Coworking com acessibilidade: escritórios compartilhados sem restrições

coworking com acessibilidade

Man in wheelchair with mobile phone at work

Hoje, 11 de outubro, é considerado em calendário nacional o dia do deficiente físico. A data é promovida pelas Nações Unidas desde 1998. E o principal objetivo é fomentar uma maior compreensão dos assuntos que dizem respeito à deficiência, além de mobilizar a defesa da dignidade, dos direitos e o bem estar das pessoas. Neste contexto, trazemos neste conteúdo algumas opções de  coworking com acessibilidade, já na convicção de que esses são apenas os primeiros passos, considerando a necessidade de chegar ao nível de acessibilidade sem restrições.

Como estamos hoje?

No último domingo, dia 07 de outubro, aconteceu no Brasil a votação para diversos cargos políticos. Dentro desta temática, e considerando o cenário que estamos vivendo, uma notícia ganhou destaque: “Mais de 941 mil eleitores tem alguma deficiência e apenas 10% das seções eleitorais são adaptadas”.

Sim, estamos todos atrasados no quesito acessibilidade. O que, consequentemente, pode levar a exclusão social em dado momento da vida de um deficiente físico. Triste realidade, mas que já começou a dar passos importantes, pelo menos dentro do coworking com acessibilidade.

Possibilitar o ir e vir de um deficiente dentro do próprio local de trabalho é o mínimo que esperamos do mercado de trabalho. Mas, considerando a realidade distante, precisamos endossar os locais aptos a receberem à todos. Dando-lhes autonomia para circular sem as dificuldades que já enfrentam diariamente nas ruas e nos espaços públicos.

Escritórios compartilhados sem restrições

Se os coworkings vem ganhando espaço no mercado, já agrega tantos profissionais pela sua flexibilidade, e ainda possibilita ampliar o networking, tornar esses ambientes acessíveis a todos os públicos é uma necessidade básica.

Sempre que sugerimos que os profissionais e empresas conheçam os coworkings disponíveis no seu entorno, a dica é encontrar aquele com o qual mais se identifique profissionalmente. Da mesma forma, os deficientes físicos precisam ter esta flexibilidade, esta mobilidade.

Por isso, fizemos uma lista com coworking com acessibilidade, qualidade, infraestrutura, localização facilitada, etc. A proposta é mergulhar nesse universo dos escritórios compartilhados e analisar aqueles que lhe desperte interesse pela soma dos fatores.

coworking com acessibilidade

Coworking com acessibilidade, 11 dicas:

Plug CLXT

Localizado em Cerqueira César/São Paulo, o Plug funciona de 8h às 22h. O objetivo deles é  reinventar espaços de trabalho inspirando pessoas a definir o futuro. Lá, a proposta é que os coworkers construam conexões pessoais e oportunidades de negócios em ambientes colaborativos de desenvolvimento constante.

CUBO Itaú

Eles estão localizados na Vila Olímpia/SP, e tem seus horários de funcionamento disponíveis diretamente no site. Trata-se de uma comunidade que visa tornar o Brasil uma referência no cenário global de inovação, empreendedorismo e tecnologia, por meio de empreendedores e soluções que transformam o mundo das pessoas para melhor.

Co_labore

Este coworking também fica na Vila Olímpia/SP, funciona de 8h30 às 20h30. O Co_labore conta com todas com facilidades tecnológicas que permitem conexão com pessoas e empresas de qualquer lugar do mundo.

Okay Coworking

Esse espaço está localizado no bairro Castelo, em Belo Horizonte. A galera do Okay garante que trata-se de um espaço compartilhado, moderno e multifuncional para trabalho, promoção de marketing e networking.

The Office Coworking

Na região nordeste do Brasil, temos o The Office, localizado em Lagoa Nova – Natal/RN. Eles são um espaço de integração entre negócios e profissionais. Contam com uma estrutura de coworking, salas privadas e sala de reuniões equipada.

Atum Workstyle

Localizado na Chácara das Pedras, em Porto Alegre/RS, o espaço visa a integração e criação de um bom relacionamento entre os membros, o que facilita a multiplicação do network.

OCA Brasil Coworking

Em Caxias do Sul/RS, o pessoal da OCA Brasil afirmam ser um coworking que oferecem não só estrutura mas criam um ecossistema para criar nas pessoas outras formas de viver e se relacionar com o mundo por meio de educação, informação.

Módulo Office

A Módulo  fica em Mogim Mirim/SP, e eles acreditam que podem fazer e oferecer um ambiente mais criativo, cooperativo e conectado com a atualidade.

Casa Acalanto

Localizada em Jundiaí, interior de SP, a Casa Acalanto é um ambiente corporativo, para vivência em contato com a natureza, que proporciona criatividade.

Workflex

O Workflex está localizado em São José dos Campos/SP. Eles são o único coworking 24 horas na região e com aplicativo para reservas das salas de acordo com a sua necessidade.

coworking com acessibilidade

A partir desta lista de opções, é possível entender a importância de garantir o acesso de todos aos novos modelos de trabalho disponíveis no mercado. Acreditamos sim que há uma caminhada para melhorar o número de ambientes como este adaptados para os mais diversos públicos.

Se você se interessou pelo assunto e pelas possibilidades, continue com a gente por aqui! Ah! E não deixe de conhecer outros coworkings que se preocupem em atender as suas necessidades, sejam elas quais forem.

Até a próxima! 🙂

Facebook Comments
Coworking com acessibilidade: escritórios compartilhados sem restrições

O que posso ensinar sobre a minha experiência no Impact Hub, em BH

Coworking com acessibilidade: escritórios compartilhados sem restrições

Como encontrar o melhor lugar para a minha empresa?

Newer post

Post a comment

[instagram-feed showheader=true widthunit=273 heightunit=273 imagepadding=0 showfollow=true showbutton=false]