O que o airbnb tem a nos ensinar?

Airbnb

Se há alguns anos eu dissesse que no futuro existiria uma empresa do ramo hoteleiro que não possui nenhum quarto de hotel, o que você pensaria? Provavelmente que se trataria de um estelionato, uma empresa fantasma, ou algo ilícito. Será? Mas para a nossa surpresa, foi exatamente neste segmento que o Airbnb resolveu investir. Ah! E é importante ressaltar: não tem nada de ilegal no modelo de negócio deles! 😉

Airbnb?

É um serviço que permite que pessoas do mundo inteiro ofereçam suas casas para usuários que buscam acomodações mais em conta em qualquer lugar do mundo. Ou seja, o “dono do negócio” não precisa se preocupar com infraestrutura, manutenção, funcionários ou mesmo a limpeza do seu negócio de hospedagem. Ele apenas precisa entender e colocar em prática a economia compartilhada que seu negócio sugere.

Dá para acreditar que a conexão entre pessoas, a globalização e a tecnologia poderiam chegar tão longe? A modernidade chegou “chutando a porta” da economia compartilhada, uma prática tão antiga que ganhou novas possibilidades a partir desses três facilitadores.

Quais portas o Airbnb abriu para o mercado?

Airbnb

Este modelo de negócio requer confiança das pessoas. A economia compartilhada em geral exige isso de seus adeptos. Pensando nisso, fica fácil entender a importância do Airbnb para o mercado. Cada vez que este tipo de negócio ganha força, credibilidade e novos usuários. Outros serviços neste modelo tendem a surgir e ganhar espaço no mercado.

Além da importância em ter credibilidade com o grande público, este tipo de serviço acaba aquecendo o segmento no qual atua. Tira os concorrentes da zona de conforto. E força a economia a girar. Afinal as pessoas passam a ter uma opção mais acessível para viajar, seja a passeio ou trabalho.

Por falar em trabalho, temos um outro modelo de economia compartilhada que funciona tão bem quanto o Airbnb, e ainda podem ser parceiros. Trata-se dos coworkings. Muitos profissionais viajam a trabalho e buscam conforto, acessibilidade e custo x benefício que os atenda no quesito hospedagem, neste momento o Airbnb atua com sucesso. Nesta mesma viagem à trabalho os profissionais podem ter a necessidade de um lugar para uma reunião. Para uma call. Para um evento simples. Ou mesmo de uma estação de trabalho durante o tempo de sua passagem pelo local. É nesta hora os coworkings oferecem a possibilidade de estar em um espaço adequado, com infraestrutura e preço justo.

Gostou da dica? Então conheça mais algumas possibilidades

Se você atua como autônomo, freelancer, empreendedor. Ou mesmo é funcionário de uma empresa, mas tem liberdade para atuar de qualquer outro lugar, o famoso home office. Essa é sua chance de conhecer novos lugares, viver  novas experiência, experimentar mercados e profissionais fora do sua bolha.

Já pensou em se hospedar em outras cidades, estados e até países, garantindo um ambiente de trabalho que o estimule e ao mesmo tempo não lhe prenda ou condicione? Sim, esta é a dobradinha que o Airbnb e um Coworking lhe proporciona.

Pode parecer surreal para quem está muito preso ao modelo tradicional de trabalho. Contudo, faz muito sentido quando analisamos com calma. Quem tem flexibilidade no trabalho pode, e deve, se permitir quebrar a rotina maçante e improdutiva de casa, trabalho, trabalho e casa. Quando na verdade tem a possibilidade de se descobrir ou se reconhecer em novos ambientes.

E as empresas, também podem usufruir desses serviços para os funcionários?

Airbnb

Podem e devem. Empresas que olham para sua equipe, sabem que com o tempo todos precisam se renovar, reciclar e reinventar. Para isso, serviços como Airbnb e os coworkings podem ser ótimas pedidas. Uma hospedagem acessível, facilita o trabalho remoto de alguns profissionais. Bem como a garantia de um ambiente de trabalho por períodos determinados, com estrutura para uma reunião, por exemplo.

A grande vantagem do uso desses serviços para a empresa é que elas farão um investimento com valor consideravelmente menor. E ao mesmo tempo promovem o estímulo da sua equipe que, consequentemente, tendem a produzir mais. O uso desses escritórios e hospedagens compartilhadas pode ser por necessidade do profissional, que precisa estar longe do escritório, por exemplo. Ou da própria empresa, que precisa alocar algumas pessoas em determinados lugares.

Já percebeu que serviços como o Airbnb afetam nossa economia, nosso olhar para o mercado e até mesmo nosso dia-a-dia, certo? Então, vamos finalizar esta reflexão com um ponto que não deve ser esquecido. Usar a criatividade a seu favor é sempre o melhor caminho para se reinventar. Portanto, aprenda com o Airbnb que conectar pessoas pode ser muito mais que ter uma estrutura física, é uma questão de inteligência e boa visão para as necessidades do coletivo.

Até a próxima!

Facebook Comments
O que o airbnb tem a nos ensinar?

OKR: descubra como essa metodologia pode ajudar sua startup

O que o airbnb tem a nos ensinar?

Como é trabalhar no Flowork em Porto Alegre

Newer post

Post a comment

[instagram-feed showheader=true widthunit=273 heightunit=273 imagepadding=0 showfollow=true showbutton=false]