7 maneiras de fazer as pessoas amarem os escritórios compartilhados

Há alguns anos o trabalho era visto como um verdadeiro sacrifício. As pessoas trabalhavam apenas para garantir a renda familiar, sem se preocupar muito com a satisfação profissional. Os escritórios eram muito formais e frios. Mas, felizmente, essa realidade está mudando. E isso se deve muito aos escritórios compartilhados.

Eles são espaços flexíveis que oferecem diversos serviços e vantagens para seus frequentadores. Graças a essas características é impossível não amar os espaços de coworking. Confira neste texto 7 maneiras de incentivar os seus colaboradores a serem felizes e amarem os escritórios compartilhados.

escritórios compartilhados

1. Escolha bem o seu coworking

As opções de escritórios compartilhados são as mais diversas. Só na rede BeerOrCoffee são mais de 800 espaços em 150 cidades do Brasil. Com tantas possibilidades, é necessário compreender qual é o melhor espaço para você e sua equipe. E são muitos os fatores que influenciam nessa escolha. Veja alguns deles:

Localização

Entender qual é a melhor localização para estabelecer sua sede é essencial tanto por motivos comerciais quanto estruturais. Pode ser que haja escritórios compartilhados maravilhosos na região centro-sul da sua cidade. Mas talvez esse não seja o local mais estratégico para o seu negócio.

Além disso, é importante entender que a localização pode influenciar muito na satisfação dos colaboradores com o seu trabalho. Isso porque, no dia a dia, a dificuldade de deslocamento pode gerar estresse, cansaço e até atrasos.

Os melhores coworkings nas principais capitais brasileiras:
- Belo Horizonte
- São Paulo
- Rio de Janeiro
- Brasília
- Porto Alegre

Quando o escritório é em um bairro de fácil acesso, perto de estações de metrô e pontos de ônibus, ou até próximo à residência da maioria dos funcionários, o problema do deslocamento desaparece. Evitar locais com muito tráfego e congestionamentos também pode ser interessante, caso a maioria das pessoas utilize o carro.

Fit cultural

Cada organização tem a sua cultura. E os colaboradores também, já que podemos defini-los como peças de um quebra-cabeças que formam a empresa em si. Por isso, o espaço deve integrar e transmitir essa cultura. Não adianta querer um escritório super descolado se a cultura da empresa é mais formal.

Da mesma forma, não dá para escolher escritórios compartilhados muito corporativos se a sua empresa e seus colaboradores forem informais, criativos e modernos.

Tamanho

Caso a sua empresa opte por um escritório privativo dentro do coworking, é importante escolher uma sala com o tamanho certo. Afinal, mesas e cadeiras apertadas, dificuldade de se movimentar dentro do escritório e falta de espaço são coisas que geram bastante frustração no colaborador.

2. Aproveite tudo que os escritórios compartilhados oferecem

Os escritórios compartilhados oferecem diversos serviços. Dentre eles estão as mesas compartilhadas, salas privativas e de reunião, cozinhas compartilhadas, áreas de descanso e leitura, impressão, água, café, lanches e muito mais. Aproveitar todos os benefícios é essencial para que seus colaboradores tenham uma boa experiência nos coworkings.

Alguns espaços também dispõem de bicicletário e/ou estacionamento. Oferecer essa vantagem à equipe pode ser uma boa estratégia para facilitar o dia a dia dos profissionais. Há, ainda, espaços que permitem que os frequentadores levem seus animais de estimação e outros que contam com áreas para crianças. Verifique se essas são questões importante para o seu time.

escritórios compartilhados

3. Incentive o networking nos escritórios compartilhados

Uma das grandes vantagens dos escritórios compartilhados é a troca de experiências entre os frequentadores. Por isso, incentive os seus colaboradores a aproveitarem as oportunidade de networking. Essas conversas podem ser proveitosas tanto para eles quanto para o próprio negócio.

Em conversas despretensiosas podem surgir oportunidades de parcerias, além de uma troca muito interessante de informações entre os profissionais. Esse contato pode acontecer nas mesas compartilhadas ou entre uma tarefa e outra, durante uma pausa para o café.

4. Proporcione momentos de descontração

Os ambientes de coworking oferecem a estrutura necessária para proporcionar momentos de relaxamento e descontração. São disponibilizados sofás, pufes, lounges dentre outros ambientes que permitem uma pausa na rotina durante o dia.

Além disso, certos coworkings oferecem até chope liberado a partir de um certo horário. Fazer um happy hour é uma ótima opção para gerar relacionamento entre os próprios integrantes do time.

5. Realize eventos variados nos escritórios compartilhados

E falando em happy hour, esse é somente um dos tipos de eventos que podem ser realizados nos espaços de escritórios compartilhados. Nos coworkings é possível oferecer palestras, workshops, painéis de discussão, cafés da manhã temáticos e muito mais!

Você pode, por exemplo, fazer mensalmente um café da manhã no qual profissionais de diversas áreas do time compartilham a sua experiência e falam sobre sua área de atuação. Assim, a equipe irá se entrosar mais, conhecer melhor uns aos outros e ainda entender de forma clara como funciona cada departamento da empresa.

escritórios compartilhados

6. Comunique as vantagens dos escritórios compartilhados

Se a sua empresa está migrando para os escritórios compartilhados, atente-se para a comunicação interna com todo o time. É importante mostrar para eles que essa mudança está acontecendo para gerar uma melhora tanto para a empresa quanto para os colaboradores. Portanto, converse com a sua equipe para explicar os motivos da mudança, pontuar as vantagens dos coworkings e esclarecer como as coisas irão funcionar.

Você pode, por exemplo, compartilhar esse vídeo com a sua equipe:

7. Peça feedback

Nada melhor do que a opinião de quem vive o dia a dia nos escritórios compartilhados para saber o que está bom e o que pode melhorar. Por isso, pergunte aos seus colaboradores o que eles estão achando, quais melhoras são necessárias e quais adaptações poderiam ser feitas para deixá-los mais satisfeitos. Dessa forma, todos ficarão felizes e os processo e resultados serão otimizados.

Para que essas práticas funcionem, é importante lembrar que a própria administração deve ser aberta, motivada e positiva. O clima exibido pela gerência e pelos executivos refletirá nos funcionários e afetará a atmosfera geral do local de trabalho. Quando toda a equipe está trabalhando em conjunto, eles podem fazer do trabalho um lugar que todos gostem de estar.

É possível perceber que os escritórios compartilhados são ambientes colaborativos e que estimulam a integração das equipes. Diferentemente dos escritórios tradicionais, eles também permitem a convivência com empresas e profissionais de outras áreas diferentes da sua. Se você quer entender melhor as diferenças entre coworkings e escritórios convencionais, leia este post em que explicamos os principais pontos.

coworking week

Mariana Mendes é jornalista do BeerOrCoffee e apaixonada por escrever sobre marketing e futuro do trabalho.

Facebook Comments
7 maneiras de fazer as pessoas amarem os escritórios compartilhados

O que é economia compartilhada e como ela se relaciona com o coworking

7 maneiras de fazer as pessoas amarem os escritórios compartilhados

Conheça algumas formas de aumentar os negócios da sua empresa

Newer post