Coworking para empresas: menos custos e mais oportunidades

coworking para empresas

Se tem uma coisa da qual gostamos de falar são das tendências de mercado. É sensacional olhar para os modelos de negócios que têm surgido e perceber o quanto eles estão influenciando o futuro do mercado de trabalho. Startups. Pequenas empresas. Empreendedores individuais. Coletivos. São vários nomes, mas muitos já têm os mesmos focos: liberdade criativa, liberdade de escolha do ambiente no qual se quer trabalhar, liberdade para opinar e crescer juntos. E falando em liberdade, o coworking para empresas anda em ascensão.

Vamos falar sobre isso?

As grandes empresas se aproximam cada vez mais dessa forma de trabalhar. Onde os funcionário tem flexibilidade para escolher qual o melhor horário e local para desempenhar suas funções. Obviamente ainda não é uma prática comum, mas sim, existe. O coworking para empresas é um caminho importante a se considerar. Enquanto muitos profissionais afirmam não render tanto trabalhando no formato home office, empresas antenadas procuram os escritórios compartilhados para tornar a vida dos profissionais mais práticas, prazerosas e criativas.

Apple, Google e Coca-Cola são três nomes internacionais de peso que já aderiram aos espaços de Coworking como pousada. E o principal motivo é o fato de acreditarem que o ambiente compartilhado se mostra como mais propício à inovação e criatividade. A Apple e o Google, inclusive, são  exemplos pioneiros de empresas adeptas ao conceito de compartilhamento. Considerando a força dessas marcas e a influência sob seus respectivos clientes é fácil entender a necessidade de aderir às tendências e mudanças do mercado.

coworking para empresas

Os custos são um benefício no coworking para empresas?

Os baixos custos? Sim, estão entre as vantagens em aderir a um coworking. Uma empresa pode, por exemplo, montar uma filial dentro de um coworking. O coworking para empresas pode ser negociado valores. Neste caso, ela terá a possibilidade da flexibilidade da localização física. Facilidade de acesso para vários profissionais da sua equipe. Ah, e claro, ainda tem a oportunidade de colocá-los em contato com mais profissionais e, portanto, ampliar o networking, bem como, disseminar o nome e papel da empresa para o mercado de atuação.

Mas, tem também os casos de empresas que só querem alocar funcionários específicos. Seja por terem optado pelo home office, que como já dissemos, as vezes limita o profissional ou impacta na produtividade. Ou seja para facilitar o deslocamento. Ou, ainda, para ter a oportunidade de colocá-lo em contato com o mercado de trabalho de uma forma mais dinâmica e criativa.

Nos dois casos acima mencionados, o baixo custo está entre os grandes benefícios. A logística de escolher um coworking também deve ser inclusiva no que diz respeito aos profissionais que serão alocados neles. O preço certamente é negociável, mas a afinidade, a conexão quem fará será o profissional, então este será uma importante decisão para ser tomada em conjunto.

Falando em conexão…

Os coworkings basicamente se resume nisto: conectar. Conectar pessoas, conectar ideias, conectar possibilidades. O ambiente é todo pensado para oferecer comodidade, funcionalidade e mudanças. Ao aderir a este modelo de trabalho o profissional é estimulado a criar, produzir e acreditar naquilo que está entregando.

Quando se fala em conexões é literalmente com o objetivo de unir o que uma empresa precisa com o que a outra oferece. É conectar um profissional autônomo, com uma empresa experiente, ou mesmo uma iniciante ao empresário que há anos se reinventa.

coworking para empresas

Mas, como isso impacta na produtividade?

Ao passo que os coworkings unem no mesmo espaço profissionais e empresas dos mais diversos segmentos, é comum pensar: mas e a concorrência? Aí está a importância do ambiente criado pelos coworking: todos têm foco na produtividade. Logo, há concorrência, mas há parceria e possibilidade de crescer junto e melhorar o mercado como um todo.

Empresas interessadas em acompanhar as novas tendências, sabem que dentro dos coworkings há possibilidades reais de estimular a inovação. Além de atrair profissionais mais talentosos, variar localidades e intensificar as chances de expansão e principalmente estimular sua equipe.

A produtividade será impactada pelo espaço físico, pela chance de se conectar, pelas novas parcerias. Sejam entre os próprios colegas, com o mercado que está atento em quem está inovando ou no concorrente, que pode ser um importante aliado na hora de fortalecer seu mercado de atuação.

E aí, vai ficar acomodado dentro da sua empresa ou vai encarar as mudanças e as novas perspectivas?

Facebook Comments
Coworking para empresas: menos custos e mais oportunidades

Ambiente colaborativo para produtividade do time

Coworking para empresas: menos custos e mais oportunidades

Como aumentar a diversidade de ideias com sua equipe em um coworking?

Newer post

Post a comment

[instagram-feed showheader=true widthunit=273 heightunit=273 imagepadding=0 showfollow=true showbutton=false]