Como é trabalhar no WeWork da Berrini?

WeWork BerriniFaz pouco tempo que o WeWork chegou ao Brasil, em julho de 2017. Mas já deu para perceber que não é por acaso que essa seja a maior rede de coworking do mundo. Desde então, já são 6 escritórios em São Paulo e 3 no Rio de Janeiro. E dizem que tem mais vindo por aí!

Com tudo isso, nem preciso dizer que fiquei super curiosa para saber como era trabalhar em uma das unidades da rede. Felizmente, algumas delas estão cadastradas no BeerOrCoffee. Fiz minha reserva e fui lá conferir como era o WeWork da Berrini. Neste artigo, conto para vocês minhas impressões sobre este coworking!

Sobre o WeWork Berrini

A rede WeWork nasceu nos Estados Unidos em 2010 e já se tornou uma marca avaliada em torno de 16 bilhões de dólares. Isso com escritórios em mais de 20 países, entre eles Alemanha, Israel, Argentina, Índia e Coréia do Sul.

As sedes podem ser em países bastante diferentes entre si, mas a rede mantém padrões para o escritório que reforçam sua identidade: decoração super moderna, comunidade ativa e surpresinhas para deixar o dia a dia mais agradável.

Na unidade da Berrini não é diferente. O espaço ocupa um andar em um dos maiores e mais tradicionais prédios corporativos de São Paulo, mas parece um oásis em uma região cheia de cinza e pessoas engravatadas.

Reservando pelo BeerOrCoffee, você pode se acomodar em qualquer local da área comum, um espaço amplo e aberto, com uma vista impressionante para a Marginal Pinheiros e a Ponte Estaiada.

WeWork Berrini

Localização e Transporte

O WeWork Berrini fica no Centro Empresarial Nações Unidas (CENU), um conjunto de prédios corporativos que é a sede de grandes empresas multinacionais e também a localização do Hotel Hilton. No local há também um centro comercial, o Shopping Nações Unidas.

Para chegar lá de transporte público, sem dúvidas, a melhor opção é usar o trem e descer na Estação Berrini. Há também boa oferta de ônibus que circulam pela Av. Eng. Luís Carlos Berrini, com ligação para diversos bairros.

Vale o alerta, a região da Berrini não é o melhor lugar para estar em dias com maior trânsito em São Paulo (dias de chuvas fortes ou vésperas de feriado, por exemplo). Nessas situações, o ideal é fugir dos horários clássicos de entrada e saída de empresas para se locomover com mais tranquilidade.

Espaço para trabalhar

A área comum do WeWork Berrini é o espaço em que você pode ficar se utilizar a reserva do BeerOrCoffe. O local é um grande salão, onde ficam também a copa, a recepção (chamada de Community Bar) e uma unidade do Café Suplicy.

Existem alguns sofás e poltronas (muito confortáveis, aliás), mesinhas pequenas e mesões de trabalho comunitário para você escolher. Apesar de ser frequentado por um bom volume de profissionais, não tive problema para escolher meu cantinho em nenhum dos dias que trabalhei por lá.

O mais gostoso da área de trabalho é de verdade encher os olhos com a vista e com a decoração. Uma mistura de cor, plantas e móveis que você fica só sonhando sobre como ficariam na sala da sua casa…

WeWork Berrini

Alimentação

A copa do WeWork é bem tranquila para quem gosta de levar a marmita (e economizar no almoço). Muita gente por lá faz isso, inclusive, então é um bom momento para tentar algum networking! O WeWork disponibiliza também café, leite e água saborizada para os frequentadores.Outra opção dentro do próprio WeWork Berrini são os produtos vendidos pelo Café Suplicy. Para almoçar, sanduíches e saladas custam por volta de R$ 20,00. Para lanchinhos, salada de frutas, bolos, iogurte natural são boas pedidas.

Saindo do coworking, no Shopping Nações Unidas há opções com preço um pouquinho alto, mas também outras mais econômicas. O melhor mesmo é caminhar uns 5 minutos até a região da Av. Berrini e explorar um mundo de restaurantes de todos os tipos e valores.

Trabalhando no WeWork Berrini

Agora vamos ao que interessa! Como é de fato trabalhar pelo WeWork da Berrini? Confesso que no primeiro dia que fui lá fiquei um pouco preocupada em não conseguir me concentrar. Por ser um espaço amplo que também é uma área de convivência para as empresas que têm escritórios fixos, é preciso dividir o ambiente com quem está conversando, descansando e fazendo uma pausa do trabalho.

WeWork Berrini
Mas foi tranquilo encontrar um cantinho para mim mais distante do barulho e curtindo a vista para a rua. Também gostei de poder trocar entre mesão e sofás, o que acho um grande diferencial entre os espaços de coworking. Assim, de acordo com o tipo de atividade, ia também circulando pelo ambiente.

Outro ponto que gostei bastante é que no WeWork as pessoas parecem bastante dispostas a interagir entre si, nem que seja por um bom dia e comentário sobre o tempo com quem está sentado logo ao lado.

Por fim, para quem é apaixonado por trabalhar ouvindo música, as playlists que ficam como são ambiente são maravilhosas! Vale abrir mão dos fones de ouvido!

Quer trabalhar no WeWork Berrini?

Ficou curioso para experimentar um espaço de coworking como o WeWork da Berrini? Você não precisa ser um residente para isso. É só fazer como eu, adquirir um plano do BeerOrCoffee e agendar a sua diária. A primeira, inclusive, é gratuita!

Tem alguma dúvida ou curiosidade para compartilhar sobre espaço de coworking? Deixe aqui nos comentários!


Guest Post da Luciane Costa, nossa parceira do Vivendo de Freela! Acesse: vivendodefreela.com.br

Facebook Comments
Como é trabalhar no WeWork da Berrini?

Saiba como levantar investimento anjo para sua startup

Como é trabalhar no WeWork da Berrini?

Funil de Vendas: a importância do marketing e vendas

Newer post

Post a comment

[instagram-feed showheader=true widthunit=273 heightunit=273 imagepadding=0 showfollow=true showbutton=false]