Airbnb for work: mais uma alternativa de compartilhamento

airbnb for work

Há 10 anos, em São Francisco/ Califórnia, nascia o Airbnb (Air, Bed and Breakfast. Uma plataforma que permite que pessoas do mundo inteiro ofereçam suas casas para usuários que buscam acomodações mais em conta em qualquer lugar do mundo. Uma década depois (a velocidade com que os negócios andam crescendo é assustadora, né?) os sócios  Nathan Blecharczyk, Brian Chesky e Joe Gebbia, inovam e criam o Airbnb for work.

Ficou curioso? Vem que te contamos tudo!

O que é Airbnb for work?

Por aqui nós sempre acreditamos na economia criativa, tanto que vivemos dando dicas e contando histórias e cases de sucesso. E como temos plena convicção da importância das premissas dos coworkings na promoção da economia criativa, ficamos empolgados com a ideia de uma empresa que deu tão certo, inserir esta opção nos seus negócios.

A essência das atividades continuam iguais, o que muda é que agora o Airbnb for Work facilitará as viagens e a colaboração para quem estiver viajando a trabalho. Os perfis podem ser cadastratos tanto por um viajante de negócios individual ou, por um gerente de viagens do RH, que no caso, fará o cadastro de sua empresa de graça.  

A novidade está no fato de gerentes de viagens, de RH ou coordenadores de equipe, poderem usar o um painel dentro da plataforma que facilita as reservas e o gerenciamento das viagens da empresa no Airbnb. O painel oferece às equipes melhor visibilidade e relatórios mais precisos sobre as viagens dos funcionários.

Ah, e claro, com esta novidade do Airbnb for work, agora os usuários podem buscar acomodações prontas para viagens de trabalho usando o filtro Tipo de viagem. Esses anúncios atendem a requisitos específicos de tipo de acomodação, comodidades, check-in, avaliações, etc.

airbnb for work

Airbnb for work é uma junção do Coliving com Coworking?

Não. Cada um atende à necessidades específicas.

Os colivings atendem as necessidades de pessoas que querem compartilhar uma moradia, visando reduzir custos, mas sem perder a individualidade. Os coworking são exclusivamente para pessoas que querem compartilhar o ambiente de trabalho. Já o Airbnb for work, atenderá pessoas que já tem sua moradia, também tem seu emprego. Eles só precisam de lugar para passar uma temporada determinada.

Entretanto, como já dissemos em um outro post, nada impede de levar um coworking para dentro de um coliving. Desde que todos os adeptos concordem. Fazer de uma reserva no Airbnb como um coworking por tempo determinado, também pode ser algo possível. Basta negociar com o dono da casa em questão e, claro, com a equipe que será alocada.

Confuso? Tá bem, simplificando: tudo é possível dentro da economia colaborativa e criativa! Basta que tudo seja discutido e alinhado com todas as partes envolvidas nesse processo de compartilhar ambientes. Não importa se os espaços compartilhados são destinados ao trabalho ou a um lar. O importante é que seus adeptos sejam consultados e, claro, participem das decisões.

airbnb for work

Será que me encaixo nessas tendências de compartilhamento?

Vamos lá! Os coworkings já ganharam o mercado de trabalho. O airbnb abriu as portas para um mercado pouco explorado há dez anos atrás. O coliving ainda não é tão disseminado, mas sim, já começa a dar importantes passos dentro de uma sociedade cada vez mais preocupada com a sustentabilidade.

Compartilhar, definitivamente, é uma prática sustentável. Estamos falando de agrupar necessidades. Dividir despesas. Potencializar os relacionamentos. Sejam eles profissionais ou pessoais. Neste cenário, é necessário ter identificação com o modelo dos serviços compartilhados. Mas uma coisa é certa: tudo é questão de prática e quebra de pré conceitos.

Se você jamais se imaginou dividindo um quarto, ou uma casa, com alguém desconhecido, tudo bem. Basta encontrar uma casa ou quarto que fiquem inteiramente disponíveis para você. O mesmo acontece nos escritórios compartilhados. Você não precisa aderir a uma sala coletiva logo de imediato. Pode escolher uma sala privativa e aos poucos, quando se sentir mais confortável, vai migrando para os outros ambientes que os coworkings oferecem.

Enfim, explore este mundo compartilhável, colaborativo, criativo. Faça parte dele e conheça um mundo de possibilidades.

Até a próxima! 🙂

Facebook Comments
Airbnb for work: mais uma alternativa de compartilhamento

Coworking kids friendly, onde encontrar?

Airbnb for work: mais uma alternativa de compartilhamento

Minha experiência no Cais Coworking, em Cascavel (PR): Expectativas superadas e uma aula para a vida inteira

Newer post

Post a comment

[instagram-feed showheader=true widthunit=273 heightunit=273 imagepadding=0 showfollow=true showbutton=false]