário trazer o ar livre para dentro. Isso significa criar ambientes internos que façam referência à natureza de maneira óbvia e, ao mesmo tempo, sutil.

Quais os benefícios do design biofílico

De acordo com Oliver Heath, designer com foco em sustentabilidade, em uma entrevista para a Frame, “o design biofílico fornece acesso e imita a natureza e, como a própria natureza, reduz o estresse, ajuda na recuperação e, ao fazê-lo, aumenta a produtividade e a criatividade. É um meio de melhorar nossa conexão de cura com o mundo natural. Sabe-se que o design biofílico aumenta o bem-estar no trabalho, em hospitais e em muitos outros tipos de construção.”.

E ele está certo. Pesquisas já demonstraram que a incorporação de elementos diretos ou indiretos da natureza no ambiente construído tem o poder de reduzir o estresse, os níveis de pressão arterial e as frequências cardíacas. Enquanto isso, aumenta a produtividade, a criatividade e as taxas de bem-estar.

Aplicações da biofilia no escritório

Mas e então, como os ambientes de trabalho podem estar mais conectados à natureza a fim de contribuírem para o bem-estar dos profissionais? Abaixo, listamos 6 dicas de design biofílico que você pode priorizar quando for escolher um escritório.

1. Deixe a luz natural entrar

Por que se trancar em salas escuras para enchê-las de luz artificial quando se pode desfrutar da maior fonte de iluminação que a natureza nos dá? Aproveite ao máximo o sol para iluminar o ambiente do seu espaço de escritório. Dê preferência a locais com grandes janelas, que possam permitir a entrada dos raios solares de forma confortável.

Existem películas que podem ser instaladas nos vidros de forma que a luz do sol ilumine o ambiente, mas que proporcionem privacidade para quem está do lado de dentro. Além disso, é possível usar tecnologias que ajudem a manter a temperatura do ambiente agradável, sem que as salas se tornem uma “sauna natural”. O Gestor de Facilities deve avaliar quais são as opções e o que será melhor para cada ambiente.

biofilia

2. Construa jardins nas áreas comuns

A interação entre os colaboradores de uma equipe, assim como as pausas durante o dia de trabalho, também são pontos importantes para o bem-estar dos profissionais. Que tal se, aliado a isso, você usar o design biofílico para promover um nível de saúde ainda maior dentro da empresa?

Isso é possível por meio da construção de jardins nas áreas comuns. Eles podem ser externos ou até mesmo internos. Basta planejar um ambiente descontraído e confortável, com mesas, cadeiras ou, ainda, redes de balanço relaxantes. É importante, entretanto, estar atento aos tipos de plantas e flores que serão utilizadas, já que elas também são seres vivos que precisam de cuidados específicos.

3. Utilize fontes e/ou espelhos d’água

No ambiente natural a água também exerce um papel fundamental. Afinal, existe algo mais relaxante do que se deitar e ouvir o barulho de um rio ou riacho passando debaixo da janela? Obviamente, não será possível instalar um rio dentro do seu escritório, mas pequenas fontes artificiais e espelhos d’água são capazes de simular essa sensação.

Eles podem ser usados como itens decorativos e como objetos para ajudar no relaxamento, encontrando, claro, o melhor lugar para a instalação. Afinal, é necessário se prevenir contra infiltrações e outras complicações que a água pode trazer. O profissional responsável pela Gestão de Facilities saberá quais estudos realizar e quais profissionais procurar para realizar a implementação desses itens.

4. Tenha espaços ao ar livre

Varandas, terraços, áreas abertas no pilotis ou um rooftop. Qualquer uma dessas opções cumpre o propósito de trazer uma ligação das pessoas com o ambiente natural. Pensados de acordo com o design biofílico esses locais podem proporcionar a sensação de ar puro e revigoramento — mesmo que você esteja em um prédio comercial no meio da Zona Sul de São Paulo.

A utilização de plantas, jardins e fontes (como já citamos anteriormente) se torna ainda mais eficaz nesses ambientes. Assim, durante as pausas para o almoço ou café, os funcionários podem relaxar verdadeiramente e sentir a conexão com a natureza.

biofilia

5. Utilize tecidos e materiais naturais

No mobiliário do escritório também é possível aplicar a filosofia do design biofílico, utilizando matérias primas de origem natural a sensação de conforto e bem-estar pode ser alcançada. Por isso, priorize tecidos como linho e algodão em vez de materiais sintéticos. Além disso, escolha móveis feitos com madeira rústica ou vime no lugar do MDF.

Não por acaso, atrelar conforto, funcionalidade e design — artigos de uso diário que possivelmente serviriam apenas como “mais um móvel sem graça” — pode transformar o ambiente.

6. Mimetize as cores e formas da natureza

As cores e formas que existem na natureza são algumas das mais belas que podemos encontrar. Utilize-as na decoração do seu espaço para proporcionar uma sensação de tranquilidade e bem-estar.

O verde folha seca, por exemplo, é uma ótima tonalidade para estimular a criatividade, ao mesmo tempo que transmite tranquilidade. E os desenhos das asas de uma borboleta? Esses podem ser usados na decoração a fim trazer um toque vibrante ao ambiente, também.

Conclusão

Os princípios do design biofílico são benéficos para a saúde e o bem-estar dos profissionais que trabalham diariamente em escritórios. Além disso, eles podem ser usados para tornar o ambiente mais moderno, confortável e muito mais bonito. Um Gestor de Facilities, ao entender essas necessidades e oportunidades, pode movimentar a escolha de um local que atenda à demanda da biofilia.

No entanto, se você acha que pode ser muito trabalhoso aplicar essas mudanças em um escritório próprio, talvez seja a hora de considerar uma mudança de local. Os espaços de escritórios compartilhados (ou coworkings), que estão sempre antenados nas últimas tendências e boas práticas de ambientação e design, já utilizam a biofilia em seus prédios há bastante tempo.

Por isso, encontrar aquele que se encaixa no perfil da sua equipe pode ser ainda mais fácil do que planejar, executar e financiar uma reforma para adoção do design biofílico.

Agora que você já sabe o que é a biofilia, por que ela é benéfica e como aplicá-la, que tal saber mais formas como um Gestor de Facilities pode atuar para proporcionar o melhor ambiente de trabalho dentro de uma empresa? Entenda em detalhes a Gestão de Facilities e saiba como ela será essencial no futuro do trabalho.


Mariana Mendes é jornalista do BeerOrCoffee e apaixonada por escrever sobre marketing e futuro do trabalho.

Facebook Comments
Biofilia: 6 ideias para conectar a natureza ao escritório dentro da Gestão de Facilities

Capex ou Opex: o que são, quais as diferenças e como priorizar

Biofilia: 6 ideias para conectar a natureza ao escritório dentro da Gestão de Facilities

Escritórios no Jardim Paulista em São Paulo: encontre a melhor opção para sua startup

Newer post