Motivação no trabalho: saiba como impulsionar equipes criativas

O sucesso dos projetos em grupo não vem com manual de instruções, mas é certo que a motivação no trabalho ajuda — e muito — nessa conquista.

Sua equipe compartilha o mesmo ambiente, é composta por colaboradores remotos ou faz um mix desses dois estilos de trabalho?

Seja qual for a configuração, cada uma dessas pessoas precisa de foco, criatividade e estímulo para entregar seu melhor desempenho e contribuir com o sucesso do grupo.

Seu desafio como gerente de projetos é promover a integração de todos e gerar comprometimento com os objetivos em comum — com atenção para não limitar alguns voos de imaginação que podem levar a produtividade do grupo às alturas.

Inspirar. Gerar conexões. Orientar os esforços. Repetir.

Você pode adotar dinâmicas de motivação simples assim.

Então, aproveite as ideias a seguir para impulsionar ainda mais os resultados coletivos.

motivação no trabalho

Ações que inspiram a colaboração entre Coworkers

1.  Transparência na gestão de equipes

Dê mais autonomia à sua equipe democratizando as informações sobre o projeto. Afinal, cada profissional precisa entender com clareza o fluxo de trabalho, conhecer as metas e prioridades do grupo e saber quais as expectativas quanto à sua própria atuação.

A ideia é fazer com que todos visualizem “o quadro completo”. Por isso, a linguagem visual é perfeita para esse tipo de comunicação.

Por exemplo, quando uma pessoa simplesmente menciona uma peça azul, a outra pode imaginar diversos tons ou formatos. Já quando você compartilha a imagem da peça azul, todos podem constatar como é a aparência exata dela.

Então, as imagens servem para esclarecer, inspirar e consolidar referências em comum. É por isso que muitas empresas produzem seus fluxogramas, relatórios internos ou imagens de apoio para os funcionários com um visual tão impactante e bem definido quanto o utilizado para as apresentações destinadas aos clientes.

Dica: seja para criar artes gráficas de uso externo ou materiais para a troca de informações internas, vale a pena usar o Canva, uma plataforma online de edição e design com recursos intuitivos e facilidade no uso compartilhado.

2.  Incentivo à motivação pessoal

Atitudes positivas são contagiantes! Porém, você precisa administrar como elas são acolhidas pela equipe quando alguém se destaca pelo entusiasmo e proatividade

Isso não significa que deva dar menos importância a quem já tem bastante motivação pessoal. Ao contrário, valide os pontos em que a iniciativa gerou benefícios coletivos e incentive o compartilhamento de insights sobre a experiência bem-sucedida.

Por outro lado, redobre os cuidados para que o profissional em questão não tenha uma sobrecarga de trabalho ou que outros membros do grupo se sintam desprestigiados.

Dica: se a sua equipe é muito competitiva, use isso a seu favor. Experimente “gamificar” algumas tarefas simples para que o grupo se divirta em vez de levar a competição para o lado pessoal.

3.  Inovação do modelo de trabalho

Permita uma participação maior da equipe nas decisões sobre o projeto.

Isso desenvolve o senso de responsabilidade das pessoas, criando uma “mentalidade de dono” e levando a perceber o quanto uma boa atuação profissional faz diferença.

motivação no trabalho
VieWork Coworking, São Paulo/SP

Para alcançar o estágio, dê chance para que os membros do grupo elaborem certas regras.

A diversidade de personalidades vai trazer contornos mais abrangentes ao andamento do trabalho e você pode orientar esse processo para que ele atenda às principais demandas e prazos.

No entanto, inovar também significa sair da zona de conforto.

O sucesso dessa empreitada depende da disponibilidade das pessoas em pensar fora da caixinha, aprender novas técnicas e expandir seus conhecimentos.

Dica: inovar é uma ótima tática para aqueles momentos em que há algum tipo de estagnação da produtividade no trabalho — tanto em um ponto alto das realizações coletivas quanto para evitar uma queda eminente.

4.  Equilíbrio e organização do tempo

Muitos empreendedores modernos acreditam em conceitos como o do ócio criativo, um termo cunhado pelo sociólogo italiano Domenico de Masi, que propaga as vantagens de se ter um tempo livre para reciclar as ideias.

E, realmente, é essencial planejar pausas para que a equipe renove as energias.

Outro ponto crucial é organizar reuniões e prazos para conclusão de tarefas tendo em mente o melhor aproveitamento do tempo das pessoas.

Para otimizar esses processos, é bom começar elaborando divisões. Faça um planejamento do que será discutido para ter uma estimativa da duração de cada atividade e do que é preciso ter em mãos para viabilizá-la.

Desse jeito, por exemplo, você pode convocar a equipe já informando os tópicos a serem debatidos e esclarecendo o real período a ser ocupado na agenda.

Isso gera mais engajamento com os temas propostos, pois cada um pode usar melhor seu tempo antes e durante a reunião para levantar dúvidas sobre os assuntos ou imaginar as novas perspectivas que pode trazer para a mesa.

Dica: mais vale marcar dois encontros sobre um tema na mesma semana do que cansar sua equipe em uma reunião muito longa. O intervalo será ótimo para afinar as ideias.

5.  Conectividade avançada

Use a tecnologia para conectar, organizar e documentar o trabalho de sua equipe.

Para isso, vá além dos aplicativos de reuniões virtuais e adote ferramentas colaborativas que realmente são capazes de sintonizar as várias cabeças do grupo durante a realização das tarefas:

  • TrelloPermite que a equipe monitore e participe ativamente da gestão do projeto, criando listas de afazeres, incluindo documentos, atualizando o andamento das atividades direto na plataforma;
  • Slack – Ideal para manter as comunicações profissionais em segurança, com a facilidade de uso de um aplicativo de mensagens e vários recursos inteligentes;
  • Canva Pro – A versão profissional do Canva facilita ainda mais o trabalho colaborativo e a troca de referências visuais entre os colaboradores, além de contar com um bem recheado banco de imagens premium e um exclusivo botão de formatação automática.

Dica: promova sessões de bate-papo sobre determinadas experiências e, se possível, atividades de lazer que envolvam toda a equipe.

Bônus: 3 regras de ouro da motivação no trabalho

  1. Conheça melhor sua equipe. Tenha ao menos uma conversa com cada membro para saber sobre os hobbies, viagens, séries preferidas.
  2. Incentive o planejamento. Sugira que cada membro do grupo prepare um mapa mental para nortear seu trabalho;
  3. Estabeleça relações de confiança. Adote aquela máxima das “críticas privadas, elogios públicos”.
motivação no trabalho

Transforme motivação em resultados

Que tal propor um brainstorm para sacudir as ideias do grupo e deixar todos por dentro dos próximos objetivos coletivos?

Uma coisa é certa: as pessoas ficam mais motivadas a colaborar quando sabem que estão participando de um trabalho significativo, em um ambiente seguro e sendo valorizadas por seus líderes e colegas. E é isso que leva ao sucesso de um time.


Este foi um Guest Post escrito pela nossa parceira Karla Assis, que é especialista em marketing digital do Canva, uma plataforma que permite a qualquer pessoa criar designs profissionais de maneira intuitiva e gratuita.

Facebook Comments
Motivação no trabalho: saiba como impulsionar equipes criativas

Escritórios compartilhados em BH: veja os mais frequentados

Motivação no trabalho: saiba como impulsionar equipes criativas

Como a cultura dos escritórios compartilhados conecta as equipes de forma inesperada

Newer post