8 dicas essenciais para criar uma cultura de inovação no ambiente de trabalho

Manter um clima saudável na empresa depende, entre outras questões, de ideias práticas para a inovação no ambiente de trabalho. Ou seja, vai muito além das questões envolvendo o relacionamento entre os funcionários. Engloba, também, a implementação de boas iniciativas que sejam capazes de aumentar a motivação e a produtividade dos colaboradores.

Além disso, um bom ambiente organizacional contribui para uma percepção positiva a respeito da marca pelo seu público. Daí surge a necessidade da elaboração de estratégias que contribuam com a inovação no espaço de trabalho — e com a manutenção de um espaço criativo.

Neste post, traremos algumas das ações mais importantes para que se mantenha uma atmosfera sadia na empresa, propícia a uma cultura de inovação. Entre elas, mostraremos a identificação das habilidades de cada um dos seus talentos, a construção de um networking diversificado, por meio do uso de escritórios compartilhados, e muito mais.

Se você gostou do tema, continue lendo e veja o que fazer para colocar em prática a inovação no ambiente de trabalho!

inovação no ambiente de trabalho

1. Certifique-se que aconteça o compartilhamento de ideias

Para que a inovação no ambiente de trabalho aconteça naturalmente é necessário que a criatividade dos membros da equipe tenha espaço para fluir. Os talentos da empresa só se sentirão seguros para compartilhar suas ideias se perceberem que estão sendo ouvidos com interesse e que suas sugestões são bem-vindas.

Criar eventos específicos para isso na empresa é uma excelente maneira de estimular o compartilhamento de ideias. Isso pode ser feito, por exemplo, com um dia do mês dedicado à apresentação de novas ideias, no qual todos possam participar efetivamente.

2. Identifique seus talentos mais criativos e motive-os

Ter pessoas criativas dentro da empresa não só é interessante pelas ideias sugeridas, mas, também, pelo estímulo que oferecem aos demais membros da equipe para criar. Normalmente, essas pessoas iniciam o processo criativo que é complementado por um brainstorming em que todos sejam envolvidos.

Por isso, é preciso identificar os colaboradores e mais criativos, a fim de garantir que estejam motivados. Uma maneira interessante de fazer isso é facilitando o acesso a cursos e mesmo. Outra forma é por meio da convivência com outros profissionais criativos em espaços de coworking.

3. Tenha cuidado ao interpretar e adaptar as ideias propostas

Muitas boas ideias são perdidas por serem mal interpretadas ou mesmo distorcidas durante o processo de execução de uma determinada tarefa. Quando isso acontece, fica complicado criar uma cultura de inovação no ambiente de trabalho.

Muitas adaptações podem fazer com que eventuais boas ideias percam a sua oferta de valor. Por isso, é essencial que sejam apresentadas de forma clara e submetidas a uma modelagem de negócio estruturada, como o Business Model Generation Canvas

4. Elimine o medo do erro para ter inovação no ambiente de trabalho

Seus talentos não podem ter medo de errar — caso contrário, congelarão suas iniciativas. Mais do que não condenar os erros cometidos, é necessário estimular a experimentação. Mesmo que elas não gerem resultados expressivos ou, ainda, que criem projetos imperfeitos.

Somente quando o erro for encarado como aprendizado e parte necessária do processo criativo, sua equipe estará livre do medo do fracasso.

5. Gamifique processos e recompense a inovação

Já falamos em criar eventos específicos para o compartilhamento de ideias, certo? E se, além deles, seus colaboradores ainda receberem pontos positivos por sugestões apresentadas? E se esses pontos positivos forem transformados em reconhecimento e recompensas em algum momento?

Esse é o caminho da gamificação, que é um modo de valorizar o esforço dos membros da sua equipe, fazendo com que se sintam reconhecidos e, ainda, estimulados à busca pela conquista da recompensa por suas ações.

6. Incentive o intraempreendedorismo e garanta inovação no ambiente de trabalho

O intraempreendedorismo é um pouco de tudo o que foi dito até aqui. Mas pode ser resumido como a capacidade de os seus colaboradores abraçarem uma ideia e fazê-la acontecer, como se também fossem donos do negócio.

A partir do modelo de gestão de pessoas que incentiva a postura de ownership (ou seja, a atitude de proprietário entre os colaboradores), a condição perfeita para o surgimento de produtos e serviços inovadores dentro da empresa é criada. E até mesmo o aperfeiçoamento dos processos já existentes.

7. Ofereça um ambiente estimulante

Um escritório fechado com paredes brancas, móveis neutros e muito silêncio pode até ajudar na concentração, mas provavelmente não colabora muito com a criatividade.

Por outro lado, cores alegres, imagens ou mensagens motivacionais pelas paredes, fones de ouvido e um bom app de música em streaming são excelentes modos de estimular a criatividade da equipe.

As pausas durante o trabalho também são necessárias. Se forem acompanhadas de algum tipo de atividade relaxante, se tornam ainda mais produtivas. Isso porque permitem ao cérebro processar todas informações recebidas e transformá-las em algo novo.

Portanto, oferecer locais de descanso onde seja permitida a socialização e a troca de ideias trará excelentes resultados em termos de inovação. É possível, até mesmo, disponibilizar jogos e outras atividades no local de trabalho, o que ajuda a manter o clima saudável na empresa.

8. Invista em coworkings para criar inovação no ambiente de trabalho

E por falar em ambientes estimulantes, os escritórios compartilhados são um ótima opção. Eles são planejados para receber profissionais com toda infraestrutura necessária para que façam seu trabalho sem qualquer tipo de preocupação.

E vão além, oferecendo também um espaço descontraído, propício ao networking e ao compartilhamento de ideias e cheio de detalhes inspiradores. Eles ainda servem às empresas que desejam inovar no ambiente de trabalho mantendo um clima saudável na empresa — e não somente aos profissionais freelancers, como muitos imaginam.

inovação no ambiente de trabalho

A cultura de inovação no ambiente de trabalho é essencial para que qualquer organização se destaque no mercado. Ela proporciona, inclusive, as condições necessárias para o nascimento de ideias disruptivas, capazes de mudar a maneira como o mundo funciona.

Mas para que esse ambiente seja criado é preciso investir em ações que garantam o clima saudável na empresa. Seja por meio do estímulo, do compartilhamento de ideias, da valorização e reconhecimento dos membros da equipe ou de um local de trabalho inspirador, como os que são encontrados em espaços de coworking.

E agora que você já entende mais sobre processos de inovação no ambiente de trabalho, sabe que os coworkings são locais que ajudam a inovar e melhorar a produtividade da sua equipe. Por isso, é possível que tenha interesse em descobrir todos detalhes de um escritório compartilhado.


Silvia Seco é publicitária, especializada em gestão de marketing digital e produção de conteúdo. Uma verdadeira apaixonada por criação, design, inovação, tecnologia e histórias bem contadas.

Facebook Comments
8 dicas essenciais para criar uma cultura de inovação no ambiente de trabalho

7 razões que indicam que o futuro do escritório compartilhado é promissor

8 dicas essenciais para criar uma cultura de inovação no ambiente de trabalho

Coworking ou home office: qual é a melhor opção para o meu negócio?

Newer post