Capex ou Opex: o que são, quais as diferenças e como priorizar

Para um gestor de facilities, contador e/ou administrador, gerir as despesas de uma grande empresa pode ser uma tarefa massante. Principalmente quando decisões estratégicas devem ser tomadas. E uma escolha bastante recorrente é a de investir em bens de capital ou priorizar as despesas operacionais. Além disso, definir como serão contabilizados os gastos (em índices Capex ou Opex) já gera uma grande dúvida por si só.

Primeiramente, é necessário entender com clareza o que cada uma dessas siglas significa e o que elas representam dentro do funcionamento de uma organização. Por isso, ao longo deste texto, explicaremos a definição desses termos e daremos dicas para estabelecer a ordem de prioridades quando você precisar decidir entre Capex ou Opex. Confira!

capex ou opex

O que significa Capex e Opex

Capex, do inglês capital expenditure, é um termo que diz respeito às despesas ou investimentos em bens de capital de uma empresa, por isso também é chamado de “despesas de capital”. Já Opex, que tem como origem o termo operational expenditure, refere-se às despesas operacionais da organização.

Para esclarecer melhor, Capex é o dinheiro gasto para comprar, reparar, atualizar ou melhorar um ativo fixo da empresa, como um escritório ou edifício, negócio ou equipamento. É um desembolso único, não recorrente, e afeta um ativo de longo prazo — ou algo que não pode ser deduzido integralmente no ano em que foi comprado. Por isso, geralmente, é enxergado como investimento e não como gasto.

O Opex ou as despesas operacionais, por sua vez, como o próprio nome sugere, incluem a maioria das despesas para operar a linha de negócios principal da empresa. Vale dizer que esses gastos não resultam em ativos de capital. Em vez disso, eles servem inteiramente para “operar” os negócios, como salários dos funcionários, os custos de manuseio de estoque e as despesas com material de escritório.

Como definir se uma despesa é Capex ou Opex

Essa é uma decisão um pouco subjetiva. Afinal, por certas vezes, um investimento pode se enquadrar nas duas categorias. Um computador, por exemplo, no contexto de uma startup de tecnologia, é um bem durável mas que também pode ser visto como custo operacional — já que é um dos principais instrumentos de trabalho relacionados ao core business da empresa.

Por isso, cada caso deve ser analisado com cuidado. Por representarem dados que mostram aos gestores e investidores como a empresa está se saindo em relação a custos, gastos e investimentos, esses indicadores são bastante importantes.

capex ou opex

Quando priorizar Capex ou Opex

Investimentos em Capex geram, por definição, gastos mais altos para a organização. Ao optar por construir um escritório próprio, por exemplo, uma empresa pode desembolsar milhões de reais.

E isso sem nem mesmo ter a certeza de que aquela construção continuará sendo apropriada a médio e longo prazo. Dessa forma, ao consumir o espaço de trabalho como um serviço, transformando-o em Opex, é possível economizar dinheiro e muita dor de cabeça.

Com a velocidade em que as tecnologias estão avançando e os modelos de negócios estão se adaptando, a tendência é que as organizações invistam cada vez mais em Opex e menos em Capex.

Claro que certos grandes investimentos continuarão sendo feitos, principalmente quando falamos do mercado industrial. Mas gestores e empreendedores já estão se adaptando ao mundo VUCA (volátil, incerto, complexo e ambíguo) e se preparando para o futuro do trabalho.

Agora que você já sabe mais sobre os conceitos dos indicativos de capital & operational expenditure, você imagina que os escritórios compartilhados sejam Capex ou Opex? Para entender melhor, aproveite para saber quais são as diferenças entre os escritórios tradicionais e os coworkings.


Mariana Mendes é jornalista do BeerOrCoffee e apaixonada por escrever sobre marketing e futuro do trabalho.

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esses gratuitamente?

Facebook Comments
Capex ou Opex: o que são, quais as diferenças e como priorizar

Como o design de escritório inteligente pode tornar os prédios mais seguros?

Capex ou Opex: o que são, quais as diferenças e como priorizar

Biofilia: 6 ideias para conectar a natureza ao escritório dentro da Gestão de Facilities

Newer post