Noete Café Clube, Guaja e a tendência dos cafés coworkings

Trabalhei durante um ano em um coworking, o que foi totalmente novo e especial para mim. Agora, estou oficialmente como freelancere e resolvi experimentar algo novo em  minha primeira semana sem um espaço físico fixo: os cafés coworkings.

Esses espaços permitem conviver com pessoas diferentes, respirar novos ares e sair da rotina todos os dias, de uma forma completamente diferente.

Neste texto, vou falar da minha experiência em dois cafés da rede BeerOrCoffee. No entanto, primeiramente, vou falar um pouco dessa nova modalidade de “escritório”. Acompanhe!

Café coworking: trabalho em um ambiente agradável

O café coworking é um ambiente que oferece espaços de trabalho, conjugados com outros serviços, como uma cafeteria com opções mais do que especiais no cardápio. As mesas funcionam como estações de trabalho e há rede de wi-fi compartilhada.

Ao contrário ao que muitos pensam, é um ambiente preparado para receber pessoas para trabalhar e você pode permanecer o tempo que quiser na casa, sem nenhum tipo de pressão.

Como moro em Belo Horizonte, visitei o Noete Café Clube, no bairro Santo Antônio, e o Guaja Café e Coworking, no Funcionários. Os dois se tornaram meus queridinhos e vou contar para vocês o porquê logo abaixo. Vamos lá?

Noete Café Clube

O Noete Café Clube é amor à primeira vista. A incrível casa fica em uma rua bem calma no bairro Santo Antônio, que tem a fama de ser bem tranquilo, mesmo com sua proximidade com a Savassi, o coração da cidade.

Entrada Noete Café Clube

O espaço é convidativo, cheio de amor aos detalhes e você se sente em casa logo de cara. O café é todo plano, em um único andar e ambiente bem intimista e com poucas mesas.

Além disso, tem um sofá fofíssimo para descanso, uma varanda com algumas mesas e uma música de altíssima qualidade. Lembra muito uma fazenda no meio da cidade.

Quer trabalhar no Noete? Se sim, garanta sua reserva grátis.

Em todos os cantinhos tem uns mimos, todos sempre relacionados ao café, que é o grande amor e carro chefe da casa. Por isso, não é preciso nem falar que existem inúmeras opções da bebida e todas elas deliciosas!



Espaço Noete Café Clube

Por eu ser intolerante à lactose e vegetariana, a Vivian, atendente que estava lá no dia da visita, me ajudou a montar um prato que eu gostasse e se adaptasse a mim. Pedi um omelete de tomate e um suco de laranja fresco para compartilhar com minha dupla de trabalho. De-lí-cia!

No dia, tivemos um problema com a internet e a Vivian e o Daniel, o community manager do espaço, foram super atenciosos conosco e tentaram de todas as formas resolver o nosso problema para termos uma ótima experiência na casa.

O espaço é ideal para reuniões informais, trabalhar fora de casa em um dia ensolarado e bonito e para respirar novos ares quando você está com mau humor e precisa render. Você pode tomar um café da manhã farto, um brunch ou um café da tarde delicioso, já que a casa funciona de 10h às 20h.

Guaja Café e Coworking

O Guaja sempre foi um dos meus lugares favoritos em Belo Horizonte. Alguém imaginaria que uma casa na Afonso Pena seria referência em café coworking da cidade? Lembro que quando o espaço inaugurou eu não entendia muito bem a proposta e, agora que estou trabalhando com inovação, tudo faz sentido.

O Guaja é inovação pura, além de  um lugar onde as coisas acontecem, pessoas se encontram, a cultura empreendedora é fortalecida e pessoas aprendem.

A casa se divide em café, uma área aberta com mesas preparadas para receber gente com diversos objetivos, fazendo várias atividades, um espaço de eventos, uma lojinha, salas de reunião e um espaço reservado para residentes (que são mensalistas ou alugam salas por hora ou dia).

Todos os cantinhos são muito bem cuidados, tudo muito bem pensado. Eles são preparados para receber pessoas que irão passar várias horas ou o dia. Inclusive, enquanto escrevia este texto, estava sentada na varanda, vendo o entardecer e escutando uma das minhas músicas favoritas.

Enquanto isso, pessoas conversavam em um banco, outras faziam ligações pelo computador e algumas bebiam cafés e se deliciavam com o bolo — de chocolate, sem lactose! — do dia. Existem também os que preferem mais privacidade e estão nas salas de reunião do segundo andar resolvendo problemas, fazendo brainstorms ou reuniões de time.


Estrutura para passar o dia inteiro

O bom do Guaja é que você tem realmente a estrutura para  passar o dia, sem precisar sair para comer ou coisas do tipo. Eles possuem cardápios para café da manhã, almoço — os hambúrgueres e pokes são deliciosos — e happy hour, com uma extensa cartela de drinks e petiscos.

A casa fica aberta de 9h30 às 23h30 e inúmeras pessoas passam por aqui durante esse período. Em um único dia encontrei vários amigos, colegas de profissão e conheci pessoas novas.

É ótimo para fazer networking, rir um pouco, respirar em um ambiente aconchegante, bonito e inspirador e sair da rotina. Eu cheguei pela manhã, fiquei a tarde e emendei um happy hour para vivenciar a experiência completa.

Assim como o Noete Café Clube e os demais cafés coworkings, é uma ótima pedida para quebrar o peso da semana, conhecer pessoas novas, ter reuniões e se inspirar.

Varanda do Guaja


Ah, eles também vendem vários cursos e palestras sobre diversos temas com um investimento que cabe no bolso. Ainda não fiz nenhum, mas prometo contar como foi assim que eu fizer o meu primeiro, o que espero que aconteça em breve.

Além do Noete Café Clube e do Guaja Café e Coworking, o BeerOrCoffee tem mais opções de espaços com a mesma pegada. Quer conhecer? Faça sua reserva gratuita e garanta uma visita nesses lugares inspiradores, cheios de estilo e apetitosos. Depois, me conte aqui nos comentários como foi! =)


Fernanda Lacotix – jornalista por formação e produtora de conteúdo e social media por atuação. Apaixonada por cinema, comida e andar na rua, ela se aventura pelo universo das mídias sociais e inovação desde 2013.

Facebook Comments
Noete Café Clube, Guaja e a tendência dos cafés coworkings

O BENDITO COWORKING E O CONCEITO DE SALAS PRIVATIVAS EM SP

Noete Café Clube, Guaja e a tendência dos cafés coworkings

LinkedIn revela lista de empresas dos sonhos dos brasileiros, que inclui nomes como Movile e Stone

Newer post