Gerações e Coworking: Diversidade e futuro do trabalho

gerações

No meu tempo isso não era assim!

No meu tempo as pessoas tinham amigos reais, não virtuais!

No meu tempo os celulares eram bem menores!

No meu tempo existia hierarquia!

Você já ouviu ou falou frases como esta? Então bem vindo ao universo das gerações, onde independente do ano que tenha nascido, você faz parte de alguma geração e suas revoluções da época.

Mas, quais são essas gerações?

Geração X ou Z? Millennials ou Xennials? Alpha ou Perennials?

gerações

Dá para acreditar que existem tantas terminologias para agrupar as pessoas ? Sim, as gerações dizem muito sobre o modo de ver a vida, enxergar as mudanças, adaptar-se a elas e, claro, qual evolução social vivemos em cada uma dessas épocas.

O Facebook, que trabalha ativamente com os interesses dessas gerações, apresenta definições bem simples e objetivas sobre cada grupo desses:

Geração X: nasceram de 1960 à 1980

Viveram uma ruptura com as regras e valores das gerações anteriores. Qualidade tem mais valor que a quantidade. Reivindicam seus direitos. Visam liberdade.

Geração Y: nasceram de 1980 à 2000

Também conhecidos por geração Millennials, por nascerem exatamente na mudança do milênio. São os descendêntes da Geração X. Trata-se de um grupo que teve um contato bem precoce com computadores e celulares. Portanto estão sempre conectados. “Vivem” em redes sociais e

buscam sempre novas tecnologias.

Geração W: 1991 à 2000. Que não se trata da próxima geração cronologicamente falando.

Trata-se de uma subdivisão da Geração Y, que segundo informações do Facebook, quando foi criada, possuíam ainda jovens sem idade para o trabalho. Logo, as erações Y e W possuem as mesmas características.

Geração Z: de 1990 à 2010. Que, ainda segundo o Facebook, não se trata da próxima geração cronologicamente falando. Muita conexão tecnológica, uma vez que já na infância começaram a ter contatos com dispositivos avançados.Trata-se de uma geração extremamente antenada, conectada e preocupada com o meio ambiente, sustentabilidade e responsabilidade social.

Geração Alpha: após 2010. Segundo pesquisadores essa geração vai de 2010 a 2024. Ainda não tem características completamente definidas. Mas podem ser reconhecidos por geração mobile. São crianças com intensa exposição à educação precoce e,obviamente, ao contato tecnológico e ultraconectado.  

Por vezes as gerações se coincidem. Afinal estamos falando de pessoas e a virada de uma geração para outra muitas mudanças ocorrem e uma pode influenciar a outra.

gerações

O futuro do trabalho

Se o olhar, as expertises, o perfil das pessoas que chegam ao mercado de trabalho mudam conforme sua geração, uma coisa é certa: as empresas também vão mudar. Afinal o que são as instituições se não um reflexo de sua equipe. Pois é, se tantas mudanças acontecem na relação de trabalho, é importante que tanto os profissionais se atualizem, reciclem seus conhecimentos, quanto das empresas oferecer essas condições aos colaboradores.


A Catho, um dos maiores portais de carreira, também já falou sobre esse assunto em seu portal de notícias. Onde tratou exatamente dessa relação das empresas e gerações no mercado de trabalho. Eles trataram da importância de identificar o potencial de cada geração. Conciliando o que cada uma tem de melhor para contribuir para o crescimento da empresa. Falam inclusive da importância dessa harmonia para o futuro do trabalho.

Eles trouxeram o olhar da coach, consultora empresarial e especialista em RH, Regina Nogueira. Ela falou sobre algumas características gerais mais marcantes dos indivíduos das gerações X, Y e Z no âmbito profissional. Para ela a geração X é mais comprometida e linear. Já a geração Y é mais imediatista e apresenta mais questionamentos. Enquanto a geração Z apresenta um perfil mais colaborativo e com objetivos comum.

O que queremos dizer com tudo isso? Que o futuro do mercado de trabalho diz muito sobre a sensibilidade do mercado em captar a essência dos colaboradores. Respeitando suas limitações e explorando seus potenciais.

gerações

Gerações e Coworking: a importância de compartilhar

Compartilhar tendências, compartilhar inovação, compartilhar o que é bom e veio para ficar. Sim, no mercado há espaço para todas as gerações. Afinal todos são capazes de absorver o que há de melhor em cada época.

Atualmente investir nos próprios sonhos, ter o próprio espaço de trabalho, fazer seu próprio horário deixou de ser tendência para se tornar uma necessidade. Desta forma, dentro dos coworkings a geração X, Y, Z, W, Alpha tem espaço sim. Afinal se tem uma palavra que define os escritórios compartilhados é democracia.

Obviamente, pode ser mais difícil para quem está acostumado com o tradicional modelo de trabalho entender como acontece a rotina em um coworking. Mas, tudo é uma questão de tempo. Logo, se você quer ter mais qualidade de vida, ter mais controle sobre seus horários e mais autonomia na sua rotina, conheça e invista em um coworking.

Alguma dúvida de que isso pode dar certo? Então clique aqui e descubra porque o coworking será seu futuro local de trabalho. Quer saber qual? Escolha o espaço ideal para você!

Até a próxima! 🙂

Bárbara Santos

Facebook Comments
Gerações e Coworking: Diversidade e futuro do trabalho

Como é trabalhar no Spaces da Vila Madalena?

Gerações e Coworking: Diversidade e futuro do trabalho

Saiba como levantar investimento anjo para sua startup

Newer post

Post a comment

[instagram-feed showheader=true widthunit=273 heightunit=273 imagepadding=0 showfollow=true showbutton=false]